Claudio Borghi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta biografia de uma pessoa viva não cita as suas fontes ou referências, o que compromete sua credibilidade. (desde fevereiro de 2013)
Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Claudio Borghi
ClaudioBorghi.jpg
Informações pessoais
Nome completo Claudio Daniel Borghi
Data de nasc. 28 de setembro de 1964 (53 anos)
Local de nasc. Castelar, Buenos Aires, Flag of Argentina.svg Argentina
Altura 1,82 m
Informações profissionais
Posição Treinador
(ex-Meia)
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1981–1987
1987–1988
1987
1988
1988–1989
1989
1990
1990–1991
1991
1992
1992–1993
1994
1995
1995–1998
1998–1999
Argentina Argentinos Juniors
Itália Milan
Itália Calcio Como (emp.)
Suíça Neuchâtel Xamax
Argentina River Plate
Brasil Flamengo
Argentina Independiente
Argentina Unión Santa Fé
Argentina Huracán
Chile Colo-Colo
Argentina Platense
México Correcaminos AUT
Chile O'Higgins
Chile Audax Italiano
Chile Santiago Wanderers
Seleção nacional
1984–1989 Flag of Argentina.svg Argentina
Times/Equipas que treinou
2002–2003
2003–2005
2006–2008
2008
2009–2010
2010
2011–2012
2014
2016
Chile Audax Italiano
México UDLAP
Chile Colo-Colo
Argentina Independiente
Argentina Argentinos Juniors
Argentina Boca Juniors[1]
Chile Chile[2]
Argentina Argentinos Juniors
Equador LDU Quito

Claudio Daniel Borghi (Castelar, 28 de setembro de 1964) é um ex-futebolista argentino, que atuava como meia. Atualmente, exerce a função de treinador de futebol. Foi campeão do mundo com a Argentina na Copa do Mundo FIFA de 1986. Em 1989, com a venda de Bebeto para o Vasco da Gama, Borghi foi contratado com alarde de mídia pelo Flamengo para substitui-lo. Porém decepcionou e deixou o clube no fim daquela temporada, sem destaque.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Gazeta do Povo (20 de maio de 2010). «Direção do Boca Juniors confirma a contratação de Claudio Borghi». Consultado em 26 de abril de 2015 
  2. DN (24 de fevereiro de 2011). «Claudio Borghi assume comando do Chile». Consultado em 26 de abril de 2015 
Precedido por
Anibal "Maño" Ruíz
Técnico Sul-Americano do Ano
2006
Sucedido por
Gerardo Martino
A Seleção Argentina antes de sua estreia na Copa do Mundo de 1986. Borghi é o terceiro agachado, da esquerda para a direita.
Ícone de esboço Este artigo sobre um treinador de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.