Cláudia Barroso

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Cláudia Barroso
Nascimento 23 de abril de 1932
Pirapetinga, Minas Gerais
Morte 9 de outubro de 2015 (83 anos)
Fortaleza
Nacionalidade  Brasileira
Ocupação Cantora,Atriz

Amélia Rocha Barroso (Pirapetinga, Minas Gerais, 23 de abril de 1932Fortaleza, 9 de outubro de 2015), conhecida pelo nome artístico de Cláudia Barroso, foi uma cantora e compositora e atriz brasileira.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Começou a carreira na década de 1960, apresentando-se em clubes noturnos de São Paulo. Foi descoberta pelo maestro Portinho e por Mauro Duarte, que na época era diretor da Rádio Nacional e da gravadora RGE[1] . Seu primeiro disco, de 1962, um compacto de 78 rpm gravado pela Odeon, trazia as músicas Fica comigo essa noite, sucesso de Adelino Moreira e Nelson Gonçalves e Não, eu não vou ter saudade, de Vaucaire e C. Dumont, com letra em português de Romeu Nunes. Estreou em LP com Cláudia Barroso, em 1967. fez. os filmes lucio flavio,ele o boto , na onda do ie-ie-ie,xuxa requebra, xica da silva as novelas dancin days, Gabriela Cravo e canela,rei do gado , da cor do pecado

A consagração, porém, só veio em 1971, quando lançou pela gravadora Continental o LP Cláudia Barroso. O disco trazia duas composições próprias que fizeram sucesso[1] : Quem mandou você errar, A vida é mesmo assim .

Também nessa época foi jurada do programa Silvio Santos, ainda na TV Globo, e mais tarde do programa comandado por Chacrinha[2] .

Morreu em 9 de outubro de 2015 aos 83 anos de idade, vítima de complicações respiratórias.[3]

Discografia[editar | editar código-fonte]

  • 1967 - Cláudia Barroso (Fermata)
  • 1971 - O Amor Me Chama (Premier/RGE)
  • 1971 - Cláudia Barroso (Continental)
  • 1972 - Cláudia Barroso (Continental)
  • 1972 - Cláudia Barroso (Continental)
  • 1973 - Cláudia Barroso (Continental)
  • 1973 - Cláudia Barroso (Continental)
  • 1974 - Cláudia Barroso (Continental)
  • 1974 - Cláudia Barroso (Continental)
  • 1975 - Cláudia Barroso (Continental)
  • 1976 - Cláudia Barroso (Continental)
  • 1977 - Cara e Coragem (Continental)
  • 1978 - Conselho (Continental)
  • 1979 - Cláudia Barroso (Continental)
  • 1980 - Cláudia Barroso (Continental)
  • 1986 - Cláudia Barroso (3M)
  • 2000 - Cláudia Barroso Ao Vivo - A Vida É Mesmo Assim (CID)

Referências

  1. a b c Cláudia Barroso (em português) no Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira
  2. Cláudia Barroso Cantoras do Brasil. Visitado em 1º de maio de 2015.
  3. Rainha da música brega, Cláudia Barroso morre aos 83 anos UOL (9 de outubro de 2015). Visitado em 9 de outubro de 2015.
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) cantor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.