Christopher Hill

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Christopher Hill
Nascimento 6 de fevereiro de 1912
Iorque, Inglaterra
Morte 23 de fevereiro de 2003 (91 anos)
Chipping Norton, Oxfordshire, Inglaterra
Nacionalidade inglês
Alma mater Balliol College
Ocupação Historiador

John Edward Christopher Hill (Iorque, 6 de fevereiro de 1912Chipping Norton, Oxfordshire, 23 de fevereiro de 2003) foi um historiador marxista britânico.

Sua produção está ligada à de um grupo de historiadores marxistas ingleses dos quais se destacam Eric Hobsbawm e Edward Palmer Thompson. A maior parte de sua pesquisa concentra-se na compreensão da Revolução Inglesa, ocorrida no século XVII, sendo considerado o maior historiador sobre a Inglaterra do século XVII.[1] Em 1940 publicou o ensaio The English Revolution? 1640, criando uma nova visão sobre a Revolução Puritana, antes vista como uma aberração dentro da história inglesa.[1] Também foi autor de importante biografia de Oliver Cromwell, chamada God's Englishman.[2]

Passou o ano de 1935 dentro da URSS, quando se interessou pela história política e a cultura russa. Criticou à relutância do Partido Comunista em condenar a invasão da Hungria pela URSS em 1956, abandonando o partido em seguida.[2] Foi mestre do Balliol College, de Oxford, cargo que ocupou de 1965 até 1978.[3]

Hill terminou seu primeiro casamento em divórcio. Sua segunda esposa, Bridget, morreu em 2002. Ele deixa seu filho, Andrew, e sua filha, Dinah.[4]

Livros (edições em português)[editar | editar código-fonte]

Algumas obras:

  • HILL, Christopher. “Lênin e a Revolução Russa”. Rio de Janeiro: Zahar, 1967. [5]
  • HILL, Christopher. “A Revolução Inglesa de 1640”. Lisboa: 2. ed. Editorial Presença, 1983.[6]
  • HILL, Christopher. “O mundo de ponta-cabeça: idéias radicais durante a Revolução Inglesa de 1640”.  São Paulo: Companhia das Letras, 1987.
  • HILL, Christopher. “O eleito de Deus: Oliver Cromwell e a Revolução Inglesa”. São Paulo: Companhia das Letras, 1988.
  • HILL, Christopher. “Origens intelectuais da Revolução Inglesa”. São Paulo: 1. ed. Martins Fontes WMF, 1992. [7]
  • HILL, Christopher. “A bíblia inglesa e as revoluções do século XVII”. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003.
  • HILL, Christopher. “O século das revoluções: 1603-1714”. São Paulo: Editora da UNESP, 2012.

Livros (edições em inglês)[editar | editar código-fonte]

  • HILL, Christopher. “The English Revolution 1640”. Londres: Lawrence & Wishart, 1940.
  • HILL, Christopher. “Linin and the Russian Revolution”. Londres: Hodder &¨Stoghton, 1947. [8]
  • HILL, Christopher. “Economic Problems of the Church: From Archbishop Whitgift to The Long Parliament”. Oxford: Clarendon Press, 1956. [9]
  • HILL, Christopher. “Puritanism and Revolution: Studies in Interpretation of the English Revolution of the 17th Century”. London: Martin Secker & Warburg, 1958. [10]
  • HILL, Christopher. The Century of Revolution, 1603–1714”. Nova Iorque: W.W. Norton & Company, 1961. [11]
  • HILL, Christopher. “Society and Puritanism in Pre-Revolutionary England”. Londres: Martin Secker & Warburg, 1964. [12]
  • HILL, Christopher. “Intellectual Origins of the English Revolution”. Oxford: Clarendon Press, 1965. [13]
  • HILL, Christopher. “Reformation to Industrial Revolution: A Social and Economic History of Britain, 1530–1780”. Londres: Weindenfeld & Nicolson, 1967.
  • HILL, Christopher. “God's Englishman: Oliver Cromwell and the English Revolution”. Londres: Penguin Books, 1970.
  • HILL, Christopher. Antichrist in Seventeenth-Century England. Oxford: Oxford University Press, 1971.
  • HILL, Christopher. “The World Turned Upside Down: Radical Ideas During the English Revolution”. Nova Iorque: Viking Press, 1972.
  • HILL, Christopher. “Change and continuity in seventeenth-century England”. Londres: Weindenfeld & Nicolson, 1974.
  • HILL, Christopher. “Milton and the English Revolution”. Londres: Faber & Faber, 1977. [14]
  • HILL, Christopher; REAY, Barry; LAMONT, William Montgomerie. “The World of the Muggletonians”. Londres: Temple Smith, 1983.
  • HILL, Christopher. “The Experience of Defeat: Milton and Some Contemporaries”. New York: Viking Penguin, 1984. [15]
  • HILL, Christopher. “A Turbulent, Seditious, and Factious People: John Bunyan and His Church, 1628–1688. London: Clarendon Press, 1988.
  • HILL, Christopher. “A Tinker and a Poor Man: John Bunyan and His Church, 1628-88”. Nova Iorque: A. Knopf, 1989.
  • HILL, Christopher. “A Nation of Change and Novelty: Radical Politics, Religion and Literature in Seventeenth-Century England”. Abingdon (Oxfordshire): Routledge, 1990.
  • HILL, Christopher.”The English Bible and the Seventeenth-Century Revolution”. Nova Iorque: Penguin Books, 1993. [16]
  • HILL, Christopher. “Liberty Against the Law: Some Seventeenth-century Controversies. Londres: Allen Lane, 1996.

Referências

  1. a b «Morre o historiador Christopher Hill». Estadão. Consultado em 14 de abril de 2016 
  2. a b «Historiador inglês Christopher Hill morre aos 91 anos». Folha de S.Paulo. Consultado em 14 de abril de 2016 
  3. «Christopher Hill». The Guardian (em inglês). Consultado em 14 de abril de 2016 
  4. «Christopher Hill, 91, Historian, Is Dead». New York Times (em inglês). Consultado em 14 de abril de 2016 
  5. «Lenin e a Revolução Russa 2ª Ed. - Sebo Pasárgada | Estante Virtual». Estante Virtual. Consultado em 9 de fevereiro de 2017 
  6. Christopher Hill (1 de janeiro de 1947). Linin And The Russian Revolution. [S.l.]: Hodder And Stoughton Limited 
  7. ORIGENS INTELECTUAIS DA REVOLUÇAO INGLESA - Christopher Hill - Livro. [S.l.: s.n.] 
  8. Christopher Hill (1 de janeiro de 1947). Linin And The Russian Revolution. [S.l.]: Hodder And Stoughton Limited 
  9. Hill, Christopher (1 de janeiro de 1956). Economic Problems of the Church: From Archbishop Whitgift to The Long Parliament (em inglês). [S.l.]: Clarendon Press 
  10. «Puritanism and revolution : studies in interpretation of the English revolution of the 17th century. - Version details». Trove (em inglês). Consultado em 9 de fevereiro de 2017 
  11. CHRISTOPHER HILL (1 de janeiro de 1961). THE CENTURY OF REVOLUTION 1603-1704. [S.l.]: W.W. NORTON & COMPANY 
  12. Hill, Christopher (1 de dezembro de 1964). Society and Puritanism in Pre-revolutionary England (em English) First Edition edition ed. [S.l.]: Martin Secker & Warburg Ltd. ISBN 9780436196010 
  13. Stimson, Dorothy (1 de abril de 1966). «Intellectual Origins of the English Revolution. Christopher Hill». Isis. 57 (1): 142–143. ISSN 0021-1753. doi:10.1086/350104 
  14. Hill, Christopher (3 de outubro de 1977). Milton and the English Revolution (em English) First Edition edition ed. [S.l.]: Faber & Faber. ISBN 9780571101986 
  15. Zagorin, Perez (1 de junho de 1986). «The Experience of Defeat: Milton and Some Contemporaries. Christopher Hill». The Journal of Modern History. 58 (2): 549–551. ISSN 0022-2801. doi:10.1086/243027 
  16. «The English Bible and the seventeenth-century revolution / Christopher Hill. - Version details». Trove (em inglês). Consultado em 9 de fevereiro de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.