Ciência vodu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou seção está a ser traduzido de «wp:Voodoo Science» na Wikipédia em inglês. Ajude e colabore com a tradução.

Ciência vodu é um termo cunhado pelo físico Robert L. Park em seu livro Voodoo Science: The Road from Foolishness to Fraud[1] publicado em 2000. Park critica pesquisas que não respeitam o método científico. Outros autores também têm usado a expressão voodoo science,[2][3] mas o termo está mais associado a Park.[4] O livro critica, entre outras coisas, a homeopatia, a fusão a frio e a Estação Espacial Internacional.[5]

Sinais de aviso[editar | editar código-fonte]

Partindo dos exemplos usados em Voodo Science, Park determinou 7 sinais de aviso que uma alegação pode ser pseudocientífica em um artigo de 2003 para o The Chronicle of Higher Education:[6]

  1. Os descobridores fazem divulgação direta na mídia, antes de obterem comprovação científica.
  2. Os descobridores afirmam que existe uma conspiração que tenta limitar suas descobertas.
  3. O suposto efeito parece ser tão fraco que os observadores dificilmente conseguem separá-lo do ruído. Nenhum esforço posterior é capaz de aumentar o sinal.
  4. Evidência anedótica é usada para apoiar as alegações.
  5. Crentes verdadeiros citam antigas tradições para apoiar novas alegações.
  6. O descobridor ou descobridores trabalham em isolamento da comunidade científica tradicional.
  7. A descoberta, se verdadeira, exigiria a mudança no entendimento de leis fundamentais da natureza.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Park, Robert L (2000), Voodoo Science: The road from foolishness to fraud, Oxford, U.K. & New York: Oxford University Press, ISBN 0-19-860443-2, consultado em 14 November 2010  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. Oversight Hearing on the Office of Juvenile Justice and Delinquency. Committee on Education and Labor. Subcommittee on Human Resources. [S.l.]: United States Congress. 1984. Consultado em 16 October 2011  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  3. William Booth. (1988). Voodoo Science. Science. New Series. Vol. 240, No. 4850. pp. 274-277.
  4. "Voodoo Science". The Skeptic's Dictionary.
  5. Ed Regis. (2000)."Theres One Born Every Minute". The New York Times.
  6. Robert L. Park. (2003). "Seven Warning Signs of Bogus Science". The Chronicle of Higher Education.
Ícone de esboço Este artigo sobre Ciência (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.