Circuito linear

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Um circuito linear é um circuito eletrônico no qual, para uma tensão de entrada sinusoidal de freqüência f, qualquer saída de estado estável do circuito (a corrente através de qualquer componente ou a tensão entre quaisquer dois pontos) também é sinusoidal com a freqüência f. Observe que a saída não precisa estar em fase com a entrada.[1] No princípio da superposição, se um circuito é linear, então as fontes de tensão V1, V2, ..., Vn ocasionarão, respectivamente, uma tensão VR1, VR2, ..., VRn no resistor R1 e a tensão total sobre o resistor será a soma destas tensões (ou seja, VR1 +VR2+...+VRn)[2].

Referências

  1. Zumbahlen, Hank (2008). Linear circuit design handbook. [S.l.]: Newnes. ISBN 0-7506-8703-7 
  2. Teoremas de Circuitos Elétricos 6.2 Teorema da Superposição por Thelma Solange Piazza Fernandes (2007)
Ícone de esboço Este artigo sobre eletrônica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.