Cleopatra (Waterhouse)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura por alguma outra mulher,pintura ou filme com o nome Cleópatra, veja Cleópatra (desambiguação).


Cleopatra
Autor John William Waterhouse
Data 1888
Técnica tela, tinta a óleo
Localização Coleção particular

"Cleópatra", isto é, Rainha Cleópatra VII do Egito, encomendada para uma exposição idealizada pelo semanário The Graphic pensando nas vinte e uma pinturas das heroínas de Shakespeare, foi realizada por John William Waterhouse em 1888.[1]

Para a época, ela diferente das maioria das obras vitorianas, pois ao invés de demonstrar uma mulher modesta e recatada, mostrava realmente uma "fêmea fatal" repousando numa cadeira com proteção de pele de leopardo, desafiando o observador da obra com um olhar , que é ao mesmo tempo, de modo sedutor e venenoso. Durante a exposição inicial vinha com uma citação retirada de uma obra de Shakespeare: "Cadê minha serpente Do velho Nilo?” É assim que ele me chama" [1][2]

Em 1889, as pinturas originais foram leiloadas na casa de leilão Christie's e a Cleópatra foi vendida a um comerciante de Londres por noventa guinéus. Em seguida, ela foi perdida (Trippi indicou que era "não rastreável"), apenas para ser descoberto em uma cabana nas Montanhas Rochosas do Colorado. Mais de um século depois, em junho de 2003, foi leiloada, novamente, pela Christie's por um valor estimado de £ 300.000 a £ 500.000, mas não atingiu a reserva. [1]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Susan Walker, Peter Higgs, edições, Cleópatra do Egito. Da história à Mito (2001)
  • Peter Tripp, W. Waterhouse (2002)

Veja também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre John William Waterhouse

Referências

  1. a b c «The Allure of Cleopatra». penelope.uchicago.edu (em inglês). Consultado em 12 de janeiro de 2019 
  2. Shakespeare, William (1607). Antônio e Cleópatra. Londres: [s.n.]