Cinco Noites, Cinco Filmes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cinco Noites, Cinco Filmes
5 Noites, 5 Filmes
Informação geral
Formato Programa de variedades
Duração Variável
País de origem Portugal Portugal
Idioma original Português
Produção
Tema de abertura Instrumental
Exibição
Emissora de televisão original Portugal RTP2
Formato de exibição 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Transmissão original 1996 - presente
Cronologia
Programas relacionados Noite de Cinema, Já Vi Este Filme

Cinco Noites, Cinco Filmes, ou 5 Noites, 5 Filmes, foi uma rubrica televisiva portuguesa da RTP2, que agrupava num ciclo temático, de segunda a sexta-feira, sessões diárias de filmes sob um determinado tópico (assunto, estilo, realizador, actor, etc.).

Vários dos seus ciclos, como o que assinalou os 75 anos da primeira emissão de rádio pública em Portugal, receberam a divulgação e análise por parte dos mais variados meios de comunicação.

História[editar | editar código-fonte]

Com exibições a recuarem a 1997[1] a rubrica dedicada a ciclos temáticos de cinema foi retirada da programação da RTP2 várias vezes, por exemplo, durante parte do período em que Maria Elisa dirigiu a televisão estatal, regressando em 2001 num horário a partir da meia-noite.[2]

Em 2002, a rubrica foi a escolhida pela RTP para participar no primeiro "CinEd@ays", iniciativa da Comissão Europeia para promover o cinema europeu. A programação na televisão estatal estava sobre a responsabilidade de António José Martins, do departamento de cinema da televisão pública.[3]

Em 2009, Cinco Noites, Cinco Filmes já não era emitida na RTP.[4]

"Regresso" 2012[editar | editar código-fonte]

A rubrica funcionou como substituição do programa 5 Para a Meia-Noite, nas pausas entre temporadas do talk show e, após a transferência deste para a RTP1, foi esperada a sua recuperação regular da Cinco Noites, Cinco Filmes para o espaço.[5]

Após uma petição pelo regresso da exibição regular de cinema à RTP2, entregue na Assembleia da República Portuguesa em 2011, a RTP anunciou agora a reposição temporária da rubrica Cinco Noites, Cinco Filmes, na altura da Páscoa, com dois ciclos com os temas adolescência e política.[6]

Em 2013, o diretor geral de conteúdos da RTP, António Luís Marinho, anunciou a manutenção da rubrica 5 noites, 5 filmes, considerando-a "parte da história do canal".[7]

Ciclos[editar | editar código-fonte]

Os filmes que foram apresentados no Cinco Noites, Cinco Filmes, entre estreias em televisão e repetições, foram dos mais variados tipos e períodos e dos mais diferentes níveis de sucesso, como se pode presumir dos seguintes exemplos:

Ciclo "Irmãos Marx"[1]
Dia de exibição Titulo do filme Ano Realizador Países
30 de Dezembro de 1996 Os Marx no Far-West (Go West) (1940) Edward Buzzell (Estados Unidos)
31 de Dezembro de 1996 Casa de Doidos (The Big Store) (1941) Charles Reisner (Estados Unidos)
1 de Janeiro de 1997 Uma Noite na Ópera (A Night at the Opera) (1935) Sam Wood (Estados Unidos)
2 de Janeiro de 1997 Um Dia nas Corridas (A Day at the Races) (1937) Sam Wood (Estados Unidos)
3 de Janeiro de 1997 Um Dia no Circo (At the Circus) (1939) Edward Buzzell (Estados Unidos)
Ciclo "Ingmar Bergman"[8]
Dia de exibição Titulo do filme Ano Realizador País
21 de Janeiro de 2002 Sonata de Outono (Höstsonaten) (1978) Ingmar Bergman (Suécia Alemanha França)
22 de Janeiro de 2002 Na Presença do Palhaço (Larmar och gör sig till) (1997) (Suécia Dinamarca Noruega Itália | Alemanha)
23 de Janeiro de 2002 Morangos Silvestres (Smultronstället) (1957) (Suécia)
24 de Janeiro de 2002 A Fonte da Virgem (Jungfrukällan) (1959) (Suécia)
25 de Janeiro de 2002 Lágrimas e Suspiros (Viskningar och rop) (1972) (Suécia)
Ciclo "Rádio"[9]
Dia de exibição Titulo do filme Ano Realizador País
2 de Agosto de 2010 Os Dias da Rádio (Radio Days) (1987) Woody Allen (Estados Unidos)
3 de Agosto de 2010 A Menina da Rádio (1944) Artur Duarte (Portugal)
4 de Agosto de 2010 A Praire Home Companion - Bastidores da Rádio (2006) Robert Altman (Estados Unidos)
5 de Agosto de 2010 Volume no Máximo (Pump Up the Volume) (1990) Allan Moyle (Estados Unidos)
6 de Agosto de 2010 Bom Dia, Vietname (Good Morning, Vietnam) (1987) Barry Levinson (Estados Unidos)
Ciclo "Cinema português"[10]
Dia de exibição Titulo do filme Ano Realizador Países
24 de junho de 2013 O Fio do Horizonte (1993) Fernando Lopes (PortugalFrança)
25 de junho de 2013 Aqui na Terra (1993) João Botelho (Portugal)
26 de junho de 2013 Rosa Negra (Estreia TV) (1993) Margarida Gil (Portugal)
27 de junho de 2013 Pandora - Setembro ou uma Ternura Confusa (1995) António da Cunha Telles (Portugal)
28 de junho de 2013 Assim Assim (2012) Sérgio Graciano (Portugal)

Referências

  1. a b Vasco Martins (1 de Janeiro de 1997). «O cinema em casa». Voz Portucalense. Consultado em 27 de outubro de 2017. Arquivado do original em 22 de outubro de 1997 
  2. «RTP2 Faz alterações na grelha». Público. 1 de Novembro de 2001. Consultado em 27 de outubro de 2017. Arquivado do original em 5 de novembro de 2001 
  3. Lucinda Canelas; Maria José Oliveira (12 de novembro de 2002). «Cine Cartaz : Primeiro Ciclo de Cinema Europeu Combate Domínio Americano ; CinEd@ys em Português». Público. Consultado em 27 de outubro de 2017. Arquivado do original em 21 de novembro de 2002 
  4. Isabel Teixeira da Mota (15 de novembro de 2010). «Petição por mais cinema na RTP». Jornal de Notícias. Consultado em 27 de outubro de 2017 
  5. Raquel Santos Silva (25 de março de 2012). «Cinema de volta à RTP2». Espalha Factos. Consultado em 27 de outubro de 2017 
  6. Raquel Santos Silva (4 de abril de 2012). «Nova investida por mais cinema na RTP2». Espalha Factos. Consultado em 27 de outubro de 2017 
  7. «RTP aposta em novo conceito que junta rádio, televisão e Internet». Jornal de Notícias. 14 de fevereiro de 2013. Consultado em 27 de outubro de 2017 
  8. Tânia Sarmento (21 de Janeiro de 2002). «Hip-Hop: Bergman segundo Bergman». Diário Económico. Consultado em 27 de outubro de 2017. Arquivado do original em 4 de fevereiro de 2002 
  9. «Transmissão de cinco filmes assinala 75º aniversário». Destak. 1 de agosto de 2010. Consultado em 27 de outubro de 2017 
  10. ««Cinco Noites, Cinco Filmes» regressa ao cinema português». Sapo Mag. 24 de junho de 2013. Consultado em 27 de outubro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]