Circuito Internacional da Coreia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Circuito Internacional da Coreia
Mapa do circuito.
Informação geral
Localização Yeongam, Jeolla do Sul, Coreia do Sul
Fuso horário UTC+9
Coordenadas 34° 43' 58" N 126° 23' 32" E
Capacidade 135 000
Licença FIA Grau 1
Proprietário 88 bilhões
Inauguração 2 de setembro de 2009
Abertura 11 de outubro de 2010
Eventos principais Fórmula 1
GP da Coreia do Sul
(2010–2013)

TCR Asia Series
(2016, 2018)

GT World Challenge Asia
(2019)

Circuito Grand Prix
Superfície Asfalto
Comprimento do circuito 5,615 km (3,489 mi)
Curvas 18
Volta mais rápida 1:39.605 (Sebastian Vettel, Red Bull Racing-Renault, 2011, Fórmula 1)
Circuito National
Superfície Asfalto
Comprimento do circuito 3,045 km (1,892 mi)
Curvas 11
Circuito Grand Prix curto
Superfície Asfalto
Comprimento do circuito 3,312 km (2,057 mi)
Curvas 13

O Circuito Internacional da Coreia, ou Korean International Circuit, é um circuito de corridas de 5.45 km (3,39 milhas) localizado em Yeongam (400 quilómetros a sul de Seul), e teve um custo de $264 milhões financiados pela província de Jeolla do Sul e pelo promotor da F1 na Coreia do Sul M-Bridge Holdings.

O designer alemão Hermann Tilke teve a responsabilidade de desenhar a pista. Esta tem uma parte permanente e uma parte temporária. A parte temporária está ao longo do lado do porto da província onde os espectadores da avenida, hotéis e iates podem ver a corrida. O primeiro Grande Prémio de Fórmula 1 foi realizado em 2010. O acordo é para 7 anos, com 5 anos de opção depois de cumprido o primeiro acordo, o que fará com que o Grande Prémio permaneça na Fórmula 1 pelo menos até 2021; entretanto, o Grande Prêmio não ocorreu no ano de 2014, pois foi retirado do calendário. Em 2015, estava previsto que o GP voltaria ao calendário, desta vez ocorrendo em maio, não em outubro. Todavia, o circuito foi retirado do calendário e nenhuma outra categoria relevante no automobilismo usou o circuito desde então.

Ganhadores do GP da Coreia do Sul[editar | editar código-fonte]

Por ano[editar | editar código-fonte]

Ano Piloto Construtor Resumo
2013 Alemanha Sebastian Vettel Red Bull Racing-Renault Detalhes
2012 Detalhes
2011 Detalhes
2010 Espanha Fernando Alonso Ferrari Detalhes

Por pilotos que mais venceram[editar | editar código-fonte]

Vitórias Pilotos Edições
3 Alemanha Sebastian Vettel 2011, 2012, 2013
1 Espanha Fernando Alonso 2010


Por equipes que mais venceram[editar | editar código-fonte]

Vitórias Construtor Edições
3 Áustria Red Bull 2011, 2012, 2013
1 Itália Ferrari 2010


Por país[editar | editar código-fonte]

Vitórias País Edições
3  Alemanha 2011, 2012, 2013
1 Flag of Spain.svg Espanha 2010

Referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Fórmula 1 é um esboço relacionado ao projeto sobre Fórmula 1. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.