Cinta peniana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Exemplo de cinta peniana.

Cinta peniana ou strap-on é um dildo desenvolvido para ser amarrado ao quadril, na ausência de um pénis, para que possa penetrar outra pessoa com a cintura.[1] As cintas e os dildos são feitos em uma ampla variedade de estilos e com diversos recursos visando facilitar a estimulação de quem o usa.

Geralmente também possui uma saliência que penetra na vagina ou massageia o clitóris de quem penetra para que também tenha estimulação sexual no acto. A cinta peniana pode ser usada para uma variedade de atividades sexuais, incluindo sexo vaginal, anal ou oral, ou masturbação.

O seu uso mais comum é no sexo entre mulheres, mas também é utilizado, por exemplo, na prática chamada pegging, onde um homem possuí o papel passivo e a mulher o ativo sobre esse.

Lubrificantes podem ser usados para facilitar a penetração, tendo em conta a falta de lubrificação natural para o falo. O strap-on pode ser usado por pessoas de qualquer sexo ou gênero e orientação sexual.

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Strap-on dildo

Referências

  1. Morin, Jack (1998). "What is Anal Intercourse". Anal Pleasure & Health: A Guide for Men and Women (3rd ed.). San Francisco, California: Down There Press. p. 151. ISBN 0-940208-20-2.
Ícone de esboço Este artigo sobre sexo ou sexualidade é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.