Classe Kirov

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Este artigo é sobre a classe de navios nucleares Kirov. Para a classe de cruzadores do Projeto 26, veja Classe Kirov (Projeto 26).
Wiki letter w.svg
Por favor melhore este artigo, expandindo-o. Mais informação pode ser encontrada no artigo «Kirov-class battlecruiser» na Wikipédia em inglês e também na página de discussão. (janeiro de 2015)
Classe Kirov
Admiral Ushakov (ex-Kirov) líder da classe
Origem    Bandeira do país de origem
Construtor(es) Baltic Shipyard
Lançamento 26 de dezembro de 1977
Período de construção 1974-1998
Unidade inicial Almirante Ushakov (ex-Kirov)
Unidade final Pyotr Velikiy (ex-Yuriy Andropov)
Em serviço Desde 1980
Operadores Naval Ensign of the Soviet Union (1950-1991).svg Marinha Soviética
Naval Ensign of Russia.svg Marinha da Rússia
Planejados 5
Construídos 4
Ativos 2 (1 em modernização, 2 retirados)
Cancelados 1
Características gerais
Tipo Cruzador
Deslocamento 28 000 t (61 700 000 lb) (carregado)
Comprimento 252 m (827 ft)
Boca 28,5 m (93,5 ft)
Calado 9,1 m (29,9 ft)
Propulsão 2 x reatores nucleares KN-3
2 x motores de turbina a vapor GT3A-688
140 000 hp (104 000 kW)
Velocidade 32 kn (59,3 km/h)
Autonomia 1 000 m.n. (1 850 km) à 30 kn (55,6 km/h) com propulsão combinada.
Ilimitado com propulsão nuclear a 20 kn (37,1 km/h)
Armamento Ver texto
Aeronaves 3 x helicópteros
Tripulação/Equipagem 710

A Classe Kirov é uma classe de cruzadores nucleares da marinha da Rússia, sendo o maior navio de guerra em operação no mundo (que não seja um porta-aviões ou um navio de assalto anfíbio). Apesar de ser menor que os couraçados de outrora, eles tem sido comparados com estes antigos enormes navios.[1][2]

Originalmente construído para a marinha soviética, quatro foram postos no serviço ativo entre 1974 e 1998. De início planejava-se a construção de cinco embarcações, contudo o plano foi cancelado devido a falta de fundos. Atualmente, apenas o cruzador Pyotr Velikiy segue operacional, mas a Rússia pretende reativar o resto da frota até 2020, após um extenso programa de modernização.[3]

O surgimento da classe Kirov foi um fator determinante para a reintegração da classe de couraçados Iowa pela marinha dos Estados Unidos no começo da década de 1980.[4]

Navios da classe[editar | editar código-fonte]

Nome Batimento de quilha Comissionamento Estado
Almirante Ushakov
(ex-Kirov)
27 de março de 1974 30 de dezembro de 1980 Retirado do serviço
Almirante Lazarev
(ex-Frunze)
27 de julho de 1978 31 de outubro de 1984 Retirado do serviço
Almirante Nakhimov
(ex-Kalinin)
17 de maio de 1983 30 de dezembro de 1988 Em modernização
Pyotr Velikiy
(ex-Yuriy Andropov)
11 de março de 1986 9 de abril de 1998 Em serviço ativo
Almirante de Frota Sovetskogo Soyuza Kuznetsov
(ex-Dzerzhinsky, ex-Oktyabrskaya Revolutsiya)
N/D Cancelado em 4 de outubro de 1990

Armamentos[editar | editar código-fonte]

Mísseis
  • 20 x mísseis anti-navio SS-N-19 Shipwreck modelo P-700 Granit.
  • 14 x mísseis de cruzeiro SS-N-14 Silex ASW (somente no Ushakov).
  • 96 x mísseis terra-ar SA-N-6 Grumble modelo S-300F Fort (somente no Ushakov, Lazarev, Nakhimov)
  • 48 x mísseis terra-ar S-300F mais 48 x mísseis terra-ar S-300FM Fort-M (SA-N-20 Gargoyle), (somente no Pyotr Velikhy).
  • 128 x mísseis terra-ar 9K95 Tor (SA-N-9 Gauntlet).
  • 40 x mísseis terra-ar OSA-MA (SA-N-4 Gecko).
Armas
  • 1 x AK-130 dupla de 130 mm (5,12 in) (somente no Ushakov).
  • 8 x AK-630 de 30 mm (1,18 in) (somente no Ushakov e Lazarev).
  • 6 x CADS-N-1 Kashtan CIWS, (somente no Nakhimov, Pyotr Velikiy).
Torpedos e outros

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. "Kirov Class (Peter the Great), Russia". Página acessada em 14 de novembro de 2014.
  2. Armi da guerra, De Agostini, Novara, 1985.
  3. «Upgraded Nuclear Cruiser to Rejoin Russian Navy in 2018 | Defense». RIA Novosti. 13 de junho de 2013. Consultado em 13 de novembro de 2014. 
  4. Middleton, Drew (13 de março de 1981). «Pentagon likes budget proposal, but questions specifics». The New York Times. p. A14 
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.