Ciriaco Sancha y Hervás

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Beato Ciriaco María Sancha y Hervás
Cardeal da Igreja Católica
Arcebispo de Toledo
Patriarca das Índias Ocidentais
Atividade Eclesiástica
Diocese Arquidiocese de Toledo
Nomeação 14 de novembro de 1892
Predecessor Dom Antolín Cardeal Monescillo y Viso
Sucessor Dom Gregório Maria Cardeal Aguirre y García, O.F.M.
Mandato 1892 - 1909
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 27 de junho de 1858
por Dom Vicente Horcos y San Martín, O.S.B.
Nomeação episcopal 28 de janeiro de 1876
Ordenação episcopal 12 de março de 1876
por Dom Juan de la Cruz Ignacio Cardeal Moreno y Maisanove
Nomeado arcebispo 14 de novembro de 1892
Nomeado Patriarca 14 de novembro de 1892
Cardinalato
Criação 18 de maio de 1894
por Papa Leão XIII
Ordem Cardeal-presbítero
Título São Pedro em Montorio
Brasão
Escudo de Ciriaco Sancha y Hervás.svg
Santificação
Beatificação 18 de outubro de 2009
Catedral de Toledo
por Papa Bento XVI
Veneração por Igreja Católica
Festa litúrgica 26 de fevereiro
Dados pessoais
Nascimento Quintana del Pidio
18 de junho de 1833
Morte Toledo
25 de fevereiro de 1909 (75 anos)
Nacionalidade espanhol
Funções exercidas - Bispo de Ávila (1882-1886)
- Bispo de Madrid-Alcalá (1886-1892)
- Arcebispo de Valência (1892-1898)
Sepultado Catedral de Toledo
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Beato Ciriaco María Sancha y Hervás (Quintana del Pidio, 18 de junho de 1833 - Toledo, 25 de fevereiro de 1909), foi um religioso espanhol, cardeal e teólogo da Igreja Católica.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu no seio de uma família humilde. Ingressou no seminário de Osma em 1852. Ordenou-se sacerdote em fevereiro de 1858. Completou seus estudos na Universidade de Salamanca. Quatro anos depois foi à Cuba, com secretário do arcebispo Primo Calvo y Lope, que havia sido nomeado arcebispo de Santiago de Cuba.

Com idosos desprotegidos e crianças abandonadas, levou a cabo um trabalho assistencial e de cuidado à essas pessoas. Por isso, ficou conhecido como "pai dos pobres". Em 1869 compriu o sonho de fundar uma congregação de religiosas para o cuidado de órfãos inválidos e desamparados: a Congregação de Irmãs da Caridade do Cardeal Sancha.

Segue-se a seguir os cargos eclesiásticos que ocupou:

Foi criado cardeal em 18 de maio de 1894 pelo Papa Leão XIII, recebendo o barrete cardinalício e o título de cardeal-padre de São Pedro em Montorio em 2 de dezembro de 1895.

Falecimento[editar | editar código-fonte]

Faleceu em Toledo, em 25 de fevereiro de 1909, sendo enterrado na catedral da cidade três dias depois. Em sua tumba de bronze, há a seguinte frase: "Viveu pobre e pobríssimo morreu".

Em 2006, foi declarado Servo de Deus pelo Papa Bento XVI. Em 18 de outubro de 2009, foi declarado beato na Catedral de Toledo, tendo sua festa litúrgica em 25 de fevereiro.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]