Cidadania (partido político)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Cidadania
Número eleitoral 23[1]
Presidente Roberto Freire[2]
Secretário-geral Davi Zaia[2]
Vice-presidentes Rubens Bueno[2]
Eliziane Gama[3]
Wober Júnior[3]
Tesoureiro-geral Regis Cavalcante[2]
Fundação 26 de janeiro de 1992 (29 anos)[4]
Registro 19 de março de 1992 (29 anos)[1]
Sede Brasília, DF[2]
Ideologia Atual:
Humanismo[5]
Progressismo[5][6]
Liberalismo[6]
Parlamentarismo[5]
Federalismo[5]
Histórica:
Socialismo democrático[7]
Nacionalismo[7]
Espectro político Atual:
Centro-direita à centro-esquerda[6][8][9]
Histórico:
Centro-esquerda à esquerda[7]
Publicação Política Democrática (mensal)
Think tank Fundação Astrojildo Pereira
Ala jovem Juventude 23 (J23)
Ala feminina Mulheres 23 (M23)
Ala negra Igualdade 23 (I23)
Ala LGBT Diversidade 23 (D23)
Membros (2021) 459.333 filiados[10]
Governadores (2021)
1 / 27
Prefeitos (2020)[11]
140 / 5 568
Senadores (2021)[12]
2 / 81
Deputados federais (2021)[13]
6 / 513
Deputados estaduais (2021)
23 / 1 024
Vereadores (2020)[14]
1 585 / 56 810
Cores      Azul
     Magenta
     Ciano
Página oficial
cidadania23.org.br
Política do Brasil

Partidos políticos

Eleições

O Cidadania é um partido político brasileiro de alinhamento entre a centro-direita e a centro-esquerda.[8] Foi fundado e registrado em 1992 com o nome Partido Popular Socialista (PPS), sendo uma iniciativa de parte dos membros do antigo Partido Comunista Brasileiro (PCB).[7] Em março de 2019, alterou o nome para Cidadania,[15] oficializado pelo TSE em setembro.[16] Em março de 2021 o partido possuía 459.333 filiados, tendo mais membros nos estados de São Paulo, de Minas Gerais e do Paraná.[10]

Durante sua história, o partido deu apoio aos presidentes Itamar Franco, Luiz Inácio Lula da Silva (no início) e Michel Temer.[7][17] Fez oposição aos presidentes Fernando Collor, Fernando Henrique Cardoso, Lula e Dilma Rousseff.[7] Atualmente o partido apoia os governos estaduais do Acre,[18] de Alagoas,[19] do Ceará,[20] do Espírito Santo,[21] de Goiás,[22] do Maranhão,[23] da Paraíba,[24] do Paraná,[25] do Rio de Janeiro,[26] do Rio Grande do Sul,[27] de Roraima[28] e de Santa Catarina;[29] além de já ter sido apoiador do atual governo de Minas Gerais.[30] Mesmo tendo alinhamento (em votações na câmara dos deputados até março de 2021) de 83% com o governo do presidente Jair Bolsonaro,[31] em fevereiro de 2021 o Diretório Nacional aprovou um indicativo de impeachment do mesmo.[32]

História[editar | editar código-fonte]

Logomarca do PPS, utilizado até 2019

A fundação do Partido Popular Socialista (PPS) ocorreu por decisão de parte da executiva nacional do Partido Comunista - Seção Brasileira da Internacional Comunista (PCB) de dissolver o partido e fundar um novo. O partido foi criado frente a uma nova ordem internacional, após a queda dos antigos modelos comunistas (fim da URSS e da Guerra Fria). Foi mantido o mesmo código eleitoral (23) do antigo PCB. Sua fundação ocorreu em 1992 e obteve registro permanente em 19 de março de 1992.

Governo Dilma[editar | editar código-fonte]

Mantendo a postura que adota desde 2004, permanecendo na oposição ao governo petista. Com a morte do ex-presidente e senador pelo PPS, Itamar Franco, o partido perdeu sua única cadeira no Senado. Atualmente é processado pelo PCB no STF por uso indevido da imagem do mesmo em propagandas políticas.[33]

Em abril de 2013 a executiva nacional do partido anunciou a fusão com Partido da Mobilização Nacional (PMN) para formar a Mobilização Democrática (MD), entretanto em junho a executiva nacional do PMN rejeitou a proposta, anulando o processo de fusão.[34] Em 2014, o PPS esteve envolvido noutro processo de fusão (ou incorporação), dessa vez com o Partido Socialista Brasileiro (PSB), com possibilidades de participação do Partido Humanista da Solidariedade (PHS) e do Partido Ecológico Nacional (PEN), cujas negociações foram suspensas em 2015.[35][36][37] O mais recente caso de um possível processo de fusão foi durante o fim de 2018, quando entrou em discussão a união com o Partido Verde (PV) e com a Rede Sustentabilidade (REDE). Entretanto, o processo não se deu devido à discordâncias nas lideranças dos outros dois partidos.[38][39][40]

Governo Bolsonaro[editar | editar código-fonte]

Em meio a uma tentativa de atrair novos eleitores devido ao desgaste provocado pela crise político-econômica de 2014,[41] o PPS decidiu, em março de 2019, mudar seu nome para "Cidadania".[15] No dia 19 de setembro de 2019 o TSE aprovou a mudança.[16] O Cidadania faz oposição ao Governo Jair Bolsonaro.[42]

Ideologia[editar | editar código-fonte]

O PPS se considerava, em seu estatuto, como um partido socialista, e em discursos, como uma terceira via. Entretanto, as recentes alianças com partidos tradicionalmente de centro e de direita, como DEM, PTB e PSDB, tanto na esfera federal quanto em governos estaduais e municipais, e afastamento de outros partidos oposicionistas de esquerda como o PSOL e o PSTU, despertam críticas de jornalistas e analistas políticos sobre a real posição do partido no espectro político, sendo muitas vezes considerado "linha auxiliar" dos tucanos.O partido é oficialmente a favor do parlamentarismo.[5][43][44]

O presidente do Cidadania, Roberto Freire, é amigo de José Serra desde os tempos de liderança estudantil.[45] Ainda em 2005, o então Ministro da Integração Nacional pelo PPS, Ciro Gomes, fez duras críticas às políticas de Roberto Freire, reforçando a ideia de que o mesmo queria transformar o partido em uma "linha auxiliar de José Serra e do PSDB".[46]

O ex-deputado Raul Jungmann mostrou ter divergências sobre os rumos do partido, afirmando que "(...) infelizmente o PPS tem se posicionado como aliado do PSDB, sem nenhuma reciprocidade por parte desse. Estes interesses dos aliados são legítimos, mas cabe a nós a organização enquanto partido, e não como linha auxiliar". Porém após o anúncio de sua pré-candidatura para a Prefeitura de São Paulo em 2012, Soninha Francine reiterou que "o PPS insiste na tese da construção de uma terceira via, fora da polarização PT × PSDB", e citou o histórico do PPS em apoiar candidatos como Luiz Inácio Lula da Silva e Luiza Erundina.[47]

Desde 2004, o ex-PPS não mais participa do "Foro de São Paulo" por discordar e divergir dos seus participantes que chegaram ao poder em países como Bolívia, Venezuela, Equador, Colômbia, Argentina, Cuba e o próprio Brasil.[48] O partido estava na oposição ao governo Dilma Roussef, apoiando movimentos como a "Marcha Pela Liberdade",[49] uma iniciativa da direita liberal que pedia pelo impeachment da então presidente brasileira.

Também na oposição do governo Dilma, o Partido Comunista Brasileiro emitiu nota em repúdio ao PPS, distanciando-se do partido ao classificá-los como uma sigla pertencente à direita política. De acordo com a publicação do PCB, no ano de 1992 os atuais líderes do PPS empreenderam ação liquidacionista contra o Partido Comunista Brasileiro no contexto da crise mundial do socialismo e da queda da União Soviética e do Leste Europeu. Estes líderes então teriam organizado "um congresso fajuto, com a participação de delegados não pertencentes aos quadros do PCB e decidiram pela criação de um novo partido chamado PPS".[50]

Após mudar o nome para 'cidadania' em 2017, o partido abandonou o socialismo democrático e os ideais anti-capitalistas e iniciou a defesa pelo liberalismo econômico, apesar de ainda ter mantido o caráter progressista.[51]

Organização[editar | editar código-fonte]

Desempenho eleitoral[editar | editar código-fonte]

Eleições estaduais[editar | editar código-fonte]

De 1994 a 2018, o Cidadania apoiou oficialmente 175 candidaturas a governadores no primeiro turno. Dessas 175 candidaturas 45 eram do PSDB, 25 do MDB, 20 do próprio Cidadania, 17 do PT, 16 do PSB, 13 do PDT e 10 do DEM. Foram 64 vitórias no total, sendo 23 por candidaturas do PSDB e 12 do MDB. Foram eleitos governadores pelo Cidadania Blairo Maggi (MT, dois mandatos), Ivo Cassol (RO), João Alves Filho (SE) e Eduardo Braga (AM). O Cidadania também ajudou a eleger 75 mandatos de senadores, 38 deles eleitos pelo PSDB, MDB e DEM, e apenas 6 pelo próprio partido.[60]

  Mandatos do Cidadania.
  Mandatos de outros partidos eleitos com a ajuda do Cidadania através das coligações majoritárias (governadores e senadores) e das coligações proporcionais (deputados).
Participação e desempenho do PPS nas eleições estaduais de 2018[60]
  Candidatos majoritários eleitos (10 governadores e 16 senadores).

Em negrito estão os candidatos filiados ao PPS durante a eleição.
Os cargos obtidos na Câmara Federal e nas Assembleias Legislativas são referentes às coligações proporcionais que o PPS compôs.
Tais coligações não são necessariamente iguais às coligações majoritárias e geralmente são menores.
Não estão listados os futuros suplentes empossados.

UF Candidatos(as) a Governador(a) e a Vice Candidatos(as) a Senadores(as) Coligação majoritária
(governo e senado)
Deputados(as) federais eleitos(as) — 81 Deputados(as) estaduais eleitos(as) — 88
AC Gladson Cameli (PP) Sérgio Petecão (PSD) PPS / PP / PSDB / PSD / MDB / PMN / PR / PSD / PTB / PTC / SD 2 MDB, 1 PSDB, 1 DEM, 1 SD 3 PP, 1 PR
Major Rocha (PSDB) Márcio Bittar (MDB)
AL Renan Filho (MDB) Renan Calheiros (MDB) PPS / MDB / PR / Avante / DC / PCdoB / PDT / PHS / PMN / PODE / PRP / PRTB / PSD / PT / PTB / PV / SD 1 PSD, 1 PR, 1 PTB, 1 MDB, 1 PT Marcos Barbosa (PPS)
+ 4 PRTB
Luciano Barbosa (MDB) Maurício Quintella Lessa (PR)
AM Amazonino Mendes (PDT) Hissa Abrahão (PDT) PPS / PDT / PP / PR / Avante / PHS / PPL / PRP / PSL / PTB / PV / SD ninguém Saullo Vianna (PPS)
Rebeca Garcia (PP) Alfredo Nascimento (PR)
AP apoio informal a Waldez Góes (PDT)[61] Jorge Amanajás (PPS)
apoiado por PHS / PR / PSL
PDT / PROS / DC / MDB / PCdoB / PMB / PRB / PRP / PTB 1 PR ninguém
apoio informal a Jaime Nunes (PROS)[61]
BA apoio informal a José Ronaldo (DEM)[62] apoio informal a Irmão Lázaro (PSC) DEM / PSDB / PSC / PPL / PRB / PTB / PV / SD ninguém ninguém
apoio informal a Dra. Mônica (PSDB)[62] apoio informal a Jutahy Magalhães Júnior (PSDB)
CE Camilo Santana (PT) Cid Gomes (PDT) PPS / PT / PDT / DEM / Patriota / PCdoB / PMB / PMN / PP / PPL / PR / PRP / PRTB / PSB / PTB / PV 1 Patriota Julinho (PPS)
Izolda Cela (PDT)
DF Rogério Rosso (PSD) Cristovam Buarque (PPS) PPS / PSD / PRB / SD / PODE / PSC Paula Belmonte (PPS)
+ 1 PRB
ninguém
Egmar Tavares (PRB) Fernando Marques (SD)
ES Renato Casagrande (PSB) Marcos do Val (PPS) PPS / PSB / PSDB / DEM / PSC / PCdoB / PV / DC / SD / PP / Avante / PTC / PDT / PPL / PRP / PSD / PHS / PROS Josias da Vitória (PPS)
+ 1 PP
Fabrício Gandini (PPS)
+ 1 Avante
Jacqueline Moraes (PSB) Ricardo Ferraço (PSDB)
GO José Eliton (PSDB) Vanderlan Cardoso (PP) PPS / PSDB / PTB / PSB / PSD / SD / PV / NOVO / Patriota / Avante / REDE 1 PSD, 1 PR, 1 SD, 1 PSB, 1 PSDB Virmondes Cruvinel (PPS)
+ 6 PSDB, 1 PSB
Raquel Teixeira (PSDB) Marconi Perillo (PSDB)
MA Flávio Dino (PCdoB) Weverton Rocha (PDT) PPS / PCdoB / PDT / PT / PSB / Avante / PTB / PROS / PRB / PR / DEM / PP / Patriota / PTC / SD / PPL 2 PCdoB, 1 PTB, 1 PRB, 1 PSB, 1 DEM 1 PTB, 1 PROS
Carlos Brandão (PRB) Eliziane Gama (PPS)
MG Antonio Anastasia (PSDB) Rodrigo Pacheco (DEM) PPS / PSDB / PSD / DEM / SD / PTB / PMN / PSC / PP / PTC / Patriota / PMB 5 PSDB, 3 PSD, 2 PP, 1 DEM, 1 SD Cleitinho Azevedo (PPS)
+ 7 PSDB, 4 PSD, 1 DEM, 1 PP
Marcos Montes (PSD) Dinis Pinheiro (SD)
MS Reinaldo Azambuja (PSDB) Nelsinho Trad (PTB) PPS / PSDB / DEM / PTB / PP / PMB / PSB / PSD / PSL / PROS / PMN / Avante / SD / Patriota 2 PSL 2 PSL, 2 PP, 2 SD, 1 PTB
Murilo Zauith (DEM) Marcelo Miglioli (PSDB)
MT Pedro Taques (PSDB) Selma Arruda (PSL) PPS / PSDB / PSL / PSB / DC / PRTB / Avante / Patriota / SD 1 SD 2 PSB
Rui Prado (PSDB) Nilson Leitão (PSDB)
PA Márcio Miranda (DEM) Flexa Ribeiro (PSDB) PPS / DEM / PSDB / PSB / PDT / SD / PRTB / PMN / PRP 2 PSDB, 2 DEM, 1 PSB Thiago Araújo (PPS)
+ 1 PMN
José Megale (PSDB) Sidney Rosa (PSB)
PB João Azevêdo (PSB) Veneziano Vital (PSB) PPS / PSB / PDT / PT / DEM / PR / PTB / PRP / PODE / PRB / PCdoB / PMN / REDE / Avante / PROS ninguém Bosco Carneiro (PPS),
Érico Djan (PPS)
+ 1 REDE
Lígia Feliciano (PDT) Luiz Couto (PT)
PE Armando Monteiro (PTB) Mendonça Filho (DEM) PPS / PTB / PSC / PSDB / DEM / PRB / PR / PODE / PSD / PSL / PHS / DC / PMB Daniel Coelho (PPS)
+ 2 PRB, 1 PODE, 1 DEM, 1 PSC
ninguém
Fred Ferreira (PSC) Bruno Araújo (PSDB)
PI Elmano Férrer (PODE) ninguém PPS / PODE / PV / PRP / PHS / Avante / Patriota / REDE / PMB ninguém Oliveira Neto (PPS)
+ 1 PV
Luiz Ayrton Júnior (PV)
PR Ratinho Júnior (PSD) Oriovisto Guimarães (PODE) PPS / PSD / PODE / PSC / PRB / PR / PPS / PV / PHS / Avante Rubens Bueno (PPS)
+ 4 PSD, 3 PR, 1 PSC, 1 PODE
Cristina Silvestri (PPS),
Douglas Fabrício (PPS),
Tercílio Turini (PPS)
Darci Piana (PSD)
RJ Eduardo Paes (DEM) Cesar Maia (DEM) PPS / DEM / PSDB / PP / PTB / MDB / SD / PV / DC / PHS / Avante / PMN Marcelo Calero (PPS)
+ 1 SD
Welberth Rezende (PPS)
+ 2 PSDB
Comte Bittencourt (PPS) Aspásia Camargo (PSDB)
RN Robinson Faria (PSD) Geraldo Melo (PSDB) PPS / PSD / PRB / PSDB / PRB / PMB / PTC / PSB / PRP / Avante / PROS 1 PTC, 1 PR, 1 PSB, 1 PSD 2 PTC
Tião Couto (PRB)
RO Vinicius Miguel (REDE) Aluízio Vidal Flor (REDE) PPS / REDE / PRP ninguém ninguém
Jayme Gilmar Kalb (PPS) João Bosco Costa (PPS)
RR Anchieta Júnior (PSDB) Chico Rodrigues (DEM) PPS / PSDB / DEM / MDB / PSD / SD / DC ninguém Lenir Rodrigues (PPS)
Abel Galinha (DEM) Romero Jucá (MDB)
RS Eduardo Leite (PSDB) Luis Carlos Heinze (PP) PPS / PSDB / PTB / PP / PRB / PHS / REDE ninguém Any Ortiz (PPS)
+ 4 PSDB
Ranolfo Vieira Júnior (PTB) Mário Bernd (PPS)
SC Mauro Mariani (MDB) Jorginho Mello (PR) PPS / MDB / PSDB / PR / DC / Avante / PTB / PRTB / PTC Carmen Zanotto (PPS)
+ 1 PSDB
3 PR
Napoleão Bernardes (PSDB) Paulo Bauer (PSDB)
SE Eduardo Amorim (PSDB) André Moura (PSC) PPS / PSDB / PRB / PSC / PR / SD / PTC 1 SD, 1 PR, 1 PSC Dilson de Agripino (PPS),
Samuel Carvalho (PPS)
Ivan Leite (PRB) Pastor Heleno (PRB)
SP Márcio França (PSB) Maurren Maggi (PSB) PPS / PSB / PR / PSC / PTB / PV / PODE / Patriota / PHS / PPL / PRP / PMB / PROS / SD / Avante Alex Manente (PPS),
Arnaldo Jardim (PPS)
+ 4 PSB, 1 PSC
Roberto Morais (PPS),
Fernando Cury (PPS)
+ 8 PSB, 2 PTB, 1 PV
Eliane Nikoluk (PR) Mário Covas Neto (PODE)
TO ninguém ninguém nenhuma ninguém Eduardo do Dertins (PPS)
+ 1 PPL
Participação e desempenho do PPS nas eleições estaduais de 2014[60]
  Candidatos majoritários eleitos (10 governadores e 8 senadores).

Em negrito estão os candidatos filiados ao PPS durante a eleição.
Os cargos obtidos na Câmara Federal e nas Assembleias Legislativas são referentes às coligações proporcionais que o PPS compôs.
Tais coligações não são necessariamente iguais às coligações majoritárias e geralmente são menores.
Não estão listados os futuros suplentes empossados.

UF Candidatos(as) a Governador(a) e a Vice Candidatos(as) a Senadores(as) Coligação majoritária
(governo e senado)
Deputados(as) federais eleitos(as) — 136 Deputados(as) estaduais eleitos(as) — 132
AC Márcio Bittar (PSDB) Gladson Cameli (PP) PPS / PMDB / PSDB / PTdoB / PP / PSC / PTC / PR / SD / PSD 2 PMDB, 1 PSDB 1 PR
Antônia Sales (PMDB)
AL Benedito de Lira (PP) Omar Coelho (DEM) PPS / PP / PSDC / PRP / PR / PSL / PSB / DEM / SD 1 PR, 1 PP, 1 SD Marcos Barbosa (PPS),
Severino Pessôa (PPS)
+ 2 DEM, 2 PSB
Alexandre Toledo (PSB)
AM Eduardo Braga (PMDB) Francisco Praciano (PT) PPS / PMDB / PP / PT / PCdoB / PDT / PTB / PRB / PSDC / PPL Hissa Abrahão (PPS)
+ 1 PP, 1 PMDB
Luiz Castro (PPS)
+ 1 PDT
Rebecca Garcia (PP)
AP Jorge Amanajás (PPS) ninguém PPS / PSC / PRTB / PMN / PTC / PRP / PPL / PTB 1 PSC, 1 PTB 2 PTB
Daiana Ramos (PMN)
BA Paulo Souto (DEM) Geddel Lima (PMDB) PPS / DEM / PSDB / PMDB / SD / PTN / PROS / PRB / PSC / PTC / PV / PRP / PSDC 1 PTC 2 PV, 2 PRP
Joaci Góes (PSDB)
CE Eunício Oliveira (PMDB) Tasso Jereissati (PSDB) PPS / PMDB / PSC / DEM / PR / PSDC / PRP / PSDB / PTN Moses Rodrigues (PPS)
+ 1 DEM
Tomaz Holanda (PPS)
+ 1 PSDC, 1 PTN
Roberto Pessoa (PR)
DF Luiz Pitiman (PSDB) Sandra Quezado (PSDB) PPS / PSDB / PSDC 1 PSDB ninguém
Adão Cândido (PPS)
ES Renato Casagrande (PSB) Neucimar Fraga (PV) PPS / PSB / PSDC / PSL / PP / PTB / PTdoB / PV / PR / PSC / PSD / PTC / PCdoB / PHS / PTN / PPL / PMN / PRB / PRTB 1 PV, 1 PP Amaro Neto (PPS),
Sandro Locutor (PPS)
+ 2 PSB, 1 PSD, 1 PMN
Fabrício Gandini (PPS)
GO Marconi Perillo (PSDB) Vilmar Rocha (PSD) PPS / PV / PRB / PDT / PP / PSL / PR / PTdoB / PHS / PMN / PROS / PTC / PSDB / PEN / PSD / PTB Marcos Abrão (PPS)
+ 6 PSDB, 2 PSD, 1 PDT, 1 PR, 1 PTB, 1 PP
1 PROS
José Eliton (PP)
MA Flávio Dino (PCdoB) Roberto Rocha (PSB) PPS / PCdoB / PSDB / PSB / PP / SD / PROS / PDT / PTC Eliziane Gama (PPS)
+ 1 PCdoB, 1 PSB, 1 PP, 1 PSDB
Wellington do Curso (PPS)
+ 1 SD, 1 PP
Carlos Brandão (PSDB)
MG Pimenta da Veiga (PSDB) Antônio Anastasia (PSDB) PPS / PSDB / PP / DEM / PSD / PTB / PV / PDT / PR / PMN / PSC / PSL / PTC / SD 2 PDT, 1 PV Antonio Jorge (PPS),
Fabiano Tolentino (PPS),
Thiago Cota (PPS)
+ 9 PSDB, 4 PSD, 3 PP, 2 DEM
Dinis Pinheiro (PP)
MS Reinaldo Azambuja (PSDB) Antônio João (PSD) PPS / PSDB / PSD / DEM / SD / PMN 1 DEM, 1 PSDB 4 PSDB, 1 DEM
Rose Modesto (PSDB)
MT Pedro Taques (PDT) Jayme Campos (DEM) PPS / PDT / PP / DEM / PSDB / PSB / PV / PTB / PSDC / PSC / PRP / PSL / PRB 2 PSB, 1 PSDB, 1 PP, 1 PSC ninguém
Carlos Fávaro (PP)
PA Simão Jatene (PSDB) ninguém PPS / PSDB / PSB / PMN / SD / PRB / PSC / PTB / PEN / PSD / PP / PTC / PSDC / PTdoB / PRP Arnaldo Jordy (PPS)
+ 3 PSD, 1 PSDB, 1 PTB, 1 PSC
Thiago Araújo (PPS)
Zéquinha Marinho (PSC)
PB Cássio Cunha Lima (PSDB) Wilson Santiago (PTB) PPS / PSC / PSDB / PR / PTB / PSD / SD / PMN / PEN / PTdoB / PTN / PRB / PSDC / PP 1 PSDB, 1 PP, 1 PR, 1 PSD, 1 SD, 1 PTB 2 PTdoB, 1 PRB, 1 PTN
Ruy Carneiro (PSDB)
PE Paulo Câmara (PSB) Fernando Coelho (PSB) PPS / PMDB / PCdoB / PSB / PTC / PRP / PTN / PR / SD / PV / PRTB / PSDB / PSD / PPL / DEM / PHS / PSDC / PROS / PP / PEN / PSL 8 PSB, 3 PSDB, 2 PR, 1 PSD, 1 PMDB, 1 PCdoB, 1 DEM, 1 PP 1 PSL, 1 PHS
Raul Henry (PMDB)
PI Zé Filho (PMDB) Wilson Martins (PSB) PPS / PMDB / PSDB / PCdoB / PDT / PSB / PTdoB / PTN / PV / DEM / PSDC / PSL / PMN / PRB / PTC / PSD / PEN 3 PSB, 1 PSD, 1 MDB 2 PTC
Sílvio Mendes (PSDB)
PR Beto Richa (PSDB) Álvaro Dias (PSDB) PPS / PSDB / PROS / SD / PSB / PP / PTB / PSD / PEN / PR / DEM / PSL / PSDC / PMN / PHS / PSC / PTdoB Rubens Bueno (PPS),
Sandro Alex (PPS)
+ 4 PP, 3 PSDB, 2 PSC, 2 PR, 1 PSD, 1 SD
Douglas Fabrício (PPS),
Tercílio Turini (PPS)
Cida Borghetti (PROS)
RJ Luiz Fernando Pezão (PMDB) César Maia (DEM) PPS / PMDB / PP / PTB / PSL / PEN / PTN / DEM / PSDC / PRTB / PHS / PMN / PTC / PRP / PSDB / PSC / PSD / SD 1 PSDB, 1 DEM Comte Bittencourt (PPS),
José Luiz Nanci (PPS)
+ 2 PSDB
Francisco Dornelles (PP)
RN Henrique Alves (PMDB) Vilma de Faria (PSB) PPS / PMDB / PR / PSB / PROS / PDT / SD / PSC / PTB / PV / PHS / PSDB / PSDC / PRB / PTN / PMN / PRP ninguém 1 PHS
João Maia (PR)
RO Jaqueline Cassol (PR) Ivone Cassol (PP) PPS / PV / PP / PR / PROS / PTC 1 PR 3 PP, 1 PV
Carlos Magno (PP)
RR Chico Rodrigues (PSB) ninguém PPS / PSB / PMDB / PSDB / PR / PRB / PSD / SD / PROS / PEN / PMN / PSDC / PTdoB / PRTB / PHS / PSL / PPL / PTN / PSC / PRP 1 PMN, 1 PHS Lenir Rodrigues (PPS)
+ 1 PRTB
Rodrigo Jucá (PMDB)
RS José Ivo Sartori (PMDB) Pedro Simon (PMDB) PPS / PMDB / PSD / PHS / PSB / PTdoB / PSL / PSDC 2 PSB, 1 PSD Any Ortiz (PPS)
+ 3 PSB
José Paulo Cairolli (PSD)
SC Paulo Bauer (PSDB) Paulo Bornhausen (PSB) PPS / PSDB / PP / PSB / PSL / SD / PTN / PHS / PEN / PTC / PRTB / PTdoB Carmen Zanotto (PPS)
+ 2 PSDB, 2 PP
Ricardo Guidi (PPS)
2 PSB
Joares Ponticelli (PP)
SE Eduardo Amorim (PSC) Maria do Carmo (DEM) PPS / DEM / PSL / PP / PTdoB / PSC / PTC / PSDB / PTB / SD / PV / PHS / PMN / PR / PEN 1 PTB, 1 SD, 1 DEM ninguém
Augusto Franco Neto (PSDB)
SP Geraldo Alckmin (PSDB) José Serra (PSDB) PPS / PSC / PSDB / DEM / PMN / PTdoB / PTC / PTN / SD / PEN / PRB / PSB / PSDC / PSL Alex Manente (PPS),
Arnaldo Jardim (PPS)
+ 14 PSDB, 4 DEM
Fernando Cury (PPS),
Roberto Morais (PPS),
Davi Zaia (PPS)
+ 22 PSDB, 8 DEM, 4 PRB
Márcio França (PSB)
TO Sandoval Cardoso (SD) Ângelo Agnolin (PDT) PPS / PRB / PP / PDT / PTB / PSC / PSL / PR / PEN / DEM / PRTB / SD / PHS / PTC / PSB / PRP / PSDB 1 PSB, 1 PRB, 1 PP, 1 DEM Eduardo do Dertins (PPS)
+ 4 SD, 2 PR, 2 PTB, 1 PP, 1 DEM, 1 PSDB
Eduardo Gomes (SD)
Participação e desempenho do PPS nas eleições estaduais de 2010[60]
  Candidatos majoritários eleitos (11 governadores e 18 senadores).

Em negrito estão os candidatos filiados ao PPS durante a eleição.
Os cargos obtidos na Câmara Federal e nas Assembleias Legislativas são referentes às coligações proporcionais que o PPS compôs.
Tais coligações não são necessariamente iguais às coligações majoritárias e geralmente são menores.
Não estão listados os futuros suplentes empossados.

UF Candidatos(as) a Governador(a) e a Vice Candidatos(as) a Senadores(as) Coligação majoritária
(governo e senado)
Deputados(as) federais eleitos(as) — 136 Deputados(as) estaduais eleitos(as) — 106
AC Tião Bocalom (PSDB) Sérgio Petecão (PMN) PPS / PSDB / PMDB / PMN / PSL / PSC / DEM / PR / PTdoB 1 PSDB, 1 PMDB, 1 PSC 1 DEM, 1 PSC, 1 PMN, 1 PTdoB
Pastor Ildson (PMDB) João Corrêia (PMDB)
AL Teotônio Vilela Filho (PSDB) Benedito de Lira (PP) PPS / PSDB / DEM / PP / PR / PSC / PSB 1 PSDB, 1 PSB, 1 PP Marcos Barbosa (PPS),
Severino Pessôa (PPS)
José Thomaz Nonô (DEM) Zé Costa (PPS)
AM Hissa Abrahão (PPS) Artur Virgílio Neto (PSDB) PPS / PSDB / PV ninguém Luiz Castro (PPS)
+ 1 PSDB
Mário Mendes (PSDB)
AP Jorge Amanajás (PSDB) Gilvam Borges (PMDB) PPS / PTN / PSC / PV / PMDB / PSDB 1 PSDB, 1 PMDB Dr. Jaci Amanajás (PPS),
Valdeco (PPS)
+ 2 PMDB, 1 PSDB, 1 PV
Francisco Favacho (PMDB) Papaléo Paes (PSDB)
BA Geddel Vieira Lima (PMDB) César Borges (PMDB) PPS / PMDB / PTB / PR / PSC / PMN / PRP / PRTB / PSDC / PTC / PTN / PTdoB 1 PRP 2 PRP, 2 PTdoB
Edmundo Pereira (PMDB) Edvaldo Brito (PTB)
CE Lúcio Alcântara (PR) Alexandre Pereira (PPS) PPS / PR 2 PR 2 PR
Cláudio Vale Vieira (PPS)
DF Agnelo Queiroz (PT) Cristovam Buarque (PDT) PPS / PT / PMDB / PDT / PSB / PTB / PCdoB / PRB / PHS / PRP / PTC 3 PT, 1 PDT Alírio Neto (PPS),
Cláudio Abrantes (PPS)
Tadeu Filippelli (PMDB) Rodrigo Rollemberg (PSB)
ES Luiz Paulo Vellozo Lucas (PSDB) Rita Camata (PSDB) PPS / PSDB / DEM / PTB / PMN 1 PSDB Luciano Rezende (PPS)
+ 5 DEM
Max da Mata (DEM)
GO Marconi Perillo (PSDB) Demóstenes Torres (DEM) PPS / PSDB / DEM / PTB / PRB / PHS / PMN / PRTB / PSL / PTC / PTdoB 3 PSDB, 3 DEM, 1 PTB, 1 PMN Dr. Joaquim (PPS)
+ 2 PTdoB
José Eliton Júnior (DEM) Lúcia Vânia (PSDB)
MA Flávio Dino (PCdoB) Zé Reinaldo (PSB) PPS / PCdoB / PSB 1 PSB Eliziane Gama (PPS)
+ 3 PSB, 1 PCdoB
Miosótis Gomes (PPS) Prof. Adonilson (PCdoB)
MG Antonio Anastasia (PSDB) Aécio Neves (PSDB) PPS / PSDB / PP / DEM / PR / PSB / PDT / PTB / PSC / PMN / PSDC / PSL Alexandre Silveira (PPS),
Geraldo Thadeu (PPS)
+ 8 PSDB, 7 PR, 5 PP, 3 DEM
Luzia Ferreira (PPS),
Neider Moreira (PPS),
Sebastião Costa (PPS)
Alberto Pinto Coelho (PP) Itamar Franco (PPS)
MS André Puccinelli (PMDB) Waldemir Moka (PMDB) PPS / PMDB / DEM / PRB / PTB / PTN / PR / PRTB / PHS / PMN / PTC / PSB / PSDB / PTdoB ninguém Diogo Tita (PPS)
+ 2 PTdoB
Simone Tebet (PMDB) Murilo Zauith (DEM)
MT Mauro Mendes (PSB) Pedro Taques (PDT) PPS / PV / PDT / PSB 1 PSB Percival Muniz (PPS)
+ 1 PDT, 1 PSB
Otaviano Pivetta (PV) Naildo (PV)
PA Simão Jatene (PSDB) Flexa Ribeiro (PSDB) PPS / PSDB / DEM / PSDC / PRTB / PMN / PRP Arnaldo Jordy (PPS)
+ 3 PSDB, 1 DEM
João Salame (PPS)
+ 1 PMN
Helenison Pontes (PPS)
PB Ricardo Coutinho (PSB) Cassio Cunha Lima (PSDB) PPS / PSB / PSDB / DEM / PTN / PV / PTC / PDT / PRP 2 PSDB, 1 DEM, 1 PDT Gilma Germano (PPS),
Janduhy Carneiro (PPS)
+ 2 PTN
Rômulo Gouveia (PSDB) Efraim Moraes (DEM)
PE Jarbas Vasconcelos (PMDB) Marco Maciel (DEM) PPS / PMDB / DEM / PSDB / PMN 2 PSDB, 2 DEM, 1 PMDB 1 PMDB, 1 PMN
Miriam Lacerda (DEM) Raul Jungmann (PPS)
PI Silvio Mendes (PSDB) Mão Santa (PSC) PPS / PSDB / PSC / DEM 2 DEM Antônio Felix (PPS)
+ 3 PSDB, 2 DEM
R. Sá Filho (PSDB) Heráclito Fortes (DEM)
PR Beto Richa (PSDB) Gustavo Fruet (PSDB) PPS / PSDB / PP / DEM / PSB / PTB / PRB / PHS / PMN / PRP / PSDC / PSL / PTC / PTN Cezar Silvestri (PPS),
Rubens Bueno (PPS),
Sandro Alex (PPS)
+ 3 PSDB, 3 PP, 2 DEM
César Silvestri Filho (PPS),
Douglas Fabrício (PPS),
Marcelo Rangel (PPS)
Flávio Arns (PSDB) Ricardo Barros (PP)
RJ Fernando Gabeira (PV) Cesar Maia (DEM) PPS / DEM / PV / PSDB Stepan Nercessian (PPS)
+ 2 PSDB, 2 DEM
André Corrêa (PPS),
Comte Bittencourt (PPS),
José Luiz Nanci (PPS)
+ 4 PSDB, 1 DEM
Márcio Fortes (PSDB) Marcelo Cerqueira (PPS)
RN Iberê Ferreira (PSB) Wilma de Faria (PSB) PPS / PSB / PT / PTB 1 PT, 1 PSB 4 PSB, 1 PTB
Vagner Araújo (PSB) Hugo Manso (PT)
RO João Cahulla (PPS) Ivo Cassol (PP) PPS / PP / PHS / PTB / PSL / PTN / PV / PSDC / PMN / PRP Moreira Mendes (PPS)
+ 1 PTB, 1 PV, 1 PP
2 PSDC
Tiziu Jidalias (PP) Melkisedek Donadon (PHS)
RR José de Anchieta Júnior (PSDB) Romero Jucá (PMDB) PPS / PSDB / DEM / PMDB / PR / PTN 2 PMDB, 1 PSDB, 1 DEM, 1 PR Marcelo Cabral (PPS)
+ 1 PMDB
Chico Rodrigues (DEM) Marluce Pinto (PSDB)
RS Yeda Crusius (PSDB) Ana Amélia Lemos (PP) PPS / PSDB / PP / PRB / PSC / PHS / PSL / PTdoB 6 PP, 1 PSDB Luciano Azevedo (PPS)
Paulo Odone (PPS)
+ 5 PSDB
Berfran Rosado (PPS)
SC Raimundo Colombo (DEM) Luiz Henrique da Silveira (PMDB) PPS / DEM / PMDB / PSDB / PTB / PSC / PSL / PTC / PRP 5 PMDB, 3 DEM, 2 PSDB Altair Guidi (PPS)
Eduardo Moreira (PMDB) Paulo Bauer (PSDB)
SE João Alves Filho (DEM) Antonio Leite (PV) PPS / DEM / PV / PTN / PHS / PMN / PP / PSDB 1 DEM 3 DEM, 1 PP
Nilson Lima (PPS)
SP Geraldo Alckmin (PSDB) Aloysio Nunes (PSDB) PPS / PSDB / DEM / PMDB / PSC / PHS / PMN Arnaldo Jardim (PPS),
Dimas Ramalho (PPS),
Roberto Freire (PPS)
+ 13 PSDB, 5 DEM
Alex Manente (PPS),
Davi Zaia (PPS),
Dr. Gondim (PPS),
Roberto Morais (PPS)
Guilherme Afif (DEM)
TO Carlos Henrique Gaguim (PMDB) Marcelo Miranda (PMDB) PPS / PMDB / PP / PT / PDT / PSB / PSL / PSDC / PHS / PRP / PCdoB César Halum (PPS)
+ 1 PP, 1 PMDB, 1 PSB, 1 PDT
Eduardo do Dertins (PPS),
Manoel Queiroz (PPS),
Sargento Aragão (PPS)
+ 6 PMDB, 1 PP, 1 PSB
Valderez Castelo Branco (PP) Paulo Mourão (PT)
Participação e desempenho do PPS nas eleições estaduais de 2006[60]
  Candidatos majoritários eleitos (15 governadores e 10 senadores).

Em negrito estão os candidatos filiados ao PPS durante a eleição.
Os cargos obtidos na Câmara Federal e nas Assembleias Legislativas são referentes às coligações proporcionais que o PPS compôs.
Tais coligações não são necessariamente iguais às coligações majoritárias e geralmente são menores.
Não estão listados os futuros suplentes empossados.

UF Candidatos(as) a Governador(a) e a Vice Candidatos(as) a Senadores(as) Coligação majoritária
(governo e senado)
Deputados(as) federais eleitos(as) — 99 Deputados(as) estaduais eleitos(as) — 101
AC Márcio Bittar (PPS) ninguém PPS / PMDB / PDT / PTC / PHS Ilderlei Cordeiro (PPS)
+ 1 PMDB
Delinho (PPS),
Dr. Donald (PPS),
Idalina (PPS)
+ 1 PDT
Wagner Sales (PMDB)
AL Teotônio Vilela Filho (PSDB) ninguém PPS / PSDB / PMDB / PTdoB 3 PMDB Marcos Barbosa (PPS)
+ 2 PSDB, 2 PTdoB, 1 PMDB
Wanderley Neto (PMDB)
AM Arthur Virgílio Neto (PSDB) ninguém PPS / PSDB ninguém Luiz Castro (PPS)
Leonel Feitoza (PSDB)
AP Papaléo Paes (PSDB) ninguém PPS/ PSDB / PTB / PFL / PRTB / PTdoB / PMN / PTN Lucerina Pimentel (PPS)
+ 1 PFL
1 PTB, 1 PMN
Lucas Barreto (PTB)
BA Jaques Wagner (PT) ninguém PPS / PT / PMDB / PMN / PSB / PV / PCdoB / PTB / PRB Colbert Martins (PPS),
Raymumdo Veloso (PPS)
+ 1 PMDB, 1 PSB, 1 PV
5 PMDB, 1 PSB
Edmundo Pereira Santos (PT)
CE Lúcio Alcântara (PSDB) Moroni Torgan (PFL) PPS / PSDB / PFL / PTB / PSC / PTC / PAN / PTN 5 PSDB, 1 PTB ninguém
Beto Studart (PSDB)
DF José Roberto Arruda (PFL) Marcos Cardoso (PFL) PPS / PFL / PP / PL / PPS / PSC / PMN / PRONA / PTN Augusto Carvalho (PPS)
+ 2 PFL
Alírio Neto (PPS)
+ 1 PL
Paulo Octávio (PFL)
ES Sérgio Vidigal (PDT) Max Mauro (PDT) PPS / PDT / PP / PAN / PHS / PRTB / PTC / PTN / PTdoB 2 PDT 2 PAN
Bruno Polez Coelho (PDT)
GO Alcides Rodrigues (PP) Marconi Perillo (PSDB) PPS / PP / PRTB / PTN / PL / PV / PTB / PAN / PMN / PHS / PRP / PSDB / PTdoB 4 PSDB, 2 PP, 2 PTB, 1 PL 4 PTB, 4 PL
Ademir Menezes (PSDB)
MA Jackson Lago (PDT) ninguém PPS / PDT / PAN 2 PDT, 1 PAN Eliziane Gama (PPS)
Luís Carlos Porto (PPS)
MG Aécio Neves (PSDB) Eliseu Resende (PFL) PPS / PSDB / PFL / PP / PL / PSB / PTB / PSC / PAN / PHS Alexandre Silveira (PPS),
Geraldo Thadeu (PPS),
Humberto Souto (PPS),
Paulo Piau (PPS)
Djalma Diniz (PPS)
Antônio Anastasia (PSDB)
MS André Puccinelli (PMDB) Marisa Serrano (PSDB) PPS / PMDB / PFL / PSDB / PSC / PL / PAN / PRTB / PMN / PTC / PTdoB Geraldo Resende (PPS)
+ 2 PMDB, 1 PSDB
1 PRTB, 1 PTdoB
Murilo Zauith (PFL)
MT Blairo Maggi (PPS) Jaime Campos (PFL) PPS / PP / PTB / PFL / PTN / PL / PV / PMDB / PAN / PRTB / PMN / PTC / PSB Homero Pereira (PPS)
+ 1 PSB
João Malheiros (PPS),
Mauro Savi (PPS),
Percival Muniz (PPS),
Sebastião Rezende (PPS),
Sérgio Ricardo (PPS)
+ 5 PFL
Silval Barbosa (PMDB)
PA ninguém ninguém nenhuma 1 PDT Arnaldo Jordy (PPS),
João Salame (PPS)
PB Cássio Cunha Lima (PSDB) Cícero Lucena (PSDB) PPS / PSDB / PFL / PP / PTB / PTN / PL / PTC / PTdoB / PV / PHS / PRTB / PAN / PDT / PSC ninguém Nivaldo Manoel (PPS),
Socorro Marques (PPS)
José Lacerda Neto (PFL)
PE Mendonça Filho (PFL) Jarbas Vasconcelos (PMDB) PPS / PFL / PSDB / PMDB / PHS / PTN Raul Jungmann (PPS)
+ 3 PMDB, 3 PFL, 2 PSDB
6 PSDB
Evandro Avelar (PSDB)
PI Firmino Filho (PSDB) Freitas Neto (PSDB) PPS / PV / PSDB / PTdoB 1 PSDB Antônio Félix (PPS)
Luiz Menezes (PPS)
PR Rubens Bueno (PPS) Luiz Felipe Haj Mussi (PPS) PPS / PFL Cezar Silvestri (PPS),
Ratinho Júnior (PPS)
+ 5 PFL
Douglas Fabrício (PPS),
Felipe Lucas (PPS),
Marcelo Rangel (PPS)
+ 6 PSDB
Marcelo Puppi (PFL)
RJ Denise Frossard (PPS) Alfredo Sirkis (PV) PPS / PV / PFL Leandro Sampaio (PPS),
Marina Maggessi (PPS),
Neilton Mulim (PPS)
+ 1 PV
André Corrêa (PPS)
+ 1 PV
Eider Dantas (PFL)
RN Wilma de Faria (PSB) Fernando Bezerra (PTB) PPS / PSB / PTB / PT / PL / PCdoB / PHS / PMN / PTdoB ninguém Wober Júnior (PPS)
+ 5 PMN, 4 PSB
Iberê Ferreira (PSB)
RO Ivo Cassol (PPS) Expedito Júnior (PPS) PPS / PTN / PV / PFL / PAN / PRONA Moreira Mendes (PPS)
+ 1 PV
Ezequiel Neiva (PPS),
Jair Miotto (PPS)
+ 1 PFL
João Cahulla (PPS)
RR Romero Jucá (PMDB) Teresa Surita (PPS) PPS / PMDB / PV / PSB / PMN / PRB / PT / PCdoB / PSC / PTC 1 PTC, 1 PMDB, 1 PSB Erci de Moraes (PPS),
Marcelo Cabral (PPS)
+ 1 PTC
Lurdinha Pinheiro (PPS)
RS Yeda Crusius (PSDB) Mário Bernd (PPS) PPS / PSDB / PFL / PL / PSC / PAN / PHS / PRONA / PRTB / PTC / PTdoB Nelson Proença (PPS)
+ 2 PSDB, 2 PFL
Berfran Rosado (PPS),
Carlos Gomes da Silva (PPS),
Luciano Azevedo (PPS),
Paulo Odone (PPS)
+ 4 PSDB
Paulo Feijó (PFL)
SC Luiz Henrique da Silveira (PMDB) Raimundo Colombo (PFL) PPS / PMDB / PSDB / PFL / PAN / PHS / PRTB / PTdoB Fernando Coruja (PPS)
+ 5 PMDB, 3 PFL, 1 PSDB
Altair Guidi (PPS)
Leonel Pavan (PSDB)
SE João Alves Filho (PFL) Maria do Carmo Alves (PFL) PPS / PTN / PAN / PSDB / PV / PFL / PP / PHS / PSC / PTdoB 3 PFL, 1 PSDB, 1 PSC 2 PTdoB, 1 PV
Fabiano Oliveira (PSDB)
SP José Serra (PSDB) Guilherme Afif (PFL) PPS / PSDB / PFL / PTB Arnaldo Jardim (PPS),
Dimas Ramalho (PPS)
Alex Manente (PPS),
Davi Zaia (PPS),
Dr. Gondim (PPS),
Roberto Morais (PPS),
Vitor Zapienza (PPS)
Alberto Goldman (PSDB)
TO Marcelo Miranda (PMDB) Kátia Abreu (PFL) PPS / PMDB / PFL 3 PFL, 2 PMDB Eduardo do Dertins (PPS)
Paulo Sidney (PPS)
Participação e desempenho do PPS nas eleições estaduais de 2002[60]
  Candidatos majoritários eleitos (4 governadores e 7 senadores).

Em negrito estão os candidatos filiados ao PPS durante a eleição.
Os cargos obtidos na Câmara Federal e nas Assembleias Legislativas são referentes às coligações proporcionais que o PPS compôs.
Tais coligações não são necessariamente iguais às coligações majoritárias e geralmente são menores.
Não estão listados os futuros suplentes empossados.

UF Candidatos(as) a Governador(a) e a Vice Candidatos(as) a Senadores(as) Coligação majoritária
(governo e senado)
Deputados(as) federais eleitos(as) — 61 Deputados(as) estaduais eleitos(as) — 96
AC José Mastrângelo (PPS) Márcio Bittar (PPS) PPS / PDT / PTB Júnior Betão (PPS) Tarcísio Pinheiro
+ 1 PDT
Albélia da Cunha (PTB)
AL Fernando Collor (PRTB) Geraldo Bulhões (PFL) PPS / PRTB / PTB / PPB / PFL 2 PTB, 2 PFL Cícero Amélio (PPS),
Francisco Tenório (PPS)
+ 7 PTB, 1 PFL
Cacalo Rezende (PTB)
AM Eduardo Braga (PPS) Jefferson Peres (PDT) PPS / PFL / PDT / PTB / PSC / PSD / PSL / PTN / PSDC / PRP / PHS / PAN / PRONA 3 PFL, 1 PTB Lino Chixaro (PPS)
+ 5 PFL, 2 PTB, 2 PSDC, 1 PSC
Omar Aziz (PFL) Bernardo Cabral (PFL)
AP Waldez Góes (PDT) Papaléo Paes (PTB) PPS / PDT / PPB / PTB / PSD / PTdoB / PAN / PSL / PRTB 2 PDT, 1 PPB, 1 PTB 2 PTdoB, 1 PTB
Pedro Paulo Dias (PPB) Sebastião Bala Rocha (PDT)
BA ninguém João Durval Carneiro (PDT) PPS / PDT / PSDC / PSD / PHS / PRP / PTdoB Colbert Martins (PPS)
+ 1 PDT
Walmir Mota (PPS)
+ 2 PDT, 2 PSD, 1 PRP
CE ninguém Patrícia Saboya (PPS) PPS / PDT / PTB / PTN Leônidas Cristino (PPS) Chico Aguiar (PPS),
Ivo Gomes (PPS),
Mauro Benevides Filho (PPS),
Zezinho Albuquerque (PPS)
ninguém
DF Carlos Alberto Torres (PPS) Lauro Campos (PDT) PPS / PDT ninguém Augusto Carvalho (PPS)
Abdel Karajah (PPS)
ES ninguém Ricardo Ferraço (PPS) nenhuma ninguém Anselmo Tose (PPS),
César Colnago (PPS)
ninguém
GO Geraldo Lemos (PTB) Luciano Pedroso (PPS) PPS / PTB / PDT ninguém Leandro Sena (PPS)
+ 1 PDT
Marta Barth (PDT) Luiz Augusto Roma (PTB)
MA Jackson Lago (PDT) Epitácio Cafeteira (PDT) PPS / PDT / PTB / PPB / PTN / PAN 3 PDT, 1 PPB Antônio Pereira Filho (PPS)
+ 1 PPB
Deoclides Macedo (PTB)
MG ninguém Israel Pinheiro Filho (PDT) PPS / PDT / PTB Geraldo Thadeu (PPS),
Júlio Delgado (PPS),
Athos Avelino (PPS)
+ 2 PDT
Neider Moreira (PPS),
Wanderley Ávila (PPS)
ninguém Marcos Sant'Anna (PPS)
MS Moacir Kohl

(PDT)

Athayde Nery (PPS) PPS / PDT Geraldo Resende (PPS) Antônio Braga (PPS)
+ 3 PDT
Luiza Ribeiro (PPS)
MT Blairo Maggi (PPS) Jonas Pinheiro (PFL) PPS / PFL / PPB / PSC / PSD / PV / PAN / PRP / PRTB / PSDC / PTN / PTdoB 1 PFL, 1 PPB Carlos Brito de Lima (PPS),
João Malheiros (PPS)
Iraci França (PPS)
PA Hildegardo Nunes (PTB) Telma Lobo (PPS) PPS / PTB / PDT / PTN 1 PTB, 1 PDT Denimar Rodrigues (PPS)
Giovanni Queiroz (PDT)
PB ninguém Hermano Nepomuceno (PPS) PPS / PDT / PTB / PSL / PRP 2 PTB Bosco Carneiro (PPS)
PE ninguém Nelson Borges (PPS) nenhuma Roberto Freire (PPS) Betinho Gomes (PPS)
+ 1 PSDC
PI Alcilino Ribeiro (PPS) Pedro Laurentino (PDT) PPS / PDT / PTB / PHS ninguém 2 PDT, 1 PTB
Antônio de Pádua (PDT)
PR Rubens Bueno (PPS) Eda Maria Slomp (PV) PPS / PV Cezar Silvestri (PPS),
Fernando Giacobo (PPS)
Arlete Caramês (PPS),
Marcos Isfer (PPS),
Waldir Leite (PPS)
Sigrid de Mendonça (PV)
RJ Jorge Roberto Silveira (PDT) Leonel Brizola (PDT) PPS / PDT / PTB 3 PDT, 1 PTB Comte Bittencourt (PPS)
+ 4 PDT, 1 PTB
Flávio Furtado (PTB) Carlos Lupi (PDT)
RN Fernando Bezerra (PTB) José Agripino Maia (PFL) PPS / PTB / PFL / PDT / PV / PAN / PSL 2 PFL, 1 PTB Wober Júnior (PPS)
+ 4 PFL, 1 PTB
Carlos Augusto Rosado (PFL) Augusto de Viveiros (PFL)
RO Natanael Silva (PPB) Odacir Soares (PTB) PPS / PPB / PTB / PST Agnaldo Muniz (PPS)
+ 1 PTB
Emílio Paulista (PPS)
Mileni Mota (PTB) Osvaldo Piana (PPB)
RR Ottomar Pinto (PTB) Augusto Botelho (PDT) PPS / PTB / PDT / PPB 2 PDT, 1 PPB Aírton Cascavel (PPS)
+ 1 PPB
Erci de Morais (PPS)
RS Antônio Britto (PPS) José Fogaça (PPS) PPS / PFL / PSL / PTdoB Nelson Proença (PPS)
+1 PFL
Berfran Rosado (PPS),
Bernardo de Souza (PPS),
Cezar Busatto (PPS)
+ 1 PFL
Germano Bonow (PFL)
SC Sérgio Grando (PPS) Elisiani Sanches (PPS) PPS / PV / PSDC ninguém ninguém
João de Deus Medeiros (PV) Gerson Antônio Basso (PV)
SE João Alves Filho (PPS) José Almeida Lima (PDT) PPS / PFL / PDT / PPB / PSD / PST / PHS / PTdoB 2 PFL, 1 PPB Celinha Franco (PPS),
Fabiano Oliveira (PPS),
Suzana Azevedo (PPS)
+ 3 PDT, 3 PFL, 1 PPB
Marília Mandarino (PFL)
SP Antônio Cabrera (PTB) Eliseu Gabriel (PDT) PPS / PTB / PDT Cláudio Magrão (PPS),
Dimas Ramalho (PPS),
João Herrmann Neto (PPS)
+ 5 PTB, 1 PDT
Arnaldo Jardim (PPS),
Marquinho Tortorello (PPS),
Roberto Morais (PPS),
Romeu Tuma Júnior (PPS),
Vitor Sapienza (PPS)
Celso Jatene (PTB) Willians Rafael (PTB)
TO Lutero Fonseca (PPS) Raul Filho (PPS) PPS / PDT ninguém Solange Duailibe (PPS)
Airton Portilho (PDT)
Participação e desempenho do PPS nas eleições estaduais de 1998[60]
  Candidatos majoritários eleitos (10 governadores e 8 senadores).

Em negrito estão os candidatos filiados ao PPS durante a eleição.
Os cargos obtidos na Câmara Federal e nas Assembleias Legislativas são referentes às coligações proporcionais que o PPS compôs.
Tais coligações não são necessariamente iguais às coligações majoritárias e geralmente são menores.
Não estão listados os futuros suplentes empossados.

UF Candidatos(as) a Governador(a) e a Vice Candidatos(as) a Senadores(as) Coligação majoritária
(governo e senado)
Deputados(as) federais eleitos(as) — 95 Deputados(as) estaduais eleitos(as) — 144
AC Jorge Viana (PT) Tião Viana (PT) PPS / PT / PSDB / PDT / PSL / PV / PSB / PTdoB / PL PCdoB / PMN / PTB 2 PT, 1 PDT 2 PL
Édison Simão Cadaxo (PSDB)
AL Ronaldo Lessa (PSB) Heloísa Helena (PT) PPS / PSB / PDT / PT / PTdoB / PCdoB / PRONA / PV / PTN / PRP / PSN / PMN / PST Regis Cavalcante (PPS)
+ 1 PMN, 1 PSB
3 PSB, 2 PT, 1 PTdoB
Geraldo Sampaio (PDT)
AM Eduardo Braga (PSL) Marcus Barros (PT) PPS / PSL / PSB / PT / PPB / PDT / PCdoB /PMN 1 PCdoB, 1 PPB Lino Chixaro (PPS)
Serafim Corrêa (PSB)
AP João Capiberibe (PSB) Idegardo Alencar (PPS) PPS / PSB / PT / PAN / PV / PCdoB / PRP 1 PSB 2 PT
Maria Dalva Figueiredo (PT)
BA João Durval Carneiro (PDT) Murilo Leite (PSDB) PPS / PDT / PSB / PSDB / PV / PSN / PRP / PRTB / PMN 6 PSDB, 1 PDT 4 PSDB, 4 PSB, 1 PDT, 1 PV
Celso Dourado (PSB)
CE Tasso Jereissati (PSDB) Luiz Pontes (PSDB) PPS / PSDB / PPB / PTB / PSD 12 PSDB, 1 PPB Chico Aguiar (PPS),
Manoel Veras (PPS),
Mauro Benevides Filho (PPS),
Patrícia Saboya (PPS)
+ 21 PSDB
Beni Veras (PSDB)
DF José Roberto Arruda (PSDB) Agusto Carvalho (PPS) PPS / PSDB / PFL / PTB / PL / PSL 1 PSDB, 1 PFL Alírio Neto (PPS)
Peniel Pacheco (PSDB)
ES Albuíno Azeredo (PDT) Jorge Rodrigues Filho (PDT) PPS / PDT / PSC / PSL / PAN ninguém Eval Galazi (PPS)
Gilson Homes (PPS),
Juca Alves (PPS),
Robson Neves (PPS)
+ 2 PDT
Sandra Gomes (PPS)
GO Iris Rezende (PMDB) Maguito Vilela (PMDB) PPS / PMDB / PSD / PSB / PL / PSC / PSL / PST / PAN / PTN / PRN / PRP / PRTB / PTdoB 8 PMDB, 2 PL, 1 PSD 2 PST, 1 PSC
Romilton Moraes (PSD)
MA Epitácio Cafeteira (PPB) José Luís Lago (PPS) PPS / PPB / PDT / PSDB / PSB / PRN / PMN / PTdoB ninguém ninguém
Clay Lago (PDT)
MG Itamar Franco (PMDB) José Alencar (PMDB) PPS / PMDB / PL / PSC / PAN / PMN / PSL / PST / PRN / PTN / PTdoB 3 PL Luiz de Menezes (PPS),
Marco Régis (PPS)
+ 3 PL
Newton Cardoso (PMDB)
MS ninguém Carmelino Rezende (PPS) nenhuma ninguém Geraldo Resende (PPS),
Sandro Fabi (PPS)
MT ninguém ninguém nenhuma ninguém Jair Mariano (PPS)
PA Almir Gabriel (PSDB) Luiz Otávio Campos (PPB) PPS / PSDB / PTB / PPB / PV / PSC / PSD / PL / PTdoB / PMN ninguém Claudio Almeida (PPS)
+ 2 PSD
Hildegardo Nunes (PTB)
PB ninguém ninguém nenhuma ninguém ninguém
PE Carlos Wilson (PSDB) Waldemar Borges (PPS) PPS / PSDB / PRP / PSL / PTdoB 1 PSDB, 1 PSL 6 PSDB
Luciana Vieira (PSDB)
PI Mão Santa (PMDB) Acilino Ribeiro (PPS) PPS / PMDB / PCdoB / PDT / PTB / PL / PSDC / PRONA 3 PMDB ninguém
Osmar Júnior (PCdoB)
PR Jaime Lerner (PFL) Nilton Cezar Servo (PPS) PPS / PFL / PTB / PPB / PL / PSB / PSC / PSD / PST / PRN / PRP / PSL / PTN / PTdoB 6 PFL, 6 PTB 12 PFL, 11 PTB
Emília Belinatti (PTB)
RJ Lúcia Souto (PPS) Denise Frossard (PPS) PPS / PMN ninguém Paulo Pinheiro (PPS)
Augusto Leivas (PPS)
RN Garibaldi Alves Filho (PMDB) Fernando Bezerra (PMDB) PPS / PMDB / PPB / PSD / PAN / PMN / PRN / PRTB / PTdoB 4 PMDB, 1 PPB 8 PMDB, 3 PPB
Fernando Freire (PPB)
RO Valdir Raupp (PMDB) ninguém PPS / PMDB / PDT / PSDB / PTB / PRN ninguém 2 PTB
Carlinhos Camurça (PDT)
RR ninguém Chhai Kwo Chheng (PPS) PPS / PT / PSB ninguém ninguém
ninguém
RS Luis Roberto Saraiva (PPS) Caetano Brum (PPS) nenhuma ninguém ninguém
Roberto Bolsoni (PPS)
SC Milton Mendes (PT) Sérgio Grando (PPS) PPS / PT / PDT / PSB / PCdoB / PCB / PMN / PSN 2 PT, 2 PDT 5 PT, 2 PDT
Ricardo Baratieri (PDT)
SE Albano Franco (PSDB) Jackson Barreto (PMDB) PPS / PSDB / PMDB / PPB / PL / PSC / PV / PMN Ivan Paixão (PPS)
+ 2 PMDB, 1 PPB, 1 PSDB, 1 PMN
Pedrinho Balbino (PPS)
+ 1 PSC
Benedito de Figueiredo (PMDB)
SP Marta Suplicy (PT) Eduardo Suplicy (PT) PPS / PT / PCdoB / PCB / PMN João Herrmann Neto (PPS)
+ 14 PT, 1 PCdoB
José Augusto da Silva Ramos (PPS),
Marquinho Tortorello (PPS),
Roberto Morais (PPS)
+ 14 PT, 2 PCdoB
Newton Lima Neto (PT)
TO Moisés Avelino (PMDB) Derval de Paiva (PMDB) PPS / PMDB / PCdoB / PSD 2 PMDB 6 PMDB
Mário Vaz (PCdoB)
Participação e desempenho do PPS nas eleições estaduais de 1994[60]
  Candidatos majoritários eleitos (5 governadores e 8 senadores).

Em negrito estão os candidatos filiados ao PPS durante a eleição.
Os cargos obtidos na Câmara Federal e nas Assembleias Legislativas são referentes às coligações proporcionais que o PPS compôs.
Tais coligações não são necessariamente iguais às coligações majoritárias e geralmente são menores.
Não estão listados os futuros suplentes empossados.

UF Candidatos(as) a Governador(a) e a Vice Candidatos(as) a Senadores(as) Coligação majoritária
(governo e senado)
Deputados(as) federais eleitos(as) — 87 Deputados(as) estaduais eleitos(as) — 174
AC Tião Viana (PCdoB) Marina Silva (PT) PPS / PCdoB / PT / PSB / PV / PSTU ninguém 2 PT, 1 PCdoB
Eduardo Faria (PCdoB)
AL Marcos Antônio da Rocha Vieira (PSB) Regis Cavalcante (PPS) PPS / PSB / PT / PV / PRP ninguém 2 PSB, 1 PT, 1 PRP
Tutmés Airan (PT)
AM Nonato Oliveira (PL) Serafim Corrêa (PSB) PPS / PL / PCdoB / PSB / PMN / PRONA ninguém 1 PCdoB, 1 PSB, 1 PMN
Lúcia Anthony (PCdoB) Félix Valois (PPS)
AP Salomão Alcolumbre (PMDB) Gilvam Borges (PMDB) PPS / PMDB / PPR / PP 1 PPR, 1 PP 2 PMDB
PPR Gilton Garcia (PPR)
BA Jutahy Magalhães Jr. (PSDB) Waldir Pires (PSDB) PPS / PSDB / PCdoB / PV 4 PSDB, 1 PCdoB 7 PSDB, 1 PCdoB
Sérgio Gaudenzi (PSDB)
CE Joaquim Cartaxo Filho (PT) Eduardo Jucá (PSB) PPS / PT / PSB / PCdoB 1 PT, 1 PCdoB 3 PT, 1 PSB
Valton Miranda (PSB) Antônio Durval Soares (PT)
DF Cristovam Buarque (PT) Lauro Campos (PT) PPS / PT / PSB / PCdoB / PSTU Augusto Carvalho (PPS)
+ 2 PT, 1 PCdoB
Francisco Monteiro (PPS)
+ 7 PT
Arlete Sampaio (PT) Carlos Alberto Torres (PPS)
ES Max Mauro (PMN) Jones dos Santos Neves (PL) PPS / PMN / PL / PRP / PSC ninguém 1 PL, 1 PMN,
Manuel Lobo (PL)
GO Luiz Antônio de Carvalho (PT) Athos Pereira da Silva (PT) PPS / PT / PCdoB / PMN / PV / PSTU 1 PT, 1 PCdoB 3 PT, 1 PCdoB
Carlos Grand (PCdoB) Divino Goulart da Silva (PCdoB)
MA Jackson Lago (PDT) Wagner Lago (PDT) PPS / PDT / PT / PMN 2 PT, 1 PDT 3 PDT, 1 PT
Jomar Fernandes (PT) Manuel Santos (PT)
MG Antônio Carlos Pereira (PT) Virgílio Guimarães PPS / PT / PSB / PCdoB / PV / PSTU 6 PT, 1 PCdoB Marco Régis (PPS)
+ 8 PT, 1 PV, 1 PSB
Raul Messias Franco (PSB) Jô Moraes (PCdoB)
MS Pedro Teruel (PT) Ricardo Brandão (PT) PPS / PT / PMN / PSTU ninguém 3 PT
Mariza Rocha (PPS) Alan Pitthan (PPS)
MT ninguém ninguém nenhuma ninguém 1 PSB, 1 PMN
PA Almir Gabriel (PSDB) Ademir Andrade (PSB) PPS / PSDB / PFL / PDT / PTB / PSB / PCdoB / PCB 1 PDT, 1 PFL, 1 PTB, 1 PCdoB 3 PDT, 3 PFL, 2 PTB, 2 PSDB
Hélio Gueiros Júnior (PFL) Flexa Ribeiro (PSDB)
PB Antônio Mariz (PMDB) Ronaldo Cunha Lima (PMDB) PPS / PMDB / PSDB / PSC / PP / PSD / PRP 7 PMDB 19 PMDB, 1 PP
José Maranhão (PMDB) Humberto Lucena (PMDB)
PE Miguel Arraes (PSB) Roberto Freire (PPS) PPS / PSB / PT / PDT / PV / PCdoB / PMN 7 PSB, 2 PDT, 2 PT, 1 PMN 16 PSB, 4 PDT, 2 PT
Jorge Gomes (PSB) Armando Monteiro Filho (PDT)
PI Mão Santa (PMDB) Chagas Rodrigues (PSDB) PPS / PDT / PMDB / PMN / PSDB / PCdoB 2 PMDB, 5 PMDB, 1 PSDB
Osmar Araújo (PSDB) Celso Barros (PMDB)
PR Jorge Samek (PT) Pedro Tonelli (PT) PPS / PT / PSB / PCdoB 3 PT, 1 PCdoB 5 PT
Haroldo Ferreira (PSB)
RJ Jorge Bittar (PT) Benedita da Silva (PT) PPS / PT / PSB / PCdoB / PV / PSTU Sérgio Arouca (PPS)
+ 3 PT, 2 PCdoB, 2 PSB, 1 PV
Lúcia Souto (PPS)
+ 5 PT, 3 PSB, 1 PCdoB, 1 PV
Roberto Chabo (PSB) Saturnino Braga (PSB)
RN Wilma de Faria (PSB) Salomão Gurgel (PSB) PPS / PSB / PCdoB / PMN / PV / PSC ninguém ninguém
Binha Torres (PSB) Hermano Paiva de Oliveira (PPS)
RO ninguém Manoel Francisco (PRP) PPS / PCdoB / PSC / PRP ninguém 2 PSC
RR Airton Dias (PDT) Júlio Martins (PDT) PPS / PDT / PMN / PSB / PSD / PV / PCdoB ninguém 1 PSD
Ritler Lucena (PDT) Jamil José de Sales (PMN)
RS Olívio Dutra (PT) Raul Pont (PT) PPS / PT / PSB / PCdoB / PV / PSTU 7 PT 6 PT, 3 PSB, 1 PCdoB
Éden Pedroso (PT) Fúlvio Petracco (PSB)
SC Nelson Wedekin (PSB) Luci Choinacki (PT) PPS / PDT / PSDB / PT / PSB / PCdoB 2 PT, 1 PDT 5 PT, 3 PDT, 1 PSDB
Vilson de Souza (PSDB) Lourenço Herter (PT)
SE ninguém ninguém nenhuma ninguém 1 PTB
SP José Dirceu (PT) Luiza Erundina (PT) PPS / PT / PSB / PCdoB / PMN / PSTU 14 PT, 1 PCdoB, 1 PSB 16 PT, 2 PCdoB, 1 PSB
Antônio Galdino (PSB) João Herrmann Neto (PPS)
TO Neilton Araújo de Oliveira (PT) Leontino Pereira de Sousa (PT) PPS / PT ninguém ninguém
Eduardo Carvalho (PT) Donizeti Nogueira (PT)

Eleições presidenciais[editar | editar código-fonte]

Ano Imagem Candidato(a) a Presidente Candidato(a) a Vice-Presidente Coligação Votos Posição
1994
Luiz Inácio Lula da Silva.jpg
Luiz Inácio Lula da Silva
(PT)
Aloizio Mercadante
(PT)
Frente Brasil Popular pela Cidadania
(PT, PSB, PCdoB, PPS, PV, PCB e PSTU)
17.122.127 (27,04%)
1998
Cirogomes2006.jpg
Ciro Gomes
(PPS)
Roberto Freire
(PPS)
Brasil Real e Justo
(PPS, PL e PAN)
7.426.190 (10,97%)
Segundo turno: apoio ao candidato derrotado Luiz Inácio Lula da Silva (PT)
2002
Cirogomes2006.jpg
Ciro Gomes
(PPS)
Paulo Pereira da Silva
(PTB)
Frente Trabalhista
(PPS, PTB e PDT)
10.170.882 (11,97%)
Segundo turno: apoio ao candidato vitorioso Luiz Inácio Lula da Silva (PT)
2010
Serra02032007.jpg
José Serra
(PSDB)
Indio da Costa
(DEM)
O Brasil pode mais
(PSDB, DEM, PPS, PMN, PTdoB e PTB)
43.711.388 (43,95%)
2014
Marina Silva 2014 candidate.jpg
Marina Silva
(PSB)
Beto Albuquerque
(PSB)
Unidos pelo Brasil
(PSB, PHS, PRP, PPS, PPL e PSL)
22.176.619 (21,32%)
Segundo turno: apoio ao candidato derrotado Aécio Neves (PSDB)
2018
Geraldo Alckmin em agosto de 2017.jpg
Geraldo Alckmin
(PSDB)
Ana Amélia
(PP)
Para Unir o Brasil
(PSDB, PP, PR, PRB, PSD, Solidariedade, DEM, PTB e PPS)
5.096.349 (4,76%)
Segundo turno: neutralidade e liberação de diretórios e filiados

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

Parlamentares cassados
Com base em dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral, o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral divulgou um balanço, em 4 de outubro de 2007, com os partidos com maior número de parlamentares cassados por corrupção desde o ano 2000. O PPS ocupava a oitava posição no ranking, com quatorze cassações, atrás do DEM, PMDB e PSDB, PP, PTB, PDT e PR.[63]

Referências

  1. a b TSE. «Partidos políticos registrados no TSE». Consultado em 11 de abril de 2021 
  2. a b c d e Cidadania (3 de março de 2021). «Executiva Nacional do Cidadania». Consultado em 11 de abril de 2021 
  3. a b Cidadania (1 de abril de 2021). «Eliziane Gama assumirá 2ª Vice-Presidência do Cidadania». Consultado em 11 de abril de 2021 
  4. Câmara dos Deputados (24 de março de 2017). «Câmara homenageia 25 anos de fundação do Partido Popular Socialista». Consultado em 11 de abril de 2021 
  5. a b c d e Cidadania. «Posicionamentos do Cidadania». Consultado em 11 de abril de 2021 
  6. a b c Cidadania (17 de julho de 2020). «Freire vê Cidadania como espaço de sociais-democratas e liberais em nova formação política». Consultado em 11 de abril de 2021 
  7. a b c d e f g h i j k PPS. «História do PCB/PPS». Consultado em 11 de abril de 2021 
  8. a b Congresso em Foco (23 de março de 2019). «"Agenda socialista fracassou", diz líder do PPS. Antigo PCB, partido agora terá novo nome». Consultado em 11 de abril de 2021 
  9. Cidadania (11 de novembro de 2019). «Roberto Freire: Cidadania quer se transformar em importante referência de centro-esquerda». Consultado em 11 de abril de 2021 
  10. a b c TSE. «Estatísticas do eleitorado – Eleitores filiados». Consultado em 13 de abril de 2021 
  11. «Resultados da eleição municipal de 2020 para as prefeituras». PATRI. Consultado em 10 de abril de 2021 
  12. a b Senado Federal. «Senadores em Exercício 55ª Legislatura (2019 - 2023)». Consultado em 9 de abril de 2021 
  13. a b Câmara dos Deputados. «Bancada dos partidos». Consultado em 9 de abril de 2021 
  14. G1 (17 de novembro de 2020). «DEM, PP e PSD aumentam número de vereadores no Brasil; MDB, PT, PSDB, PDT e PSB registram redução». Consultado em 9 de abril de 2021 
  15. a b c Estadão (23 de março de 2019). «PPS aprova mudança de nome e vai se chamar Cidadania». Consultado em 11 de abril de 2021 
  16. a b TSE (19 de setembro de 2019). «Aprovada a mudança do nome do PPS para Cidadania». Consultado em 11 de abril de 2021 
  17. IstoÉ Dinheiro (19 de maio de 2017). «PPS não saiu do governo, apenas se afastou do ponto de vista político, diz Freire». Consultado em 11 de abril de 2021 
  18. TSE. «Coligação do governador eleito Gladson Cameli». Consultado em 11 de abril de 2021 
  19. G1 (3 de agosto de 2018). «PPS define apoio a Renan Filho, do MDB, em Alagoas». Consultado em 11 de abril de 2021 
  20. Cidadania (21 de janeiro de 2020). «Júlio César Filho é pré-candidato do Cidadania na disputa de Maracanaú no Ceará». Consultado em 11 de abril de 2021 
  21. A Gazeta (7 de fevereiro de 2020). «Entenda a disputa entre PSB e Cidadania pela Prefeitura de Vitória». Consultado em 11 de abril de 2021 
  22. Jornal Opção (12 de fevereiro de 2020). «Vice-governador Lincoln Tejota se filia a Cidadania em reunião com lideres do partido». Consultado em 11 de abril de 2021 
  23. Revista Forum (21 de julho de 2019). «Líder do Cidadania (Ex-PPS) sai em defesa de Flávio Dino». Consultado em 11 de abril de 2021 
  24. G1 (31 de janeiro de 2020). «Governador da Paraíba, João Azevêdo, anuncia filiação ao partido Cidadania». Consultado em 11 de abril de 2021 
  25. Folha de Londrina (8 de setembro de 2020). «Cidadania anuncia que ficará neutro nas eleições a prefeitura de Londrina». Consultado em 11 de abril de 2021 
  26. O Globo (25 de setembro de 2020). «Comte Bittencourt será o novo secretário estadual de Educação do Rio». Consultado em 11 de abril de 2021 
  27. Facebook da deputada estadual Any Ortiz (24 de dezembro de 2020). «Secretário de Planejamento sai do partido após voto de deputada Any Ortiz contra projeto do ICMS». Consultado em 11 de abril de 2021 
  28. Roraima1 (10 de março de 2021). «Veja quem são os 15 deputados estaduais que integram bloco de apoio a Denarium». Consultado em 4 de abril de 2021 
  29. ND+ (1 de abril de 2021). «Governo Reinehr descarta lockdown e proibições em SC». Consultado em 4 de abril de 2021 
  30. Estado de Minas (11 de fevereiro de 2020). «Apoio a Zema encolhe na Assembleia». Consultado em 4 de abril de 2021 
  31. Congresso em Foco (25 de março de 2021). «Radar do Congresso». Consultado em 11 de abril de 2021 
  32. Cidadania (4 de fevereiro de 2021). «Diretório Nacional do Cidadania aprova indicativo de impeachment de Bolsonaro». Consultado em 11 de abril de 2021 
  33. «PCB denuncia estelionato político do PPS». Partido Comunista Brasileiro. 12 julho de 2013 
  34. «PMN desiste da fusão com PPS que criaria a Mobilização Democrática». G1. Globo 
  35. «Fusão com PPS deve ser depois das eleições, diz vice-presidente do PSB». Valor Econômico 
  36. Rodrigo Martins (19 de outubro de 2014). «"A ideia é puxar o PSDB para a esquerda", diz presidente do PSB». Carta Capital. Consultado em 20 de Outubro de 2014 
  37. João Domingos, Agência Estado (14 de outubro de 2014). «Com derrota de Marina, PSB e PPS retomam projeto de fusão». Política Livre. Consultado em 20 de Outubro de 2014 
  38. «Partido de Marina planeja fusão ainda este ano e conversa com PV e PPS». O Globo. 15 de outubro de 2018. Consultado em 26 de março de 2019 
  39. «As dificuldades da Rede para se fundir com PPS ou PV | Radar». VEJA.com. Consultado em 26 de março de 2019 
  40. «Marina recusa fusão com PPS e faz nova tentativa para salvar Rede». O Globo. 24 de março de 2019. Consultado em 26 de março de 2019 
  41. «Em meio à crise política, partidos mudam de nome para atrair eleitor». R7. 15 de agosto de 2019 
  42. «Freire diz que Cidadania é oposição ao governo Bolsonaro». Cidadania23. 17 de julho de 2019. Consultado em 21 de agosto de 2019 
  43. «Vida pública», BR, Gazeta do Povo, 20 de janeiro de 2011, cópia arquivada em 17 de abril de 2016 
  44. «Colunistas», BR, Gazeta do Povo 
  45. Íntegra do discurso de Roberto Freire na pré‐candidatura de Serra, R7 
  46. Ciro Gomes diz que é vítima de arbitrariedade e que PPS quer ser linha auxiliar do PSDB, BR: CSPB 
  47. São Paulo, BR: PPS 
  48. Algumas verdades sobre o "Foro de São Paulo", o PT e os tiranetes que enxovalham a esquerda democrática pelo "Blog do PPS/SP" em 20 de outubro de 2014
  49. «Página do Partido, 2015 - MPL: PPS apoia manifestação». Consultado em 24 de maio de 2015. Arquivado do original em 24 de maio de 2015 
  50. PCB 2013 - PPS, Partido da Direita Brasileira
  51. «Cidadania: o velho 'Partidão' ficou liberal». VEJA. Consultado em 20 de janeiro de 2020 
  52. a b EBC (28 de outubro de 2018). «Eleições 2018: Confira lista completa dos candidatos eleitos». Consultado em 11 de abril de 2021 
  53. Congresso em Foco (27 de março de 2006). «PPS se manifesta em favor da candidatura de Freire». Consultado em 11 de abril de 2021 
  54. A Voz da Serra (18 de fevereiro de 2009). «PPS realizará congresso nacional no Rio». Consultado em 11 de abril de 2021 
  55. Valor Econômico (8 de dezembro de 2011). «PPS realiza congresso e busca se distanciar do PSDB». Consultado em 11 de abril de 2021 
  56. Governo de São Paulo (6 de dezembro de 2013). «Agenda do Governador de São Paulo». Consultado em 11 de abril de 2021 
  57. Cidadania Paraná (2 de março de 2018). «Veja a programação do XIX Congresso Nacional do PPS». Consultado em 11 de abril de 2021 
  58. Cidadania (17 de outubro de 2019). «Novo estatuto e programa partidário: Veja a programação do Congresso Extraordinário do Cidadania». Consultado em 11 de abril de 2021 
  59. Cidadania (4 de março de 2021). «Executiva Nacional define comissões e prioridades para congressos e montagens de chapa». Consultado em 11 de abril de 2021 
  60. a b c d e f g h TSE. «Repositório de Dados Eleitorais». Consultado em 30 de março de 2021 
  61. a b G1 (8 de agosto de 2018). «PPS anuncia apoio a Waldez Goés, do PDT, no Amapá». Consultado em 26 de março de 2021 
  62. a b Grande Bahia (18 de junho de 2018). «Eleições 2018 – Bahia: PPS anuncia apoio à José Ronaldo». Consultado em 26 de março de 2021 
  63. «Desde 2000, 623 políticos foram cassados. DEM lidera ranking, diz pesquisa». Extra. 4 de outubro de 2007. Consultado em 15 de dezembro de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]