Ciclone tropical anular

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Furacão Isabel, de 2003, mostrando a estrutura de um furacão anular. Nota-se o olho extenso (parcialmente preenchido pelos mesovórtices da parede do olho) e relativamente poucas faixas espirais ao redor da parte externa da tempestade.

Um ciclone tropical anular é um ciclone tropical que caracteriza-se por um extenso e simétrico olho, circundado por um denso anel de intensa convecção. Esse tipo de tempestade não é propensa a flutuações em sua intensidade, associadas aos ciclos de reposição da parede do olho, diferentemente dos ciclones tropicais mais intensos. Furacões anulares tendem também a persistir, mesmo quando encontram ambientes com condições em que a maioria dos outros furacões se dissipa. Os previsores do tempo têm dificuldade em predizer o comportamento de furacões anulares; eles são um fenômeno reconhecido recentemente, e, como tal, pouco se sabe sobre as suas tendências. Devido a isto, eles podem ser mais perigosos do que furacões típicos.

Ícone de esboço Este artigo sobre ciclones tropicais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.