Christopher Ferguson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo jogador de pôquer, veja Chris Ferguson.
Christopher Ferguson
Nome completo Christopher John Ferguson
Nascimento 1 de setembro de 1961 (59 anos)
Filadélfia, Pensilvânia,
Estados Unidos
Cônjuge Sandra Ferguson
Alma mater Universidade Drexel
Escola de Pós-Graduação Naval
Ocupação Aviador naval
Serviço militar
Serviço Marinha dos Estados Unidos
Anos de serviço 1984–2010
Patente Capitão
Condecorações Legião do Mérito
Cruz de Voo Distinto
Medalha de Serviço
Meritório de Defesa
e outros
Carreira espacial
Astronauta da NASA/Boeing
Tempo no espaço 40 dias, 10 horas, 3 minutos
Seleção Grupo 17 da NASA 1998
Missões
Aposentadoria dezembro de 2011 (NASA)

Christopher John Ferguson (Filadélfia, 1 de setembro de 1961) é um astronauta norte-americano, veterano de três missões do ônibus espacial. Ele foi o comandante do último voo do programa do ônibus espacial, realizado pelo ônibus espacial Atlantis, entre 8 e 20 de julho de 2011.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Formado em engenharia mecânica e engenharia aeronáutica, antes de ser selecionado pela NASA, Ferguson foi piloto de caça de combate baseado no porta-aviões USS Forrestal, com missões realizadas no Atlântico Norte, Mediterrâneo e Oceano Índico, além de integrar a famosa esquadrilha de elite da marinha Topgun.

Após sua seleção como astronauta em junho de 1998 e dois anos de treinamento intensivo no Centro Espacial Lyndon Johnson, em Houston, Texas, ele assumiu funções técnicas nas equipes de estudo e aperfeiçoamento de tecnologias envolvendo o ônibus espacial, até subir ao epaço como piloto da Atlantis, na missão STS-115, em 9 de setembro de 2006, que retomou a montagem da Estação Espacial Internacional, paralisada após a tragédia com a nave Columbia em 2003.

Em 15 de novembro de 2008, ele foi novamente ao espaço como comandante da STS-126 Endeavour, para um trabalho de reparos e expansão das acomodações da Estação Espacial Internacional, de maneira a permitir que ela seja ocupada por uma tripulação com maior número de astronautas, a partir de 2009.

Em 8 de julho de 2011, em sua terceira viagem espacial, Ferguson fez história ao ir ao espaço como comandante da missão STS-135 Atlantis, último voo do programa do ônibus espacial norte-americano, iniciado em 1981 e encerrado trinta anos depois.[1]

No dia 09 de dezembro de 2011 ele se aposentou da NASA e tornou-se diretor do Crew and Mission Operations para o Programa de Tripulação Comercial da Boeing. Em agosto de 2018, Ferguson foi colocado no primeiro voo de teste da Boeing CST-100 Starliner.[2]

Referências

  1. Bergin, Chris. «NASA managers approve STS-135 mission planning for June 28, 2011 launch». NASA Space flight. Consultado em 20 de agosto de 2010 
  2. «NASA Assigns Crews to First Test Flights, Missions on Commercial Spacecraft». NASA. 3 de agosto de 2018. Consultado em 4 de agosto de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]