Chronik der Anna Magdalena Bach

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Chronik der Anna Magdalena Bach
Alemanha • Itália
a cores, preto e branco • 94 minuto
Direção Danièle Huillet
Jean-Marie Straub
Produção Danièle Huillet
Franz Seitz junior
Gian Vittorio Baldi
Jean-Marie Straub
Roteiro Danièle Huillet
Jean-Marie Straub
Elenco Bob van Asperen
Hellmuth Costard
Joachim Wolff
Gustav Leonhardt
Nikolaus Harnoncourt
Paolo Carlini
Gênero cinebiografiadramafilme musical • filme histórico
Música Johann Sebastian Bach
Companhia(s)
produtora(s)
Hessischer Rundfunk, RAI
Distribuição Netflix
Lançamento 3 de fevereiro de 1968, junho de 1968, 19 de setembro de 1968, 6 de novembro de 1968, 28 de janeiro de 1977, 28 de dezembro de 1985, 1 de abril de 2009
Prêmios recebidos Troféu Sutherland

Chronik der Anna Magdalena Bach (br: A Crônica de Anna Magdalena Bach[1]) é um filme ítalo-alemão de 1968 dirigido pelos cineastas franceses Jean-Marie Straub e Danièle Huillet.

Primeiro longa-metragem da dupla, e que teria levado quase uma década para ser financiado, o filme conta com o renomado cravista holandês Gustav Leonhardt no papel do célebre compositor alemão Johann Sebastian Bach, e foi o primeiro de muitos filmes da dupla de diretores a serem baseados em obras de música clássica.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. A Crônica de Anna Magdalena Bach - 33ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo. Cinema UOL (visitado em 2-12-09).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.