Cida Borghetti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cida Borghetti
Vice-Governadora do Paraná
Período 1° de janeiro de 2015
até atualidade
Governador Beto Richa
Antecessor(a) Flávio Arns
Deputada federal pelo Paraná
Período 1º de fevereiro de 2011
até 1° de janeiro de 2015
Deputada Estadual do Paraná
Período 1º de fevereiro de 2003
até 31 de janeiro de 2011
(2 mandatos consecutivos)
Dados pessoais
Nascimento 18 de fevereiro de 1965 (52 anos)
Caçador, Santa Catarina
Progenitores Mãe: Ires Anna Borghetti
Pai: Severino Ivo Borghetti
Alma mater Universidade do Sul de Santa Catarina
Cônjuge Ricardo Barros
Partido PP
Religião Católica
Profissão Empresária
Website cidaborghetti.com.br

Maria Aparecida Borghetti (Caçador, 18 de fevereiro de 1965) é uma política e empresária brasileira, atualmente vice-governadora do estado do Paraná.

Iniciou sua vida política como militante do PDS Jovem, foi filiada ao Partido da Frente Liberal (PFL), Partido Progressista (PP) e ao Partido Republicano da Ordem Social (PROS). Em 2016, retornou ao Partido Progressista.

Cidadã italiana, Borghetti é também membro do COMITES (Comitato degli Italiani all'Estero) ligado à circunscrição consular do Consulado-Geral da Itália em Curitiba (Paraná e Santa Catarina). Nas eleições de 2014 foi candidata a vice-governadora[1] na chapa de reeleição do governador Beto Richa, ambos sendo eleitos.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Maria Aparecida Borghetti é filha de Ires Anna Borghetti e Severino Ivo Borghetti.[2] Casada com o também político Ricardo Barros, com quem tem uma filha, Maria Victoria Borghetti Barros, que foi eleita Deputada Estadual nas eleições de 2014.[3]

Formação e carreira empresarial[editar | editar código-fonte]

É formada em Administração Pública pela UNISUL, especializada em Políticas Públicas pela UFRJ. É sócia-proprietária da agência VGB Comunicação e Marketing e C.B. Produções de Vídeo, onde atuou como apresentadora, coordenadora, diretora, produtora e redatora. Foi produtora do primeiro Talk Show do Paraná, o Curitiba Vip. É membro da BPW Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais

Assembleia Legislativa do Paraná[editar | editar código-fonte]

É recordista de leis estaduais no Paraná, em dois foram cento e uma leis, com destaque para a lei que institui o Dia Estadual de Luta contra o Câncer de Mama, foi 4ª Secretária da Mesa Executiva entre 2007-2011. Foi representante da Assembleia Legislativa do Paraná em várias ocasiões entre elas, na Comitiva do Presidente da República em 2008 a Itália e na 1ª Missão Empresarial de Maringá a Portugal em 2005. Membro das Comissões: Educação, Cultura e Esportes; Finanças; Direitos Humanos e da Cidadania; Defesa do Consumidor e Redação.

Atividade partidária[editar | editar código-fonte]

Foi presidente do PP Mulher do Paraná e 2º vice-presidente da executiva nacional da Mulher Progressista. Em 1989 trabalhou no 1º Encontro Nacional do Partido da Frente Liberal (PFL).

Em 2013 deixa o Partido Progressista (PP) e filia-se ao ao recém-criado Partido Republicano da Ordem Social (PROS), assumindo a presidência do partido no Paraná. Em fevereiro de 2016, deixa o PROS por perder o comando do partido no estado.[4] Dias depois anuncia seu retorno ao Partido Progressista (PP).[5]

Referências

  1. «Cida Borghetti aceita convite e será candidata a vice na chapa de Richa». G1. 30 de junho de 2014. Consultado em 15 de outubro de 2014 
  2. «Perfil de Cida Borghetti». Alep-PR. Consultado em 15 de outubro de 2014 
  3. «Mãe, pai e filha são eleitos para cargos públicos no Paraná». Cidade Verde. 7 de outubro de 2014. Consultado em 15 de outubro de 2014 
  4. «Cida Borghetti anuncia que deixa o PROS». O Diário. 5 de fevereiro de 2016 
  5. «Vice de Richa volta ao PP como candidata ao governo». Blog do Angelo Rigon. 24 de fevereiro de 2016 


Precedido por
Flávio Arns
Vice-governadora do Paraná
2015 — atualidade
Sucedido por