Ciudad del Este

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: "Cidade do Leste" redireciona para este artigo. Para o bairro localizado em Manaus, veja Cidade do Leste (Manaus).
Ciudad del Este
Bandeira Brasão
Lema: '"Ut fructum plurimum afferatis"
(em latim "Para dar muito fruto")
Shopping Del Este (Ciudad Del Este), Paraguay.jpg
Departamento Alto Paraná
Fundação 3 de fevereiro de 1957
Website mcde.gov.py/
Demografia
População
 - Pop. distrito
 - Pop. metropolitana

304.282 hab.
591.125 hab.
Densidade 2925,79 hab./km² hab/km²
Gentílico Estenho/a
Geografia
Área 104 km² km²
Altitude 185 metros
Fuso horário UTC-4
UTC-3 (DST
Localização
Ciudad del Este está localizado em: Paraguai
Ciudad del Este
Localização de Ciudad del Este no Paraguai
25° 31' S 54° 37' O
Cidade do Paraguai Paraguai

Ciudad del Este (em português "Cidade do Leste") é uma cidade e distrito do Paraguai, situada no extremo leste do país às margens do rio Paraná. É a capital do departamento do Alto Paraná e está localizada a 327 km da capital do país - Assunção -, interligada pela Rota 2. Também está conectada ao Brasil através da Ponte Internacional da Amizade, no rio Paraná. É a maior cidade dentro do que é chamado de "Tríplice Fronteira", que faz fronteira com Foz do Iguaçu, Brasil e com Puerto Iguazú, Argentina, com aqueles que compõem um grande conglomerado urbano de quase um milhão de habitantes. Nas proximidades de Ciudad del Este, encontra-se a Usina de Itaipu, uma das maiores usinas hidrelétricas do mundo; e as Cataratas do Iguaçu, uma das maravilhas do mundo natural, entre outras atrações turísticas.

Devido a sua população e seu desenvolvimento econômico, é a segunda cidade mais importante do Paraguai, atrás da Gran Asunción. De acordo com as projeções do DGEEC, há 300.255 habitantes e sua área metropolitana, com cerca de meio milhão de habitantes, se for falada apenas dentro do departamento. A cidade tem uma população significativa de imigrantes libaneses e taiwaneses.

Ciudad del Este é caracterizada por ser uma cidade comercial e ultimamente industrial, sendo principalmente conhecida por ser uma das maiores zonas de livre comércio do mundo. É a principal cidade do turismo de compras - mais importante do país e da região. Diariamente, muitos turistas de todo o mundo, especialmente brasileiros e argentinos, atravessam a Ponte da Amizade, na fronteira, para comprar em Ciudad del Este.

O Aeroporto Internacional Guaraní, o segundo aeroporto mais importante do país, localizado na cidade vizinha de Minga Guazú, atende a Ciudad del Este. Além disso, a cidade é a casa do Club Atlético 3 de Febrero, contando com o Estádio Antonio Aranda, que foi utilizado para a Copa América de 1999 e é o terceiro maior estádio do futebol paraguaio.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

A cidade foi fundada sob o nome de "Puerto Flor de Lis". Pouco depois da fundação, o nome foi modificado para "Puerto Presidente Stroessner", em homenagem ao Presidente do Paraguai, Alfredo Stroessner. Após o golpe de estado que depôs o ditador em 3 de fevereiro de 1989, o comando revolucionário utilizou o nome Ciudad del Este. Nos dias posteriores, através de plebiscito, os cidadãos elegeram e confirmaram o nome de Ciudad del Este.[1]

A maioria das cidades paraguaias anteriores ao século XX tem seus nomes originados de fortes da época colonial ou de missões jesuítas, esse último quase sempre em alusão a uma entidade religiosa. Por ter sido fundada já nos anos 50, o nome dessa cidade vai em contrapartida. O termo "Ciudad del Este" se deve à condição de ser a cidade mais oriental do Paraguai (na época de sua fundação).[1]

História[editar | editar código-fonte]

Fundação[editar | editar código-fonte]

Após a queda do presidente argentino Juan Domingo Perón (um aliado), na década de 50, o governo paraguaio tomou a decisão de promover a chamada "Marcha para o Leste", buscando chegar ao Oceano Atlântico através do Brasil. O problema principal era que a saída através do Rio da Prata tinha um frete excessivamente caro, que fez com os produtos exportassem pouco ou não fossem competitivos, além de exageradamente caros se comprados do exterior.

A continuação da rota para a margem do Rio Paraná foi de grande importância. À frente das obras, foi nomeado o então capitão Porfirio Pereira Ruiz Díaz, encarregado dos contingentes de várias unidades militares para realizar a tarefa de construir cerca de 200 quilômetros de estrada a partir de Coronel Oviedo. O traçado da rota já havia sido feito, de modo que o trabalho consistia basicamente em ganhar as subidas das montanhas, em condições muito adversas. Era comum aqueles que participavam da construção adoecessem, além de enfrentarem animais selvagens e terem que lidar com chuvas pesadas e frequentes.

O final da estrada seria o local da fundação de uma cidade. Em 1955, a Comissão Mista Paraguaia-Brasileira foi criada para impulsionar a estrada para o leste. E em 1956, foi realizado um voo de reconhecimento no Alto Paraná, para definir o local de fundação da nova cidade. Assim, a cidade foi fundada por decreto em 3 de fevereiro de 1957, sob o nome de "Puerto Flor de Lis".[2]

Ponte da Amizade recém inaugurada

Construção de Itaipu e Acaray[editar | editar código-fonte]

Devido sua proximidade da fronteira com o Brasil e com a Argentina, sendo respectivamente com os municípios de Foz do Iguaçu e Puerto Iguazu, o crescimento da cidade foi rápido. Nessa época houve um grande aumento populacional, com uma intensa imigração de colonos advindos do Brasil.[3]

A maior alavancada de crescimento econômico, demográfico e político se deu entre os anos 60 e 70 com a construção da Ponte Internacional da Amizade, da Barragem Acaray e da Usina Hidrelétrica de Itaipú, a época a maior do mundo. Nessa época se tornou uma das cidades mais cosmopolitas do mundo; passou possuir imigrantes de diferentes nacionalidades, sendo em maior número os chineses, árabes, indianos e coreanos. Também nessa época se tornou a segunda cidade mais desenvolvida e povoada do país.[4][5]

Símbolos[editar | editar código-fonte]

Bandeira da cidade
Brasão (escudo) da cidade

A bandeira utiliza um fundo branco com o brasão no centro. As cores predominantes são o vermelho e branco.

O brasão (ou escudo), é muito detalhado. Há um escudo vermelho, sendo que em seu centro há um pergaminho que exibe quatro itens: a figura do sol nascente, cuja a gama de cores é vermelha e amarela; a Ponte da Amizade, representada em perspectiva; uma flor de lis; e por fim a imagem do santo padroeiro da cidade, São Brás.

Além dos símbolos oficiais, algumas manifestações artísticas também são reconhecidos como símbolos do município. Talvez a principal delas sejam os grafites no Anfiteatro do Lago, que representam um sol nascente.[6]

Embora os símbolos se mantenham desde a fundação da cidade, já houve discussões sobre mudanças de alguns símbolos de cidades paraguaias, especialmente sobre os que possivelmente fazem referência ao regime militar. Ciudad del Este não foi afetada.[7]

Geografia[editar | editar código-fonte]

Clima[editar | editar código-fonte]

De acordo com a classificação climática de Köppen, o clima de Ciudad del Este é o subtropical úmido (Cfa). A temperatura média anual é de 21°C. As chuvas são bem distribuídas ao longo do ano, sendo uma das cidades mais chuvosas do Paraguai. As temperaturas são quentes a maior parte do ano, e o calor atinge sua maior intensidade durante o verão, que se estende de dezembro a março. Mesmo assim, durante um curto período de tempo entre maio e setembro, as temperaturas costumam cair.[8]

O verão é quente e úmido, com uma média de janeiro (mês mais quente) de 26°C, enquanto o inverno é temperado e úmido, embora tenha dias quentes. A temperatura média em julho (mês mais frio) é de 16°C, e geadas leves podem se desenvolver durante o inverno. Dias nublados e chuviscos leves contínuos são mais frequentes no inverno, no quando há chuvas mais volumosas, as precipitações costumam ser isoladas.

Devido à alta umidade do ar ao longo do ano, névoas podem ocorrer em qualquer época, principalmente durante o outono e o inverno.

No inverno de 1982, houve o primeiro registro de queda de neve na cidade, sendo a segunda queda de neve registrada no país. Em Ciudad del Este, é normal ver vórtices descerem sobre o rio Paraná, dando origem a tornados que não descem completamente. Entre novembro e dezembro de 2009, houve vários começos de tornados, embora não oferecerem riscos.[8]

Dados climatológicos para Ciudad del Este
Mês Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez Ano
Temperatura máxima média (°C) 32 32 31 28 25 22 23 24 26 28 30 31 28
Temperatura mínima média (°C) 21 21 20 17 14 11 11 12 14 17 18 20 16
Precipitação (mm) 185,4 154,9 137,2 139,7 132,1 132,1 91,4 114,3 129,5 175,3 162,6 139,7 1 694,2
Fonte: The Weather Channel[9] 30-10-2010

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

A cidade é bem servida de rios e lagos, muitos deles delimitando sua área. A leste, na fronteira com o Brasil, se encontra o Rio Paraná. A norte e sudoeste são encontrados outros dois importante cursos fluviais: o Rio Acaray e o Rio Monday, ambos afluentes do Rio Paraná. O lago formado pela Barragem de Acaray também banha a cidade a norte.

Localização[editar | editar código-fonte]

Faz fronteira com Minga Guazú a oeste, com Hernandarias ao norte, ao sul com Los Cedrales e Presidente Franco, e a leste com Foz do Iguaçu, Brasil. Faz parte da área conhecida como a Tríplice Fronteira, onde entra em contato com a soberania paraguaia com a do Brasil - em Foz do Iguaçu - e com a soberania da Argentina - em Puerto Iguazú. Está localizado a 13 km. das famosas Cataratas do Iguaçu, uma das maravilhas do mundo. As três cidades são separadas umas das outras pelo Rio Paraná e pelo Rio Iguaçu.

Topografia[editar | editar código-fonte]

A maior parte do território paraguaio é formado de planícies, exceto a parte oriental. Ciudad del Este é bem acidentada, o que traz problemas, especialmente para o centro da cidade, que é extremamente denso.

Vegetação[editar | editar código-fonte]

É chamado de "Cidade Jardim" por causa da vegetação da área urbana, embora o crescimento da cidade tenha diminuído suas áreas verdes. Localiza-se dentro da "Floresta Atlântica do Alto Paraná", a ecorregião mais biodiversa do Paraguai e da região, caracterizada por densas florestas e alta umidade por ano. Devido ao desenvolvimento da cidade, muitas dessas árvores foram desmatadas.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Ciudad del Este é a cidade mais populosa do país depois de Assunção, com uma população de 304.282 habitantes, segundo estimativas da DGEEC para 2020. Representa 36,6% da população do Departamento (830.943) e 4,2% da população nacional (7.252.672). É a cidade que mais apresenta crescimento populacional no Departamento de Alto Paraná, e a segundo no país. O boom demográfico ocorreu na década de 1970 com a chegada massiva de imigrantes de várias partes do país e do mundo. Destacam-se as comunidades sírio-libanesa, chinesa, coreana, japonesa e brasileira. Sendo totalmente urbana, possuí uma densidade populacional de 2.926 hab./km².

Evolução demográfica[editar | editar código-fonte]

O crescimento rápido e expressivo da população da cidade em pouco mais de 60 anos se deve principalmente a dois fatores: as construções, das usinas de Acaray e Itaipu e da Ponte Internacional da Amizade e a imigração.[10]

Evolução demográfica de Ciudad del Este (1972-2020)
Fonte: Censo da DGEEC.

Faixa etária[editar | editar código-fonte]

A maior parte da população do município está na faixa dos 15 aos 29 anos, tendo uma minoria de idosos. Os homens representam 50,5% da população total e as mulheres 49,5%.

Faixa Etária Homens Mulheres Total
0-4 15.448 14.939 30.388
5-14 30.948 29.881 60.829
15-29 43.251 40.978 84.229
30-44 31.166 33.008 64.174
45-64 25.156 24.874 50.030
65-79 6.694 5.903 12.597
+80 1.004 1.031 2.035
Total 153.671 150.611 304.282

Idiomas[editar | editar código-fonte]

Como no resto do país, a maioria da população é fluente em espanhol e guarani, porém por ser uma cidade de fronteira com o Brasil e abrigar uma notável comunidade brasileira, o português é falado por milhares de pessoas na cidade, e é amplamente utilizado no setor comercial e agrícola.[11] Graças à forte presença de imigrantes asiáticos e do Oriente Médio, idiomas como árabe, chinês e coreano são de uso comum no centro da cidade, tanto em conversas quanto em pôsteres.

Religião[editar | editar código-fonte]

Catedral San Blas

A maioria da população da cidade é cristã, essencialmente católica, seguida por outros ramos cristãos, como o protestantismo. Por conta de imigrantes, a cidade tem uma importante presença islâmica com templos dedicados a essa religião. Ainda exitem alguns adeptos ao Budismo, sendo que em 2019 foi inaugurado um templo budista na cidade.[12]

A Catedral de San Blas, inaugurada em 25 de julho de 1966, foi projetada pelo arquiteto boliviano Javier Querejazu com a intenção de ter uma forma semelhante à da Arca de Noé. O templo se assemelha à forma de um navio, construído em 1964 com esculturas em pedra, focado no estilo europeu. A Festa do Santo Padroeiro é realizada todo dia 3 de fevereiro, junto do aniversário da cidade e a derrubada de Stroessner.[13]

O outro templo é a Mesquita Al-Khaulafa Al-Rashdeen, também conhecida como Mesquita Oriental, localizada nos arredores do shopping center Ciudad del Este, no Centro. É uma estrutura imponente com uma cúpula que lhe dá um toque diferente entre os edifícios existentes na cidade. Do terraço, é possível avistar a cidade brasileira de Foz do Iguaçu, pois está localizada a poucos metros do rio Paraná.[14]

Governo[editar | editar código-fonte]

O governo municipal é exercido pela Administração Municipal juntamento com a Junta Municipal, como consta no artigo 20° da Lei Orgânica Municipal (LOM). A Administração Municipal é composta pelo intendente e as outras dependências administrativas do município e exerce poder como um órgão Executivo. O intendente é o administrador geral do município, eleito diretamente pelos cidadãos para o cargo por um período de 5 anos. A Junta Municipal é composta de vereadores que ficam no cargo por 5 anos, e podem ser reeleitos. Exerce poder como um órgão Deliberativo e Legislativo.[15]

Os regulamentos, que são equivalentes a decreto e lei, podem sair tanto da Administração quando da Junta. Todos, exceto em algumas circunstâncias, passam por votação na Junta e se aprovados, são levados a Administração, que deve executá-lo.[15]

Relações exteriores[editar | editar código-fonte]

Consulados[editar | editar código-fonte]

Por estar estrategicamente localizada na região de fronteira entre três países, a Ciudad del Este possuí 3 Consulados-gerais, 8 Consulados e 1 Vice-consulado.

Cidades-Irmãs[editar | editar código-fonte]

Ciudad del Este possuí quatro cidades-irmãs.[16]

Economia[editar | editar código-fonte]

Centro financeiro da cidade.

É a segunda cidade mais importante do país, depois de Assunção. Boa parte da economia da cidade depende do comércio com o Brasil, com a Ponte Internacional da Amizade sendo fundamental nesse processo. Embora Ciudad del Este não tenha áreas rurais, ela surge como um núcleo regional de outros centros urbanos adjacentes, sendo os principais: Hernandarias, Presidente Franco e Minga Guazú.[17]

O setor comercial é amplo e diverso, com mais de 800 lojas. Os principais produtos comercializados são frutas, legumes, roupas e acessórios. Além disso, o comércio mais importante com os países vizinhos é o de eletrônicos, roupas, tecidos e calçados, que fizeram de Ciudad del Este a terceira zona franca mais importante do mundo.[17][18]

Edifícios na Avenida San Blas.

A cidade é responsável por 10% do produto interno bruto paraguaio, que é de aproximadamente US$ 4 bilhões. Seus clientes são, na maioria, brasileiros, paraguaios e coreanos atraídos pelos baixos preços dos produtos ali vendidos. Além disso, a cidade tem é a sede de toda a operação paraguaia da Usina de Itaipu, juntamente com Foz do Iguaçu, no Brasil. A venda de eletricidade da usina hidrelétrica de Itaipu para o Brasil gera mais de US$ 300 milhões de renda anual para o país.[19]

Turismo[editar | editar código-fonte]

A cidade possui uma ampla infraestrutura hoteleira de primeira classe, modernos centros comerciais, estabelecimentos gastronômicos, um cassino e turismo noturna. Embora o turismo de compras seja o que mais caracteriza Ciudad del Este, na região metropolitana existem inúmeras atrações turísticas de vários tipos que compõem a mais impressionante carta de introdução ao núcleo central da região, incluindo a conhecida fronteira tríplice para a qual convergem. Paraguai, Brasil e Argentina. A seguir são listados os principais pontos turísticos da cidade:

  • Lago da República: localizado próximo ao centro da cidade, é um lago cercado por vegetação que é abastecido pelas águas do córrego Amambay e possui um espaço de lazer equipado com um anfiteatro ao ar livre que oferece à comunidade um local público para desfrutar de eventos artísticos e culturais. Nos arredores também existem passeios, ciclovias, locais de descanso, playgrounds e academias.[20]
  • Museu El Mensú: antiga sede da comissão administrativa e da administração municipal, é o primeiro edifício instalado desde a fundação da cidade. Em 1999 , tornou-se o Museu de História El Mensu, oficialmente inaugurada a 3 de fevereiro de 2000. Obras de coleção e objetos de valor histórico utilizados durante os primeiros anos da cidade são exibidos no recinto, sejam equipamentos, ferramentas e fotografias antigas.[21]
  • Museu do Planeta 3D: é um espaço localizado dentro do Shopping Paris. São pinturas em 3D pintadas à mão por artistas internacionais, entre as quais se destacam a Grande Muralha da China, as Cataratas do Iguaçu, o Coliseu Romano, Veneza e o espaço sideral. Também possui um labirinto de espelhos entre as muitas atrações expostas em salas divididas em cinco áreas diferentes. O shopping também tem um parque de neve.[22]

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Ciudad del Este vista da Ponte da Amizade.

Ciudad del Este é uma cidade planejada. No projeto inicial estavam incluso um aeroporto, zonas residenciais e um lago artificial, porém o crescimento da cidade foi tão rápido que superou a velocidade de execução do projeto. O aeroporto hoje é uma penitenciária, e a suas proximidades são encontrados espaços para o lazer. Apesar dos problemas, que geram muitos transtornos para a população, Ciudad del Este ainda tem um nível de organização urbana, com um centro e bairros ao redor.

Educação[editar | editar código-fonte]

A cidade reúne várias universidades, atraindo estudantes advindos de outros municípios.[23][24]

  • Universidade Autônoma da Encarnação (UNAE)
  • Universidade do Norte (UNINORTE)
  • Universidade Nacional do Leste (UNE)
  • Universidade Americana (UNAM)
  • Universidade de Integração das Américas (UNIDO)
  • Universidade Politécnica e Artística do Paraguai (UPAP)
  • Universidade Tecnológica Intercontinental (UTIC)
  • Universidade Autônoma do Sul (UNASUL)
  • Universidade Privada do Leste (UPE)
  • Universidade de San Carlos (USAC)
  • Universidade Internacional Tres Fronteiras (UNINTER)
  • Universidade San Lorenzo (UNISAL)
  • Universidade Central do Paraguai (UCP)
  • Universidade Maria Serrana (UMAS)

Transporte[editar | editar código-fonte]

Principais vias de Ciudad del Este.

O município de Ciudad del Este é servido pelas seguintes rodovias:

A cidade tem um terminal de ônibus que é responsável por receber e interligar ônibus distância média e longa da capital, cidades internas e bem como cidades no exterior, como as capitais da Argentina (Buenos Aires), Paraná (Curitiba), São Paulo e outras.

Ciudad del Este não possui aeroporto, sendo servida pelo Aeroporto Internacional Guaraní, localizado no município vizinho de Minga Guazú. É a principal via aérea de comunicação e o segundo aeroporto mais importante do país, depois do Aeroporto Silvio Pettirossi, está a 20 minutos do centro da cidade. O aeroporto oferece vôos diários para Assunção[28].

Ao longo da Ruta 07 são encontradas marginais, sendo ao norte a Avenida San Blas, e a sul a Avenida Monseñor Rodrigues. O acesso a Presidente Franco se dá, além da Supercarretera Itaipu, através de avenidas que saem da marginal sul.[29]

Bairros[editar | editar código-fonte]

Cultura[editar | editar código-fonte]

Gritos del Monday, mais importante filme do terror paraguaio.

O órgão responsável pela cultura municipal é o Departamento de Cultura, que está incluso na Administração Municipal.

Cinema[editar | editar código-fonte]

Por conta de suas paisagens naturais, Ciudad del Este já foi cenário de vários títulos. Toma-se por exemplo Miami Vice, de 2006, com cenas gravadas em Shoppings e nas ruas da cidade.[30] O filme First Mission, de 2009 também usou a cidade como cenário para suas gravações.[31] Em 2013, o mais importante filme de terror do Paraguai, Gritos del Monday, foi gravado em Ciudad del Este e Presidente Franco.[32]

Esporte[editar | editar código-fonte]

O esporte mais popular da cidade é o futebol. Na cidade se encontra o Estádio Antonio Oddone Sarubbi, sede da Copa América de 1999. O rugby também é popular na cidade.O basquete e natação são populares menor grau. Ciudad del Este possui várias equipes profissionais, com dois clubes que chegaram à Primeira Divisão.

O Club Atlético 3 de Febrero, conhecido como o Paranaense Vermelho, que está na Primeira Divisão do Paraguai, e manda seus jogos no Estadio Antonio Aranda. O Club Social y Desportivo R.I 3 Corrales participa da Segunda Divisão do Paraguai e manda seus jogos no Estádio R.I 3 Corrales.

Mídia[editar | editar código-fonte]

A cidade possuí 25 emissoras de rádio e 4 de televisão:

Rádio[editar | editar código-fonte]

  • Rádio Parque AM
  • Rádio Itapirú AM
  • Rádio La Voz AM
  • Rádio Cielo Digital FM
  • Rádio Concerto FM
  • Rádio Corpus FM
  • Rádio Piro'y FM
  • Rádio Mundial FM
  • Rádio Universo FM
  • Rádio Activa FM
  • Rádio Del Este FM
  • Rádio Itapirú FM
  • Rádio Teko Porã FM
  • Rádio Suceso FM
  • Rádio Transcontinental FM
  • Rádio Paraná FM
  • Rádio Educación FM
  • Rádio El Verbo FM
  • Rádio Parque FM
  • Rádio Magnifica FM
  • Rádio Integración FM
  • Rádio Estación 40 FM
  • Rádio Positiva FM
  • Rádio La Nueva FM
  • Rádio Tierra FM

Televisão[editar | editar código-fonte]

  • Teledifusora del Este
  • Paraguay TV
  • Tres Fronteiras Televisión
  • Somos del Este

Referências

  1. a b «Gobierno em www.mcde.gov.py». Consultado em 30 de outubro de 2010. Arquivado do original em 25 de novembro de 2010 
  2. «Ciudad del Este» (em espanhol) 
  3. «Crónica de la migración brasileña al Paraguay» (em espanhol) 
  4. https://www.turismoitaipu.com.br/es/content/la-m%C3%A1s-grande-del-mundo
  5. «História - Usina Hidrelétrica de Itaipu» 
  6. «Pintata de anfiteatro, envuelta en una disputa electoral en CDE» (em espanhol) 
  7. recipes, ink, cookbook. «Paraguai dividido entre eliminação de símbolos e homenagem a ditador | Artigos | Opinião | Jornal de Angola - Online» 
  8. a b WMO. «World Weather Information Service» (em inglês) 
  9. «Ciudad del Este Weather Forecasts» (em inglês). The Weather Channel [ligação inativa]
  10. «Paraguai fará novo mutirão de regularização para estrangeiros». 20 de agosto de 2019 
  11. «Polêmica em Ciudad del Este: acabar ou não com publicidade em português?». 18 de fevereiro de 2018 
  12. «Templo Zu Lai - Templos Fo Guang Shan na América do Sul» 
  13. «CATEDRAL SAN BLAS» 
  14. «Muçulmanos de Ciudad del Este inauguram mesquita, dispostos a sacudir estigmas». 28 de janeiro de 2016 
  15. a b «El gobierno municipal, el intendente - Escolar - ABC Color» (em espanhol) 
  16. http://www.ipparaguay.com.py/2011/ip/index.php?accionJsEnlaceDirecto=noticias,extenso,idNoticia=1834,ventana#cuerpo (em espanhol)
  17. a b «Ciudad del Este» (em espanhol) 
  18. «Por que Ciudad del Este, que era a 3ª maior zona franca do mundo, parou no tempo?» 
  19. G1, Fábio AmatoDo; Brasília, em (26 de junho de 2012). «Acordo garante venda de energia paraguaia ao Brasil, diz ministro» 
  20. «City Tour Ciudad Del Este» 
  21. «Alto Paraná: Museo El Mensú guarda retazos de historia» (em espanhol) 
  22. «Museo Planet 3D – Shopping Paris» 
  23. «Paraguay | Ranking Web de Universidades: Webometrics clasifica 30000 instituciones» 
  24. «LatinoAmerica | Ranking Web de Universidades: Webometrics clasifica 30000 instituciones» 
  25. http://www.abc.com.py/edicion-impresa/suplementos/escolar/rutas-del-paraguay-572133.html
  26. https://www.mopc.gov.py/mopcweb.old/red-vial-s1
  27. https://www.ultimahora.com/mopc-elabora-mapa-actualizado-rutas-del-paraguay-n773147.html
  28. https://www.paranair.com/es-py/acerca-de-nosotros/destinos/
  29. Willians01100 (14 de fevereiro de 2019), English: Accesos viales de Ciudad del Este, consultado em 29 de março de 2020 
  30. «Miami Vice termina rodaje en Paraguay» (em espanhol) 
  31. «Boris Paval Conen» (em inglês) 
  32. «"Gritos del Monday", la película - Paraguay.com» 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Paraguai é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ciudad del Este