Christian de Duve

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Christian de Duve Medalha Nobel
Nascimento 2 de outubro de 1917
Thames Ditton
Morte 4 de maio de 2013 (95 anos)
Nacionalidade belga
Prêmios Prêmio Francqui (1960), Prêmio de Bioquímica e Biofísica A.H. Heineken (1973), Nobel prize medal.svg Nobel de Fisiologia ou Medicina (1974), Medalha E.B. Wilson (1989)
Instituições Universidade Católica da Lovaina, Universidade Rockefeller
Campo(s) Bioquímica

Christian de Duve (Thames Ditton, 2 de outubro de 19174 de maio de 2013) foi um bioquímico belga.

Foi agraciado com o Nobel de Fisiologia ou Medicina de 1974, por descobrir a função do lisossomo.

Optou por morrer por eutanásia em 4 de maio de 2013.[1]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Karl Ritter von Frisch, Konrad Lorenz e Nikolaas Tinbergen
Nobel de Fisiologia ou Medicina
1974
com Albert Claude e George Emil Palade
Sucedido por
David Baltimore, Renato Dulbecco e Howard Martin Temin


Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.