Cimeira de Reiquiavique

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Höfði, sede do encontro

A cimeira de Reiquiavique, encontro de cúpula de Reykjavík, ou simplesmente conferência de Reykjavík, foi um encontro de trabalho entre o presidente estado-unidense Ronald Reagan e o premier soviético Mikhail Gorbachev, realizado na famosa casa de Höfði, em Reykjavík, a capital da Islândia, em 11-12 de outubro de 1986. As negociações falharam no último minuto, mas o progresso alcançado até então eventualmente resultou no Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário de 1987, entre os EUA e a União Soviética.

As negociações falharam por causa da insistência de Gorbachev em incluir a Iniciativa Estratégica de Defesa (Strategic Defense Initiative, SDI) dos EUA em todo e qualquer acordo sobre a eliminação de mísseis nucleares de alcance intermediário da Europa, a redução das armas nucleares táticas da OTAN e a redução das forças convencionais do Pacto de Varsóvia, e por causa da recusa de Reagan e da delegação estado-unidense em negociar sobre a pesquisa SDI. O encontro foi prorrogado sem acordo algum. No entanto, participantes e observadores referem-se ao encontro como um enorme avanço, que eventualmente facilitou o Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário, assinado em Washington em 8 de dezembro de 1987.

Ícone de esboço Este artigo sobre relações internacionais, diplomacia ou sobre um diplomata é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.