Classificação de Salter-Harris

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tipos de fratura de Salter-Harris

A classificação de Salter-Harris é utilizada para classificar fraturas ósseas que afetam a cartilagem de crescimento do osso. Após o crescimento completo do osso, a classificação não é mais utilizada.

Tipos[editar | editar código-fonte]

Existem cinco tipos de fraturas, segundo a classificação:

  • Tipo I: fratura transversa através da placa de crescimento (ou “physis”);
  • Tipo II: fratura através da placa de crescimento e metáfise, poupando epífise;
  • Tipo III: fratura através da placa do crescimento e epífise, poupando metáfise;
  • Tipo IV: fratura atravessa todos os três elementos do osso (placa de crescimento, metáfise e epífise);
  • Tipo V: fratura compressiva da placa de crescimento (que resulta em uma diminiução na percepção do espaço entre a epífise e diáfise em raios-X);
Ícone de esboço Este artigo sobre Medicina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.