Cila (filha de Niso)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura a ninfa, veja Cila.
Cila
Princesa
Pais Niso
Irmão(s) Ifinoé

Cila (em grego antigo: Σκύλλα, transl. Skylla), na mitologia grega, foi uma [princesa, filha de Niso, rei de Mégara.[1] [2] [3] [4] Virgílio menciona a filha de Niso como sendo idêntica à mulher que tem monstros saindo dos quadris.[5]

Niso era filho de Marte ou de Deion[6] ou filho do rei ateniense Pandião II com Pylia, filha de Pylas.[7] Um oráculo havia dito que Niso não morreria enquanto conservasse tiras de cabelo púrpura (vermelho vivo), escondidas em seu cabelo.[8] [6]

Niso era casado com Abrota, filha de Onchestus e irmã de Megareu, [9] mas os textos antigos não dizem se Abrota era mãe de Cila. Uma irmã de Cila era Ifinoé, filha de Niso, que se casou com Megareu.[10]

Quando Minos, rei de Creta, atacou Mégara,[8] [6] durante sua guerra contra Atenas pelo assassinato de Androgeu,[11] Cila apaixonou-se pelo rei estrangeiro,[8] [6] por instigação de Vênus.[6] Para garantir a vitória de Minos, Cila cortou as madeixas púrpuras de Niso.[12] [8] [6] Depois de derrotar Niso e tomar Mégara, Minos, pensando que uma pessoa que trai o próprio pai não teria piedade de mais ninguém[12] e dizendo que Creta não poderia receber este tipo de criminoso,[6] amarrou-a à proa de seu navio, matando a princesa por afogamento.[12] [8] Os deuses, apiedados dela, transformaram-na poupa, uma ave.[12]

Segundo Higino, Cila se jogou na água para evitar a perseguição, e Niso, a perseguindo, foi transformado em um peixe.[6]

Referências

  1. Dicionário da Mitologia Grego e Romana, Pierre Grimal, ed. Bertrand Brasil
  2. Theoi Greek Mythology: Bestiary (em inglês)
  3. Dicionário da Mitologia Grego e Romana, Pierre Grimal, ed. Bertrand Brasil
  4. Theoi Greek Mythology: Bestiary (em inglês)
  5. Virgílio, Écloga VI, 74-81
  6. a b c d e f g h Higino, Fabulae, CXLVIII, Niso
  7. Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, 3.15.5
  8. a b c d e Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, 3.15.8
  9. Plutarco, Quaestiones Graecae, Pergunta 16, O que é chamado pelos habitantes de Mégara de aphabroma?
  10. Pausânias (geógrafo), Descrição da Grécia, 1.39.6
  11. Pseudo-Apolodoro, Biblioteca, 3.15.7
  12. a b c d Partênio de Niceia, Metamorfoses, Fragmento 20