Cinzento e Negro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cinzento e Negro
 Portugal
 Brasil

2015 •  cor •  95 min 
Realização Luís Filipe Rocha
Produção João Fonseca
Luís Galvão Teles
Argumento Luís Filipe Rocha
Género Drama
Música Mário Laginha
Direção de arte Isabel Branco
Cinematografia André Szankowski
Edição Antonio Pérez Reina
Companhia(s) produtora(s) Fado Filmes
Luz Mágica Produções
Distribuição Fado Filmes
Lançamento Canadá 5 de setembro de 2015 (FFM)
Brasil 27 de outubro 2015 (Mostra)
Portugal 19 de maio de 2016
Idioma Português
Orçamento US$ 150 mil[1]
Receita 7 453,80 [2]
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Cinzento e Negro é um filme luso-brasileiro do género drama, realizado e escrito por Luís Filipe Rocha e protagonizado por Joana Bárcia, Filipe Duarte, Miguel Borges, Mónica Calle, Manuel de Blas e Camila Amado. Teve sua estreia mundial no Festival Internacional de Cinema de Montreal a 5 de setembro de 2015, sendo exibido também na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo a 27 de outubro do mesmo ano.[3] Estreou-se em Portugal a 19 de maio de 2016.[4] O filme foi exibido no Canal Brasil a 1 de novembro de 2016.[5]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Reconhecimentos[editar | editar código-fonte]

Ano Prémios Categorias Destinatários e nomeados Resultado Referências
2015 Festival Internacional de Cinema de Montreal Grande Prémio das Américas Luís Filipe Rocha Nomeado [6]
Festival Internacional de Cinema da Figueira da Foz Melhor longa-metragem Cinzento e Negro Venceu [7]
Melhor realizador Luís Filipe Rocha Venceu
Melhor argumento Luís Filipe Rocha Venceu
Melhor atriz principal Joana Bárcia Venceu
Melhor fotografia André Szankoski Venceu
Caminhos do Cinema Português Melhor ator Filipe Duarte Venceu [8][9][10]
Melhor banda sonora original Mário Laginha Venceu
Prémio do Público Chama Amarela Cinzento e Negro Venceu
2016 3.º Prémios Áquila Melhor filme Cinzento e Negro Indicado [11][12]
Melhor realizador Luís Filipe Rocha Venceu
Melhor ator principal Filipe Duarte Venceu
Melhor atriz principal Joana Bárcia Indicado
Melhor ator secundário Miguel Borges Indicado
Melhor atriz secundária Mónica Calle Indicado
Melhor argumento Luís Filipe Rocha Indicado

Referências

  1. Paulo Virgilio da Agência Brasil (5 de agosto de 2014). Davi Oliveira, ed. «Ancine divulga vencedores do edital de coprodução Brasil-Portugal». Rio de Janeiro: Empresa Brasil de Comunicação 
  2. «Ranking dos filmes nacionais estreados - 2016» (PDF). Instituto do Cinema e Audiovisual. Consultado em 15 de dezembro de 2016 
  3. «"Cinzento e Negro" de Luís Filipe Rocha marca presença na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo». Cardápio. 22 de outubro de 2015 
  4. Barroca, Beatriz (10 de abril de 2016). «Cinzento e Negro, nas salas de cinema dia 19 de maio». Magazine.HD 
  5. «Cinzento e Negro será exibido em novembro». Canal Brasil. 13 de outubro de 2016 
  6. Resende, Tiago (10 de setembro de 2015). «"Fou d'Amour", uma produção de Paulo Branco, é premiada em Montréal». Cinema Sétima Arte 
  7. «"Cinzento e Negro" vence festival de cinema da Figueira». Bom Dia Europa. 13 de setembro de 2015 
  8. Oliveira, Fernando (4 de dezembro de 2015). «Palmarés dos XXI Caminhos do Cinema Português». Caminhos do Cinema Português 
  9. Lusa (4 de dezembro de 2015). «"Irmãos", de Pedro Magano, vence o Grande Prémio do festival Caminhos do Cinema». Rádio e Televisão de Portugal 
  10. Braga, Zita Ferreira (7 de dezembro de 2015). «"Cinzento e Negro"de Luis Filipe Rocha premiado no Festival Caminhos do Cinema Português». Hardmusica 
  11. Lusa (11 de dezembro de 2016). «Filme "Cinzento e Negro" nomeado para todas as categorias dos Prémios Áquila de Cinema». Rádio e Televisão de Portugal 
  12. «Áquila 2016. "Cartas da Guerra" e "Cinzento e Negro" conquistam prémios». Rádio Renascença. 11 de dezembro de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]