Clément Duval

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Clément Duval
Nascimento março de 1850
Sarthe (França)
Morte 29 de março de 1935 (85 anos)
Nova York (Estados Unidos)

Clément Duval (Sarthe, Março de 1850 - Nova York, 29 de Março de 1935) foi um famoso anarquista ilegalista nascido na França, adepto da Propaganda pelo Ato. Suas reflexões sobre os direitos individuais foram consideravelmente importantes para a conceituação da vertente anarquista da qual fazia parte.

Duval serviu no 5º batalhão de infantaria na guerra Franco-Prussiana, onde foi ferido com um morteiro e contraiu varicela. Como resultado, passou 4 dos seguintes 10 anos no hospital. Impedido de trabalhar, Duval dedica-se ao roubo.

Após passar 1 ano na prisão pelo roubo de 8 francos, Duval junta-se ao grupo anarquista A Pantera de Batinhola (La Panthère des Batignolles).

A 25 de Outubro de 1886, Duval assalta a mansão de uma socialaite parisiense e rouba 15,000 francos antes de acidentalmente incendiar a casa. Foi apanhado 2 semanas após tentando vender os bens roubados na mansão. Seu julgamento atraiu multidões de apoiadores e terminou em caos com Duval arrastado para fora do tribunal gritando "viva a anarquia!". Foi condenado à morte, mas a sentença foi alterada para trabalhos forçados na famosa Ilha do Diabo, da Guiana Francesa.

No jornal anarquista "Révolte", Duval declarou a famosa frase: "Roubo existe apenas pela exploração do homem pelo homem... quando a sociedade te recusa o direito a existir, tens de o tirar... o policia deteve-me em nome da lei, eu abati-o em nome da liberdade!".

Duval passa os seguintes 14 anos na prisão, tentando a fuga mais de 20 vezes. Em Abril de 1901, tem sucesso e voa para Nova Iorque, onde vive até aos 85. As suas memórias são publicadas 1929 e reeditadas com a ajuda de Marianne Enckell : "Moi, Clément Duval, bagnard et anarchiste".

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

{{Navbox |name = Anarquismo2 |titlestyle = background: #ffffff;

|image =

Black flag waving.svg

|state = collapsed |title = Anarquismo |below = Anarquismo
Portal da Anarquia
|belowstyle = background: #ffffff; |groupstyle = background: white; |liststyle = padding-left:0.5em; padding-right:0.5em;

|group1 = Correntes |list1 = Anarquismo insurrecionárioAnarquismo social

|group2 = História |list2 = Ato de Exclusão AnarquistaBatalha de GênovaBatalha de SeattleBiênio VermelhoCaso de Sacco e VanzettiCatalunha AnarquistaComuna de ParisCongresso de Amasterdã de 1907Escola ModernaGreve Geral de 1917Incidente AmakasuIncidente KōtokuInsurreição anarquista de 1918Exército Insurgente MakhnovistaInternacional de Saint-ImierInternacional NegraJornadas de Maio de 1937Levante ZapatistaMaio de 1968Patagônia rebeldePrimeira InternacionalProvosRebelião em OaxacaRebelião da Baixa CalifórniaRevoada dos galinhas-verdesRevolta de HaymarketRevolta de KronstadtRevolução EspanholaRevolução MexicanaRevolução UcranianaSemana Trágica de 1909Semana Trágica de 1919

|group3 = Princípios |list3 = Crítica da dominação: exploração capitalista e pré-capitalista, Estado, religião, educação e mídia, dominação de classe, imperialismo, dominações de gênero e de raçaDefesa da autogestão: socialização da propriedade, autogoverno democrático, cultura autogestionáriaEstratégia: sujeitos revolucionários, estratégias de luta, revolução social e violência

|group4 = Estratégias de luta |list4 = Antiorganizacionais: grupo de afinidade, insurgência, propaganda pelo atoOrganizacionais: anarcossindicalismo, municipalismo, organização específica anarquista, sindicalismo revolucionárioTransversais: cultura autogestionária

|group5 = Economia |list5 = ColetivismoComunismoMutualismo

|group6 = Debates |list6 = Antiorganizacionismo e organizacionismoLimites e possibilidades da culturaMercado autogestionário ou planificação democráticaOrganização específica anarquistaPolítica no local de moradia ou de trabalhoReformas e lutas de curto prazoUtilização da violência

|group7 = Por região |list7 = ÁfricaArgentinaÁustriaBrasilCanadáChinaCoreiaCubaEspanhaEstados UnidosFrançaGréciaÍndiaInglaterraIrlandaIsraelItáliaJapãoMéxicoPolôniaPortugalRússiaSomáliaSuéciaTurquiaUcrâniaVietnã

|group8 = Tópicos |list8 = AmbientalismoArtesCapitalismoDireitos animaisEducaçãoFeminismoIndividualismoMarxismoNacionalismoQuestões étnicasReligiãoSindicalismoViolência

|group9 = Listas |list9 = BiografiasAnarquistas brasileirosAnarquistas portuguesesAnarquistas em prisõesLivrosComunidadesDocumentáriosFilmes de ficçãoMúsicosOrganizaçõesPeriódicos

|group10 = Relacionados |list10 = AnticapitalismoAntiestadismoAntimilitarismoAutonomismoPós-anarquismoSindicalismoSocialismo libertário

Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um anarquista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.