Cidade Oculta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cidade oculta
 Brasil
1986 •  cor •  120 min 
Direção Chico Botelho
Roteiro Arrigo Barnabé
Chico Botelho
Elenco Arrigo Barnabé
Carla Camurati
Cláudio Mamberti
Celso Saiki
Jayme del Cueto
Chiquinho Brandão
Jô Soares
Itamar Assumpção
Género policial
Música Arrigo Barnabé
(com interpretações de Tetê Espíndola, Vânia Bastos, Ney Matogrosso, Sossega Leão e Patife Band, entre outros)[1]
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

Cidade oculta é um filme brasileiro de 1986 dirigido por Chico Botelho.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Anjo (Arrigo Barnabé), depois de cumprir 7 anos na cadeia, reencontra seu antigo comparsa, agora chefe de uma organização, e se vê às voltas com a estrela do submundo Shirley Sombra (Carla Camurati), além de arrumar inimizade com um policial corrupto (Cláudio Mamberti).

Elenco[editar | editar código-fonte]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Brasil Rio Cine Festival[2]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Faixas[1]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.