Cihangir

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Turquia Cihangir 
  Bairro (semt ou mahallele)  
Vendedor ambulante de morangos numa rua de Cihangir
Vendedor ambulante de morangos numa rua de Cihangir
Localização
Cihangir está localizado em: Istambul
Cihangir
Localização de Cihangir em Istambul
Coordenadas 41° 1' 59" N 28° 59' 7" E
Cidade Istambul
Distrito Beyoğlu
Bairros adjacentes Taksim, Tophane, Fındıklı, Kabataş
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Cihangir

Cihangir é um bairro de Istambul, Turquia, que faz parte do distrito de Beyoğlu, situado no lado europeu do Bósforo, a norte do Corno de Ouro, na encosta entre a Praça Taksim e o bairro costeiro de Kabataş. É uma área com muitas ruas estreitas, um jardim público e muitos cafés. O seu nome deriva das palavras persa "Jahan" e "gir" (جہانگير), que significam "conquistador do mundo".

Em 2012, o jornal britânico The Guardian incluiu Cihangir na lista dos cinco melhores lugares do mundo para se viver, ao lado do Santa Cruz de Tenerife, em Espanha; o distrito de Sankt Pauli, em Hamburgo; a costa norte de Maui, na Hawaii, e Portland, no estado de Oregon (Estados Unidos).[1]

História[editar | editar código-fonte]

Durante o período bizantino provavelmente a área não tinha casas, apesat de existirem edifícios bizantinos no que são hoje os bairros de Tophane e Fındıklı, situados na margem do Bósforo abaixo de Cihangir.

Durante o reinado de Solimão, o Magnífico, Cihangir era um terreno de caça florestado. Era um dos lugares favoritos de Cihangir, um dos filhos de Solimão. Após a morte desse seu filho, o sultão mandou ali erigir uma mesquita de madeira com vista sobre o Bósforo, a qual foi construída pelo arquiteto imperial Mimar Sinan. O nome do bairro provém desta mesquita.

Na segunda metade do século XIX, o constante aumento de imigrantes europeus não otomanos em Istambul fez subir os preços do imobiliário no vizinho bairro de Pera, ao qual estavam supostamente e oficialmente confinados. Apesar disso, alguns europeus compraram terrenos fora de Pera, nomeadamente em Tophane, Fındıklı e Cihangir, o que deu origem ao desenvolvimento urbanístico destas áreas.

A partir da década de 1930, o não muçulmanos residentes em Cihangir e Beyoğlu em geral partiram, por vezes de forma mais ou menos forçada, tendo sido substituídos por muçulmanos de outras partes de Istambul e imigrantes internos vindos principalmente da Anatólia Oriental. Posteriormente, a maior parte da classe média muçulmana também abandonou o bairro. Na década de 1970, Cihangir era conhecido como um bairro onde imigrantes anatólios viviam lado a lado com artistas e intelectuais.

Referências

  1. «Santa Cruz de Tenerife, uno de los cinco mejores sitios del mundo para vivir, según "The Guardian"». ABC.es. Consultado em 25 May 2015  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)

Notas e fontes[editar | editar código-fonte]

  • Texto inicialmente baseado na tradução do artigo «Cihangir» na Wikipédia em inglês (acessado nesta versão).
  • Eroğlu, Haldun; Hürel, Haldun (2008). Semtleri, mahalleleri, caddeleri ve sokaklarıyla A'dan Z'ye İstanbul'un alfabetik öyküsü (em turco). [S.l.]: İkarus. 352 páginas. ISBN 9789759992903 
  • Kleiss., Wolfram (1965). Topographisch-archäologischer Plan von Istanbul: Verzeichnis der Denkmäler und Fundorte (em alemão). [S.l.]: Verlag Ernst Wasmuth 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Ayaspaşa ve Cihangir (em turco). Fotos de Cihangir em wowTurkey.com. Página visitada em 12 de agosto de 2011