Classe Centauro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde Fevereiro de 2014). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Classe Centauro
NRP Centauro
Origem    Bandeira do país de origem
Nome Classe Centauro (Argos - 2ª série)
Construtor(es) Arsenal do Alfeite
Estaleiros Navais do Mondego
Lançamento 2000
Unidade inicial NRP Centauro (2000)
Em serviço 2000 - atualidade
Operadores Naval Jack of Portugal.svg Portugal
Características gerais
Tipo Lancha de fiscalização
Deslocamento 94 t
Comprimento 27 m
Boca 5,9 m
Calado 2,8 m
Propulsão 2 motores diesel Cummings KTA-50-M2 de 1 800 cv
Velocidade 26 nós
Autonomia 1350 milhas a 15 nós
Sensores 1 radar de navegação Furuno 1505 DA
Armamento 2 metralhadoras 12.7mm MGs
Tripulação/Equipagem 8 (1 Oficial, 1 Sargento, 6 Praças)

A Classe Centauro de lanchas de fiscalização teve origem na Classe Argos, sendo por isso alternativamente denominada por Classe Argos - 2ª Série. As principais diferenças em relação à Classe Argos estão no armamento e no alumínio do casco. As lanchas desta classe têm sido construídas no Arsenal do Alfeite, e nos Estaleiros Navais do Mondego a partir de 2000.

Em 2007, uma lancha desta classe, a NRP Sagitário, tornou-se no primeiro navio de guerra da Marinha Portuguesa a ser comandado por uma mulher, a segundo-tenente Gisela Antunes.

Unidades[editar | editar código-fonte]

Número de Amura Nome Comissão Estado
P 1155 NRP Centauro 2000 Em serviço
P 1156 NRP Oríon 2001 Em serviço
P 1157 NRP Pégaso 2001 Em serviço
P 1158 NRP Sagitário 2001 Em serviço

Ligações externas[editar | editar código-fonte]