Cidade Antônio Estêvão de Carvalho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Cidade A. E. Carvalho)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cidade Antônio Estêvão de Carvalho
Vista da Cidade A.E. Carvalho a partir de Itaquera
Bairro de São Paulo Bandeira da cidade de São Paulo.svg
Distrito: Itaquera, Ponte Rasa, Artur Alvim
Subprefeitura: Subprefeitura de Ermelino Matarazzo
Região Administrativa: Leste

Cidade Antônio Estêvão de Carvalho, comumente Cidade A. E. Carvalho, é um bairro do município de São Paulo.

O bairro é conhecido na cidade de São Paulo por abrigar a Faculdade de Tecnologia da Zona Leste (FATEC-ZL), faculdade esta que teve a sua inauguração em 2002. O bairro faz parte de três distritos: Artur Alvim, Ponte Rasa e Itaquera. O bairro é um dos poucos que foram construídos de forma planejada, com ruas largas e praças. Foi planejado e idealizado por Antônio Estêvão de Carvalho, seguindo os mesmos padrões de bairros ricos como os Jardins. Seu nome é uma homenagem a esse empresário proprietário do Banco Evolucionista, que adquiriu uma gleba de terras construindo ali casas populares padrão no final da década de 1950 e início da década de 1960 a região começou a ser habitada.No em meados dos anos 1990 havia uma área de 1 milhão de metros quadrados que pertenciam ao I.P.E.S.P (Instituto de Previdência do Estado de São Paulo), sendo esta destinada a construção de moradias para para funcionários públicos,como aconteceu em algumas pequenas áreas dentro bairro onde foram construídos alguns conjuntos habitacionais ( Alamandas,Araucárias,Esmeraldas e outros)porém pelo abandono e descaso do poder público em relação ao programa de moradias ,essas áreas ociosas foram em parte vendidas por grileiros,e outra parte foi "invadida",tornando áreas de grande problemas sociais. <Universia Brasil - Estudo analisa formação e desenvolvimento da Zona Leste de São Paulo</ref>

Outro local que traz fama ao bairro é o Terminal A. E. Carvalho, que juntamente com a Garagem da Viação Consórcio VIP (ao lado) forma uma importante estrutura de transporte público dentro da Cidade de São Paulo. De acordo com os mapas oficiais da Prefeitura de São Paulo a construção fica em área pertencente ao distrito de Itaquera, mas a proximidade com a Ponte Rasa é muito maior.

Ocupação Residencial[editar | editar código-fonte]

O bairro é formado por casas, em sua maioria de classe média baixa e prédios ao estilo COHAB e CDHU. Infelizmente há muitas favelas, inclusive com habitações em locais de risco e invasões irregulares. A porção leste do bairro, após o entroncamento das avenidas Estrada do Imperador e Águia de Haia, seguindo até a Av. Jacu Pêssego, é composta por muitas favelas ou habitações muito precárias.

Principais vias[editar | editar código-fonte]

  • Av. Águia de Haia
  • Av. do Imperador (delimitadora)
  • Av. Campanella (delimitadora)
  • Av. Ernesto Souza Cruz (Antiga Av. Das Alamandas)
  • Av. Caititu
  • Rua Terra Brasileira
  • Rua Subragi
  • Rua Caxiu
  • Rua Camoengo
  • Rua Goiti
  • Rua irara

Referências

  • Praça dos professores
  • Terminal de onibus
  • Tabacaria hokaah salaam
  • Adega dos galego
Ícone de esboço Este artigo sobre bairros é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.