Clorato de bário

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Barium oxide
Alerta sobre risco à saúde
Outros nomes Chloric acid
Identificadores
Número CAS 13477-00-4
Propriedades
Fórmula molecular Ba(ClO3)2
Massa molar 304.23 g/mol
Aparência white solid
Densidade 3.18 g/cm3, solid
Ponto de fusão

414 C

Solubilidade em água 27.5 g/ml (20 °C)
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

O clorato de bário, formula Ba(ClO3)2, é um sólido cristalino branco. É irritante, e ingerido pode causar náuseas, vômitos e diarreias.

É usado em pirotecnia para produzir a luminosidade de cor verde.

O clorato de bário pode ser produzido através de uma reação de dupla troca entre o cloreto de bário e o clorato de sódio:

  • BaCl2 + 2 NaClO3 → Ba(ClO3)2 + 2 NaCl

Pode também ser produzido por um processo mais complicado, em quatro etapas:

Pirotecnia com bário
BaCl2 + Na2CO3 → BaCO3 + 2 NaCl ou
BaCl2 + 2 NaHCO3 → BaCO3 + 2 NaCl + H2O + CO2
  • 2ª etapa: Produção do bitartarato de amônio (NH4C4H5O6).
C4H6O6 + NH4OH → NH4C4H5O6 + H2O
  • 3ª etapa: O bitartarato de amônio obtido é adicionado ao clorato de potássio para a produção de clorato de amônio ( NH4ClO3).
NH4C4H5O6 + KClO3 → KC4H5O6 + NH4ClO3
  • 4ª etapa: O Clorato de amônio obtido é adicionado ao carbonato de bário obtido na primeira etapa e fervido, para produzir o clorato de bário.
2 NH4ClO3 + BaCO3 + Q → Ba(ClO3)2 + 2 NH3 + H2O + CO2

Referências[editar | editar código-fonte]