City Slickers

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
City Slickers
A Vida, o Amor... e as Vacas (PT)
Amigos, Sempre Amigos (BR)
Pôster promocional
 Estados Unidos
1991 •  cor •  112 min 
Direção Ron Underwood
Produção Irby Smith
Produção executiva Billy Crystal
Roteiro Lowell Ganz
Babaloo Mandel
Elenco Billy Crystal
Bruno Kirby
Daniel Stern
Patricia Wettig
Helen Slater
Jack Palance
Gênero Comédia dramática
Faroeste
Música Marc Shaiman
Cinematografia Dean Semler
Edição O. Nicholas Brown
Companhia(s) produtora(s) Castle Rock Entertainment
Nelson Entertainment
Distribuição Columbia Pictures
Lançamento Estados Unidos 7 de junho de 1991
Brasil 4 de outubro de 1991
Portugal 13 de dezembro de 1991
Idioma Inglês
Orçamento US$26 milhões[1]
Receita US$179,033,791[2]
Cronologia
City Slickers II: The Legend of Curly's Gold
Página no IMDb (em inglês)

City Slickers (br: Amigos, Sempre Amigos; pt: A Vida, o Amor... e as Vacas) é um filme de faroeste estadunidense de 1991, uma comédia dramática dirigida por Ron Underwood, e estrelado por Billy Crystal, Daniel Stern, Bruno Kirby e Jack Palance, com papéis secundários por Patricia Wettig, Helen Slater e Noble Willingham. O filme ficou na 73ª posição dos "100 filmes mais engraçados" do canal de televisão americano Bravo, e na 86ª posição da lista AFI's 100 Anos... 100 Risos, do American Film Institute.

O roteiro do filme foi escrito por Lowell Ganz e Babaloo Mandel, e o filme foi filmado em Nova Iorque, Novo México, Durango, Colorado; e em Espanha. O sucesso do filme teve uma sequência, City Slickers II: The Legend of Curly's Gold, que foi lançado em 1994.

A trama do filme, que fala de cowboys inexperientes que têm de combater vilões enquanto conduzem seu rebanho após a morte de seu líder, é semelhante ao filme The Cowboys, de John Wayne.[3] Apesar de que era um drama de faroeste, em oposição a uma comédia.[4]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Recepção[editar | editar código-fonte]

O filme recebeu críticas positivas, com uma pontuação "Fresh" de 90% no Rotten Tomatoes.[5] Jack Palance, por seu papel como Curly, ganhou o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante, a única indicação ao Oscar que o filme recebeu. Seu discurso de aceitação do prêmio é mais lembrado por sua demonstração de flexões com um braço, que ele alegou que os agentes de seguros do estúdio estavam convencidos de que ele era saudável o suficiente para trabalhar no filme. Billy Crystal estava apresentando o Oscar naquela noite, e usou o incidente humorístico para várias piadas mais tarde que à noite. Oscar do próximo ano abriu com Palance aparecendo arrastando um prêmio gigante da Academia, com Crystal (mais uma vez o anfitrião) andando na extremidade oposta.

Palance e Crystal ambos foram nomeados para Globos de Ouro por suas atuações, em categorias distintas, embora apenas Palance ganhou.

Produção[editar | editar código-fonte]

Em seu livro de memórias 2013, Still Foolin' Em, Billy Crystal escreve sobre como o elenco de City Slickers came about. Palance, diz ele, foi a primeira escolha desde o início, mas tinha um compromisso de fazer outro filme. Cristal escreve que entrou em contato com Charles Bronson sobre o papel, apenas para ser rudemente rejeitado porque o personagem morre. Palance saiu de sua outra obrigação para se juntar ao elenco. Rick Moranis, no entanto, lançou originalmente como Phil, teve que deixar a produção devido a doença de sua esposa. Daniel Stern era uma substituição tardia no papel.

Na noite Palance ganhou o Oscar, de acordo com a Cristal, o ator de 73 anos colocou o Oscar no ombro do comediante e disse: "Billy Crystal... eu pensei que seria você?" Cristal adicionou em seu livro: "Tivemos uma taça de champanhe juntos, e eu só podia imaginar o que Charles Bronson estava pensando quando ele foi dormir naquela noite".

Prêmios e honrarias[editar | editar código-fonte]

American Film Institute reconhecimento

  • AFI's 100 Anos... 100 Risos #86
  • AFI's 100 Anos...100 Citações em Filmes:
    • "Mitch Robbins: Oi, Curly, matar alguém hoje Curly: Dia ainda não acabou." - Nomeação[6]

Na cultura popular[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. DVD & film details giving "an estimated budget of $26 million". Tower.com. Retrieved 10 July 2008.
  2. «City Slicker (1991)». Box Office Mojo. Consultado em 2 de maio de 2010 
  3. The Cowboys - Similar Movies. MovieFone. Acessado em 25-1-2010.
  4. The Cowboys - Similar Movies at MovieFone. Retrieved 25 January 2010.
  5. City Slickers at Rotten Tomatoes and was also a box office success. Retrieved 10 July 2008.
  6. AFI's 100 Years...100 Movie Quotes Nominees

Ligações externas[editar | editar código-fonte]