Cidade grande

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2014). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Juiz de Fora, na Zona da Mata Mineira, é um exemplo de cidade grande do Brasil.

Cidade grande é um termo comumente usado em urbanismo para designar cidades que abriguem mais de 500 mil habitantes.[1] Acima de 1.000.000 de habitantes é uma metrópole.

Os grandes centros urbanos abrigam empresas e serviços de alto padrão e sofisticação, neles estão presentes universidades, centros de pesquisas, laboratórios, clínicas especializadas, além dos meios de comunicação de massa e revenda de produtos importados. Geralmente, esta categoria de cidade tem influência sobre o seu estado ou uma determinada região¹.

Uma definição mais antiga é a que foi dada pela Conferência Internacional de Estatística de 1887, que definia cidades grandes como sendo aquelas com mais de 100 mil habitantes.

Em Portugal por exemplo, Lisboa é considerada uma cidade grande tendo dentro do seu centro urbano cerca de 600 mil habitantes.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «População das cidades médias cresce mais que no resto do Brasil». IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada). 28 de julho de 2008. Consultado em 2 de agosto de 2008. 
Ícone de esboço Este artigo sobre geografia (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.