Classe Los Angeles

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Classe Los Angeles
O USS Asheville em 2004.
Origem
Nome Classe Los Angeles
Operador(es) Estados Unidos Marinha dos Estados Unidos
Construtor(es) General Dynamics Electric Boat
Newport News Shipbuilding
Lançamento 1972 – 1996
Em serviço 1976 - presente
Construídos 62
Ativos 41[1]
Características gerais
Tipo Submarino de ataque
Deslocamento 6 082 toneladas
Comprimento 110 m
Boca 10 m
Calado 9,4 m
Propulsão Reator nuclear GE PWR S6G
Velocidade 37 km/h
Autonomia 30 anos antes de reabastecer
Profundidade 290 m
Armamento Lançadores de BGM-109 Tomahawk
Tubos de torpedo Mark 48
Tripulação/Equipagem 129

A Classe Los Angeles é uma classe de submarinos nucleares que forma a espinha dorsal da frota de submarinos da marinha de guerra dos Estados Unidos, com 62 embarcações construidas. Ao fim de 2013, 41 estavam no serviço ativo e outros 21 haviam sido aposentados.[2] Esta é a classe de submarinos com a maior quantidade de unidades construídas a serviço de qualquer marinha moderna.[3]

A última variante, contando com 23 embarcações, foram construidos para serem maiores e mais furtivos do que seus predecessores, com um sistema de sensores e armas mais avançado. Estes submarinos também foram projetados para navegar por longa duração abaixo das calotas polares.[4]

Fotos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Ship Battle Forces». Nvr.navy.mil. Consultado em 27 de março de 2012. Arquivado do original em 28 de dezembro de 2011 
  2. "SSN Los Angeles Class Nuclear Submarine, United States of America". Página acessada em 3 de janeiro de 2014.
  3. "Los Angeles Class" no Globalsecurity.org. Página acessada em 3 de janeiro de 2014.
  4. Polmar, Norman; Moore, Kenneth J. (2003). Cold War Submarines:The Design and Construction of U.S. and Soviet Submarines. [S.l.]: Brassey's. p. 271. ISBN 1-57488-594-4