Christian Panucci

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Christian Panucci
Christian Panucci
Panucci como auxiliar da Rússia em 2012
Informações pessoais
Nome completo Christian Panucci
Data de nasc. 12 de abril de 1973 (49 anos)
Local de nasc. Savona, Itália
Nacionalidade italiano
Altura 1,84 m
destro
Informações profissionais
Clube atual sem clube
Posição ex-lateral-direito ou zagueiro
Função treinador
Clubes de juventude
1985–1990 Genoa
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1990–1993
1993–1996
1996–1999
1999–2001
2000–2001
2001
2001–2009
2009–2010
Genoa
Milan
Real Madrid
Internazionale
Chelsea (emp.)
Monaco
Roma
Parma
jogos (golos)
Seleção nacional
1992–1996
1993
1994–2008
Itália Sub-21
Itália Sub-23
Itália
Times/clubes que treinou
2012–2014
2015
2016
2016
2017–2019
Rússia (auxiliar)
Livorno
Livorno
Ternana
Albânia

Christian Panucci (Savona, 12 de abril de 1973) é um treinador e ex-futebolista italiano que atuava como lateral-direito ou zagueiro. Atualmente está sem clube.

Carreira como jogador[editar | editar código-fonte]

Panucci foi um renomado defensor que atuava pelo lado direito do campo. Ele começou sua carreira profissional pelo Genoa em 1992, antes de acertar sua transferência para o Milan. Após uma boa passagem pelo clube italiano, Panucci passou por Real Madrid, Internazionale, Chelsea e Monaco antes de se mudar para a capital italiana em 2001 para defender a Roma. Ele conquistou a Liga dos Campeões da UEFA com o Milan e o Real Madrid; em ambas as conquistas, inclusive quando jogou nos Giallorossi, ele foi comandado por Fabio Capello.[1]

Parma[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2009, Panucci anunciou que deixaria a equipe.[2] No final da temporada, após ter jogado por oito anos no clube da capital italiana, não teve o seu contrato renovado e assinou com o Parma.[3]

Aposentadoria[editar | editar código-fonte]

Anunciou a sua aposentadoria no dia 22 de agosto de 2010.[4]

Seleção Nacional[editar | editar código-fonte]

Panucci também foi um defensor regular na Seleção Italiana entre 1994 e 2008, atuando em 57 partidas e marcando quatro gols, o último deles contra a Romênia, no dia 13 de junho de 2008, pela Eurocopa.[5] Ele também representou seu país na Copa do Mundo FIFA de 2002[6] e na Euro 2004. Durante sua passagem pela Seleção, foi culpado pelo gol que deu a vitória para a Coreia do Sul nas oitavas de final da Copa de 2002, quando um passe errado iniciou a jogada do gol de Seol Ki-hyeon.[7][8]

Devido a uma relação ruim com o técnico Marcello Lippi, Panucci não foi chamado para fazer parte do grupo que viria a se sagrar campeão da Copa do Mundo FIFA de 2006, na Alemanha. Em seu lugar, o treinador convocou Massimo Oddo.[9]

Gols pela Seleção[editar | editar código-fonte]

# Data Lugar Adversário Placar Resultado Competição
1. 8 de outubro de 1994 Tallinn, Estonia Flag of Estonia.svg Estónia 0–2 Vitória Elim. Eurocopa 1996
2. 17 de abril de 2002 Milão, Itália Flag of Uruguay.svg Uruguai 1–1 Empate Amistoso
3. 17 de novembro de 2007 Glasgow, Escócia Flag of Scotland.svg Escócia 1–2 Vitória Elim. Eurocopa 2008
4. 13 de junho de 2008 Zurique, Suíça Flag of Romania.svg Romênia 1–1 Empate Eurocopa 2008

Títulos[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Milan
Real Madrid
Roma
Seleção Italiana

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Mateus Ribeirete (23 de agosto de 2010). «Um pilar chamado Christian Panucci». Calciopédia. Consultado em 1 de janeiro de 2022 
  2. «Panucci anuncia que deixará a Roma». Trivela. 26 de janeiro de 2009. Consultado em 1 de janeiro de 2022 
  3. «Parma anuncia contratações de Panucci e Bojinov». Trivela. 30 de julho de 2009. Consultado em 1 de janeiro de 2022 
  4. «Christian Panucci anuncia o fim da carreira como jogador». Trivela. 22 de agosto de 2010. Consultado em 1 de janeiro de 2022 
  5. «Itália empata com a Romênia e fica em situação complicada na Eurocopa». GloboEsporte.com. 13 de junho de 2008. Consultado em 1 de janeiro de 2022 
  6. «Itália - Especial - Copa-2002». Folha de S.Paulo. Consultado em 1 de janeiro de 2022 
  7. Murilo Aquino (17 de setembro de 2013). «Zebras da Copa: 2002 - Coreia do Sul elimina Itália nas oitavas». GQ. Consultado em 1 de janeiro de 2022 
  8. Arthur Chaves (24 de setembro de 2020). «Num dos jogos mais polêmicos de todas as Copas, a Itália caiu ante a Coreia do Sul, em 2002». Calciopédia. Consultado em 1 de janeiro de 2022 
  9. «Lippi divulga lista de convocados da seleção italiana». UOL. 15 de maio de 2006. Consultado em 1 de janeiro de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Christian Panucci
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Christian Panucci