Cláudia Bueno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Cláudia
campeã do grand prix
Voleibol
Nome completo Cláudia Bueno da Silva
Apelido Claudinha
Modalidade Voleibol indoor
Nascimento 21 de setembro de 1987 (31 anos)
São Caetano do Sul, SP
Nacionalidade brasileira
Compleição Peso: 75 kg Altura: 1,82 m
Clube Brasil Osasco Voleibol Clube[1]
Medalhas
Competidora do Bandeira do Brasil Brasil
Grand Prix
Ouro Sapporo 2013 Equipe
Copa dos Campeões
Ouro Japão 2013 Equipe
Montreux Volley Masters
Ouro Montreux 2013 Equipe
Torneio de Alassio
Ouro Alassio 2013 Equipe
Copa Yeltsin
Prata Ecaterimburgo 2011 Equipe
Bronze Ecaterimburgo 2012 Equipe
Copa Pan-Americana
Prata Ciudad Juárez 2012 Equipe
Jogos Mundiais Militares
Ouro Mungyeong 2015 Equipe
Campeonato Mundial Militar
Ouro Rio de Janeiro 2014 Equipe
Prata Edmonton 2018 Equipe
Competidora do Dentil/Praia Clube
Campeonato Sul-Americano
Prata Uberlândia 2017 Equipe

Cláudia Bueno da Silva (São Caetano do Sul, 21 de setembro de 1987) é uma voleibolista indoor brasileira que atuando na posição de Levantadora conquistou pela Seleção Brasileira a medalha de ouro no Campeonato Sul-Americano Juvenil de 2004 na Bolívia, além de conquistas pela Seleção Brasileira de Novas a medalha de prata na Copa Yeltsin em 2011, o bronze nesta competição na edição de 2012, além do vice-campeonato na Copa Pan-Americana de 2012.Pela Seleção Principal conquistou o ouro nas competições: Montreux Volley Masters, Torneio de Alassio, Grand Prix e Copa dos Campeões no Japão, todas conquistas em 2013.Representou a Seleção Brasileira Universitária na edição da Universíada de Verão de 2015, ocasião que foi semifinalista; e representando a Seleção Brasileira Militar foi medalhista de ouro no Campeonato Mundial Militar de 2014 no Brasil, nos Jogos Mundiais Militares em 2015 na Coreia do Sul e vice-campeão na edição de 2018 no Canadá.Em clubes foi vice-campeã na edição do Campeonato Sul-Americano de Clubes E na temporada 2018/2019 a levantadora acertou o retorno ao clube que ela foi revelanda , assim retornando ao time do Osasco Voleibol clube

Carreira[editar | editar código-fonte]

Claudinha começou sua trajetória nas categorias de base S. C. Corinthians Paulista [2][3] ano de 2000 permanecendo até 2003 e neste ano transferiu-se para as categorias de base do BCN/Osasco [2][3] ano que representou a Seleção Paulista no Campeonato Brasileiro de Seleções Divisão Especial, categoria infanto-juvenil, realizado em Guaratuba-PR[4] conquistando o título da edição[5][6].

Ainda como atleta do BCN/Osasco representou na categoria juvenil a Seleção Paulista no Campeonato Brasileiro de Seleções de 2004, Divisão Especial, realizado em Saquarema-RJ , edição que encerrou com o vice-campeonato[5][7].

Nesse mesmo ano transferiu-se para o São Caetano/Detur e ainda em 2004 foi convocada pelo técnico Antônio Rizola para Seleção Brasileira em preparação para o Campeonato Sul-Americano Juvenil em La Paz-Bolívia , disputou torneios preparatórios antes como a Copa Internacional Banco do Brasil em Campinas e outra na cidade de São Carlos[8][9] e no referido Campeonato Sul-Americano Juvenil conquistou a medalha de ouro nesta competição[2][5].

Conquistou pelo São Caetano/Detur o título do Campeonato Paulista Juvenil de 2004[3].Novamente representou a Seleção Paulista no Campeonato Brasileiro de Seleções de 2005, Divisão Especial, na categoria juvenil em Minas Gerais[5][10].

Permaneceu no mesmo clube que utilizou a alcunha :São Caetano/Mon Bijou após mudança de patrocinador[11], sagrando-se vice-campeã do Campeonato Paulista Juvenil em 2005[12].Disputou pelo São Caetano/Mon Bijou a Superliga Brasileira A 2005-06[13][13] e finalizou no quarto lugar[14].

Ela conquistou pelo São Caetano/Mon Bijou o bicampeonato no Campeonato Paulista Juvenil em 2006[3] e por este disputou a Superliga Brasileira A 2006-07[15], ocasião que encerrou na quinta posição[14].Jogou mais uma temporada pelo São Caetano/Detur e foi vice-campeã do Campeonato Paulista de 2007[16] e no mesmo ano termina com a prata nos Jogos Abertos do Interior na Praia Grande[17] e repetindo a mesma colocação anterior na Superliga Brasileira A 2007-08[14][18].

Na transição da categoria juvenil para adulto, ela ousou e optou por defender em 2008 o C.R.Orion/Fadenp de São José dos Campos[19], disputou por este a Copa São Paulo de 2008[20] e a Liga Nacional no mesmo ano[21][22] e mesmo não indo as finais desta competição, seu desempenho despertou o interesse do Praia Clube/Futel[19], este clube prometeu contratá-la caso alcançassem a promoção a Superliga Brasileira A 2008-09[3].

E após conquista da Liga Nacional o Praia Clube/Futel[2] a contratou e disputou a referida Superliga Brasileira A[23] e ficou em nono lugar nesta edição.Em 2009 conquistou a medalha de ouro nos jogos Abertos Brasileiros (Jab´s) [3] estes disputados em Maringá[24].

Continuou como atleta do clube mineiro que passou a usar a alcunha Banana Boat/Praia Clube e disputou a Superliga Brasileira A 2009-10[25] encerrando na sétima posição[26].

Foi contratada pelo Usiminas/ Minas [2] para as competições da jornada seguinte, sagrando-se campeã da Copa Pré-Superliga de Patrocínio em 2010[3], também foi vice-campeã do Campeonato Paulista no mesmo ano[27] e competiu pelo mesmo clube na edição da Superliga Brasileira A 2010-11[28] encerrando na quinta posição[29].

Em 2011 foi convocada para os treinamentos da Seleção Brasileira, e tinha atenção especial do técnico José Roberto Guimarães, este exigindo dela para repetir o movimento da ex-levantadora da seleção Fofão em uma fotografia que ele apontava e ao conseguir recebeu elogios do treinador.Disputou pela Seleção Brasileira de Novas a Copa Yeltsin de 2011 em Ecaterimburgo-Rússia[30], conquistando a medalha de prata[31].

Na jornada seguinte permaneceu no Usiminas/Minas e encerrou com o bronze no Campeonato Mineiro de 2011[32] e encerrou na quarta posição na Superliga Brasileira A 2011-12[33].

No ano de 2012 foi novamente convocada para Seleção Brasileira de Novas e disputou a Copa Pan-Americana de 2012 realizada em Ciudad Juárez-México , vestindo a camisa#4 sagrou-se vice-campeã nesta edição[2][34] e representou esta seleção no mesmo ano para disputar a Copa Yeltsin de 2012 sediada em Ecaterimburgo-Rússia, na qual conquistou o bronze[2][35] e esteve pré-inscrita no Grand Prix de 2012[36].

Renovou com Usiminas/Minas para as competições do calendário esportivo seguinte e por este competiu na Superliga Brasileira A 2012-13[37] e encerrou na sétima colocação nesta edição[38].

Em 2013 o técnico José Roberto Guimarães a convocou para a Seleção Brasileira para os treinamentos visando o Montreux Volley Masters na Suíça, e vestindo a camisa#8 disputou o Montreux Volley Masters de 2013[39] conquistou o título da edição[40] e no mesmo pela seleção conquistou o título do Torneio de Alassio na Itália[2][41].E foi inscrita na edição do Grand Prix de 2013[42] .

Ainda pela seleção principal conquistou o título do Grand Prix 2013, cuja fase final deu-se em Sapporo-Japão[2][19], quando vestiu a camisa#8[43][44] e finalizando a temporada pela seleção conquistou o título da Copa dos Campeões no Japão, novamente vestindo a camisa#8[45][46][47] e foi a nona entre as melhores levantadoras[48].

Ela foi anunciada como reforço do Vôlei Amil[2] para temporada 2013-14[49] , por este disputou a Copa São Paulo de 2013[50], foi bronze no Campeonato Paulo neste mesmo ano[51] e disputou por esta equipe a Superliga Brasileira A 2013-14[52] e encerrou na quarta posição.[53]

Pelo Vôlei Amil disputou também a Copa Brasil de 2014, cujas finais foram realizadas em Maringá[54].Em 2014 com a patente de sargento foi convocada para Seleção Brasileira Militar pelo técnico Anderson Rodrigues e conquistou a medalha de ouro no XV Campeonato Mundial Militar de 2014, realizado no Rio de Janeiro-Brasil[19][55][56].

Em 2014 foi contratada pelo Sesi-SP e foi vice-campeã da Copa São Paulo neste mesmo ano[57] e por este clube foi inscrita na Superliga Brasileira 2014-15[58].Em 2015 disputou Copa Banco do Brasil cuja finais ocorreu Cuiabá, conquistou o vice-campeonato nesta edição[59].

No ano de 2015 foi convocada para Seleção Militar e sagrou-se medalhista de ouro na edição dos Jogos Mundiais Militares realizados na Coreia do Sul[60],ainda representou o país em sua segunda edição de Universíada de Verão, desta vez em Gwangju, Coreia do Sul, vestiu a camisa ˥, e ao final conquistou o quarto lugar na competição[61][62].

Foi contratada pelo Dentil/Praia Clube paras as competições da jornada 2015-16[63] e conquistou o título do Campeonato Mineiro de 2015[64]e o vice-campeonato na edição da Superliga Brasileira A 2015-16[65]e sagrou-se campeã da Copa Brasil de 2016 realizada em Campinas[66].

Renovou com o Dentil/Praia Clube disputar as competições do calendário esportivo de 2016-17, conquistando o vice-campeonato na Supercopa do Brasil de 2016 em Uberlândia[67], além do bronze na edição da Superliga Brasileira 2016-17[68].Ainda em 2017 competiu pelo Dentil/Praia Clube na edição do Campeonato Sul-Americano de Clubes de 2017, em Uberlândia, Brasil, sagrando-se medalhista de prata[69][70]

Em sua terceira temporada pelo ‘‘Dentil/Praia Clube’’ disputou as competições do período de 2017-18[71], sagrou-se vice-campeã do Campeonato Mineiro de 2017[72] e também na Copa Brasil de 2018 realizada em Lages[73] e contribuiu para a melhor campanha do clube na história da Superliga Brasileira A 2017-18 e é finalista[74] e sagrou-se campeã pela primeira vez e foi a melhor jogadora da final[75].

Em 2018 representou novamente o Brasil na edição do Campeonato Mundial Militar em Edmonton, Canadá, conquistando a medalha de prata[76]; nesta mesma temporada recebeu convocação para seleção brasileira para disputar a edição da Copa Pan-Americana realizada em Santo Domingo e terminou na quarta posição[77].


Foi contratada pelo [ [Osasco Voleibol Clube|Audax /Osasco]] para as competições do período 2018-19[78] e obteve o vice-campeonato na edição do Campeonato Paulista de 2018[79].

Títulos e resultados[editar | editar código-fonte]

Premiações individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Papel, Lucas (31 de agosto de 2015). «De volta ao Praia Clube, Claudinha dá receita para entrosamento: "No olhar"». globoesporte.com. Grupo Globo. Consultado em 16 de fevereiro de 2016.. Cópia arquivada em 16 de fevereiro de 2016 
  2. a b c d e f g h i j Agência Classe A, ed. (6 de fevereiro de 2006). «Perfil- Claudia Bueno -Assessoria De Imprensa». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  3. a b c d e f g h i j Usiminas (ed.). «Cláudia - Usiminas». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  4. FPV-Federação Paulista de Volleyball, ed. (1 de outubro de 2003). «SELEÇÃO INFANTO-JUVENIL DISPUTA BRASILEIRO DE SELEÇÕES». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  5. a b c d CBV-Confederação Brasileira de Voleibol, ed. (6 de fevereiro de 2006). «Superliga feminina 05/06: Paula Barros e Thaisa, um confronto entre as meios-de-rede cariocas na partida entre Rexona-Ades e São Caetano/Mon Bijou- #1 – Cláudia Bueno da Silva (Claudinha)». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  6. a b CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (ed.). «Campeonato Brasileiro de Seleções (CBS)- Infanto-Juvenil Feminino - Divisão Especial :: 29/9 - 4/10-2003-São Paulo». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  7. a b CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (ed.). «Campeonato Brasileiro de Seleções (CBS)- Juvenil Feminino - divisão especial :: 1/11 - 6/11-2004-São Paulo». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  8. Esporte Ágil, ed. (15 de julho de 2004). «Seleção Brasileira vence a Itália em etapa de São Carlos». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  9. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol, ed. (7 de junho de 2004). «SELEÇÃO JUVENIL DISPUTARÁ TORNEIO PREPARATÓRIO PARA O SUL-AMERICANO DA CATEGORIA». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  10. a b CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (ed.). «Campeonato Brasileiro de Seleções (CBS)- Juvenil Feminino - Divisão Especial :: 29/8 - 3/9-2005-São Paulo». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  11. FPV-Federação Paulista de Volleyball, ed. (5 de outubro de 2005). «SÃO CAETANO GANHA PATROCINADOR». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  12. a b FPV-Federação Paulista de Volleyball, ed. (12 de dezembro de 2005). «FINASA CONQUISTA ESTADUAL JUVENIL». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  13. a b CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (ed.). «Ficha do Atleta- 1-Claudinha- Equipe: SÃO CAETANO-MON BIJOU». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  14. a b c d CBV-Confederação Brasileira de Voleibol, ed. (27 de outubro de 2008). «SUPERLIGA 08/09: Histórico da Superliga». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  15. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (ed.). «Superliga 2006/2007-Escalação da Equipe: SÃO CAETANO-MON BIJOU». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  16. a b FPV-Federação Paulista de Volleyball, ed. (1 de dezembro de 2007). «Finasa conquista o nono título do Campeonato Paulista». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  17. a b FPV-Federação Paulista de Volleyball, ed. (27 de outubro de 2007). «Finasa conquista o título dos Jogos Abertos do Interior». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  18. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (ed.). «Superliga 2007/2008-Escalação da Equipe: SÃO CAETAN-DETUR». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  19. a b c d Agência Classe A, ed. (10 de outubro de 2014). «Claudinha diz que preparação é forte para encarar Molico». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  20. FPV-Federação Paulista de Volleyball, ed. (12 de julho de 2008). «Medley/Banespa derrota Orion/Fadenp está nas semifinais». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  21. Daniel Ottoni, ed. (15 de maio de 2013). «Time feminino também passará por mudanças-Times de vôlei do Minas terão que superar saídas e incertezas». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  22. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol, ed. (12 de junho de 2008). «Liga Nacional Feminina 2008: Começa amanhã a sexta edição». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  23. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (ed.). «Superliga 2008/2009-FICHA COMPLETA - ESCALAÇÃO SUPERLIGA FEMININA-PRAIA CLUBE / FUTEL». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  24. Prefeitura Municipal de Maringá, ed. (21 de maio de 2009). «Abertura dos JABs reúne delegação de oito estados em Maringá nesta sexta-feira (22)». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  25. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (ed.). «Superliga 2009/2010- FICHA COMPLETA - ESCALAÇÃO SUPERLIGA FEMININA-EQUIPES- PRAIA CLUBE/ BANANA BOAT». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  26. Wikipédia (ed.). «Artigo Praia Clube Uberlândia (voleibol feminino)- Cronologia do Praia Clube Uberlândia». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  27. a b FMV-Federação Mineira de Voleibol (ed.). «FEDERAÇÃO MINEIRA DE VOLEIBOL-Relatório Técnico 2010- Pág.34» (PDF). Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  28. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (ed.). «Superliga 2010/2011- FICHA COMPLETA - ESCALAÇÃO SUPERLIGA FEMININA-EQUIPES- USIMINAS/MINAS». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  29. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (ed.). «Play-Offs-SUPERLIGA FEMININA 2010/2011». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  30. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol, ed. (16 de junho de 2011). «SELEÇÃO FEMININA: Levantadora Claudinha ganha chance na seleção brasileira de novas». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  31. Volleywood, ed. (12 de julho de 2011). «2011 Yeltsin Cup». Consultado em 24 de agosto de 2014. 
  32. a b FMV-Federação Mineira de Voleibol (ed.). «FEDERAÇÃO MINEIRA DE VOLEIBOL-Relatório Técnico 2011-Pág.38» (PDF). Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  33. a b CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (ed.). «Superliga 2011/2012- Classificação – Superliga Feminina». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  34. Norceca, ed. (16 de julho de 2012). «VOLLEYBALL-Match result-XI Women's Pam Am Cup 2012» (PDF) (em inglês). Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  35. Volleywood, ed. (11 de julho de 2012). «2012 Yeltsin Cup». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  36. WCB News, ed. (24 de abril de 2012). «World Grand Prix 2012 - Seleção Feminina Inscreve 25 -Com quatro atletas de Minas, Seleção Feminina pré-inscreve 25 no Grand Prix». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  37. VôleiBrasil.org (ed.). «//Equipes –Feminino- Superliga 2012/2013- Usiminas/Minas». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  38. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (ed.). «Superliga 2012/2013- Classificação – Superliga Feminina». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  39. Montreux Volley Masters (ed.). «Montreux Volley Masters de 2013-Teams-Brazil» (em inglês). Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  40. Montreux Volley Masters (ed.). «Montreux Volley Masters de 2013-Final Ranking» (em inglês). Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  41. Lancenet, ed. (8 de junho de 2013). «Com Garay inspirada, Seleção feminina vence a segunda no Torneio de Alassio». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  42. O Estadão, ed. (25 de junho de 2013). «Brasil inscreve Gabi, Suelen e Ivna no Grand Prix». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  43. FIVB-Federação Internacional de Voleibol (ed.). «World Grand Prix- Sapporo 2013-BRA / Brazil - Team Composition» (em inglês). Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  44. FIVB-Federação Internacional de Voleibol (ed.). «World Grand Prix- Sapporo 2013- FINAL STANDING» (em inglês). Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  45. Todor66 (ed.). «Women Volleyball VI Grand Champions Cup 2013 Japan 12-17.11 +9 UTC - Winner Brazil» (em inglês). Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  46. FIVB-Federação Internacional de Voleibol (ed.). «FIVB Volleyball Women's World Grand Champions Cup- 2013-BRA / Brazil - Team Composition» (em inglês). Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  47. FIVB-Federação Internacional de Voleibol (ed.). «FIVB Volleyball Women's World Grand Champions Cup- 2013- FINAL STANDING» (em inglês). Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  48. a b FIVB-Federação Internacional de Voleibol (ed.). «FIVB Volleyball Women's World Grand Champions Cup- 2013- Statistics- Best Setter» (em inglês). Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  49. Ahe Brasil, ed. (14 de maio de 2013). «Levantadora da seleção brasileira é contratada para ser o cérebro do Vôlei Amil-Claudinha é o primeiro reforço anunciado oficialmente para equipe de Zé Roberto». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  50. FPV-Federação Paulista de Volleyball, ed. (14 de setembro de 2013). «Vôlei Amil se despede da Copa São Paulo e volta suas atenções para Superliga e Paulista». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  51. a b FPV-Federação Paulista de Volleyball (ed.). «Artigo Campeonato Paulista de Voleibol Feminino». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  52. VôleiBrasil.org (ed.). «//Equipes –Feminino- Superliga 2013/2014- Vôlei Amil». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  53. a b CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (ed.). «Superliga 2013/2014- Tabela Cronológica –Superliga Feminina-Classificação». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  54. a b CBV-Confederação Brasileira de Voleibol, ed. (18 de janeiro de 2014). «COPA BRASIL FEMININA: Molico/Nestlé vence a terceira edição- CLASSIFICAÇÃO FINAL». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  55. Agência Classe A, ed. (11 de agosto de 2014). «Seleção Militar Feminina é tetracampeã Mundial». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  56. FPV-Federação Paulista de Volleyball, ed. (14 de setembro de 2013). «Seleção Militar Feminina é tetracampeã Mundial». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  57. a b FPV-Federação Paulista de Volleyball, ed. (27 de agosto de 2014). «Sesi-SP perde para Pinheiros e fica com o vice da Copa São Paulo 2014». Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  58. CBV-Confederação Brasileira de Voleibol (ed.). «Superliga 2014/2015- Equipes-Sesi-SP-#3-Cláudia Bueno da Silva- Claudinha». Consultado em 24 de janeiro de 2015. 
  59. a b CBV-Confederação Brasileira de Voleibol, ed. (17 de janeiro de 2015). «Copa Banco do Brasil- Temporada 2015-Torneio Feminino-Resultado e Classificação» (PDF). Consultado em 26 de janeiro de 2015. 
  60. «Results of Women's Gold Medal Match». CISM (em inglês). Korea2015mwg.org. Consultado em 28 de janeiro de 2016.. Cópia arquivada em 11 de outubro de 2015 
  61. a b «VOLLEYBALL-WOMEN'S-BRONZE MEDAL MATCH 47-MATCH RESULTS [P2]» (PDF). FIVB (em ingles). 11 de julho de 2015. Consultado em 8 de junho de 2018.. Cópia arquivada (PDF) em 24 de setembro de 2015 
  62. «Meninas do vôlei caem para o Japão e ficam sem o bronze na Universíade». GloboEsporte.com. 11 de julho de 2015. Consultado em 8 de junho de 2018.. Cópia arquivada em 9 de junho de 2018 
  63. Globo.com, ed. (31 de agosto de 2013). «De volta ao Praia Clube, Claudinha dá receita para entrosamento: "No olhar"». Consultado em 28 de janeiro de 2016. 
  64. a b Globo.com, ed. (31 de outubro de 2013). «Praia Clube vence Minas e conquista pentacampeonato Mineiro de vôlei». Consultado em 28 de janeiro de 2016. 
  65. a b Bruno Inácio. «Rexona vence o Praia é campeão da Superliga feminina de vôlei». O Tempo (em portugues). 3 de abril de 2016. Consultado em 6 de março de 2018.. Cópia arquivada em 28 de fevereiro de 2018 
  66. a b «Rexona-Ades leva o título da Copa do Brasil de vôlei Feminino». Radar Lance (em portugues). 31 de janeiro de 2016. Consultado em 6 de março de 2018.. Cópia arquivada em 28 de fevereiro de 2018 
  67. a b «Rio se recupera da derrota no Carioca, bate Praia Clube e leva Supercopa». GloboEsporte.com. Grupo Globo. 7 de outubro de 2016. Consultado em 5 de março de 2018.. Cópia arquivada em 28 de fevereiro de 2018 
  68. a b Sidrônio Henrique (17 de abril de 2017). «Praia Clube quer Destinee Hooker para a próxima temporada». Saída de Rede. Consultado em 6 de março de 2018.. Cópia arquivada em 6 de março de 2018 
  69. «Rio de Janeiro bate Praia, é tetra do Sul-Americano e vai ao Mundial». Portal Terra (em portugues). 18 de fevereiro de 2017. Consultado em 6 de março de 2018.. Cópia arquivada em 28 de fevereiro de 2018 
  70. CSV. «REXONA ES TETRACAMPEÓN DEL SUDAMERICANO DE CLUBES FEMENINO» (em espanhol). 18 de fevereiro de 2017. Consultado em 6 de março de 2018. 
  71. Gustavo Aguiar. «Dentil Praia Clube apresenta norte-americana Nicole Fawcett». Melhor do Vôlei (em portugues). 6 de setembro de 2016. Consultado em 19 de abril de 2018.. Cópia arquivada em 19 de abril de 2018 
  72. a b Daniel Ottoni (6 de outubro de 2017). «Minas não dá chances para o Praia e conquista o Mineiro feminino». Jornal OTempo. Consultado em 9 de junho de 2018.. Cópia arquivada em 9 de junho de 2018 
  73. a b Eduardo Vicente (20 de janeiro de 2017). «Vôlei Nestlé é campeão da Copa Brasil 2018». Voleibol.interior.com. Consultado em 19 de abril de 2018.. Cópia arquivada em 19 de abril de 2018 
  74. Eduardo Vicente (7 de abril de 2018). «Dentil/Praia Clube é o outro finalista da Superliga Feminina.». Voleibol.interior.com. Consultado em 19 de abril de 2018.. Cópia arquivada em 19 de abril de 2018 
  75. a b c «Tandara é a MVP da Superliga 2017/2018. Confira as premiações individuais». Melhor do Vôlei. 22 de abril de 2018. Consultado em 9 de junho de 2018.. Cópia arquivada em 23 de abril de 2018 
  76. «Seleção militar masculina de voleibol é campeã mundial e seleção feminina leva medalha de prata». Ministério da Defesa (em portugues). 4 de junho de 2018. Consultado em 9 de junho de 2018. 
  77. a b «Estados Unidos gana sexto título en Copa Panamericana». NORCECA (em espanhol). 15 de julho de 2018. Consultado em 8 de novembro de 2018. 
  78. Júnior Barbosa (23 de abril de 2018). «Mercado: Melhor da final, Claudinha fecha com Osasco». Melhor do Vôlei. Consultado em 8 de novembro de 2018.. Cópia arquivada em 8 de novembro de 2018 
  79. a b Sérgio Pais (5 de novembro de 2018). «Sesi-Bauru bate Osasco e conquista o inédito título do Paulista de vôlei feminino». GloboEsporte.com. Consultado em 8 de novembro de 2018.. Cópia arquivada em 8 de novembro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]