Club Atlético Belgrano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Belgrano
Emblem Belgrano.png
Nome Club Atlético Belgrano
Alcunhas Os Piratas
Fundação 19 de março de 1905
Estádio Gigante de Alberdi
Capacidade 28.000 pessoas
Presidente Argentina Armando Pérez
Treinador Argentina Ricardo Zielinski
Patrocinador Argentina Tersuave
Argentina Provincia Net
Material esportivo Itália Lotto
Competição Campeonato Argentino 1ª
Copa Argentina
Argentina 2012
Argentina 2012

Oitavas de final
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

O Clube Atlético Belgrano é um clube de futebol argentino da cidade de Córdoba. Fundado em 19 de março de 1905. Joga na Primera Divisão do Campeonato Argentino, onde retornou pela ultima vez no ano 2011.

Seu maior rival é o Club Atlético Talleres também com sede na cidade de Córdoba, os dois protagonizam o Clássico Cordobês.

Nome[editar | editar código-fonte]

Manuel Belgrano

Seu nome é em honra a Manuel Belgrano, o criador da bandeira argentina.

História[editar | editar código-fonte]

Time de 1906, o primeiro da história

Após conseguer diversos títulos provinciais, o clube foi o primeiro time de Córdoba em participar de uma competição oficial a nivel nacional. Foi na segunda edicão do chamado Torneo Nacional, no ano 1968. Depois de alguns anos de disputa, sagrou-se compeão do "Torneio Regional da AFA" em 1986, tornando-se assim o primeiro campeão da Província de Córdoba (em torneios organizados pela AFA), conseguindo classificação para a então nova segunda divisão chamada Nacional B.

Na temporada 1990/1991, ganhou o acesso à Primeira Divisão depois de vencer o Banfield na final (1-1 em Buenos Aires e 4-0 em Córdoba).

Apesar de ter sido rebaixado em 1996, voltou à elite dois anos depois, através do "Torneo Reducido", vencendo o Aldosivi com um pênalti cobrado por Luis Sosa. Manteve-se por mais quatro anos na elite e foi rebaixado novamente em 2002, após uma crise institucional desatada por grande dévidas das anteriores administracões do clube.

Na temporada 2005/2006, o clube novamente disputou a Primeira Divisão, classificando-se diante do Olimpo de Bahía Blanca em 4 de junho de 2006, onde uma grande caravana recebeu a equipe vitoriosa no dia seguinte, num feito pouco usual na história esportiva da cidade de Córdoba.

Ironicamente, a equipe voltou a ser rebaixada na temporada seguinte (depois de ficar em 19º no campeonato) e o Olimpo subiu diretamente, invertendo a ordem de 2006.

Num fato reconhecido internacionalmente, o time voltou a cima ao rebaixar o River Plate, no playoff de acesso-descenso do Campeonato Argentino, após ganhar de 2 a 0 a primeira partida e empatar a segunda (1-1 no Monumental de Núnez. Após os incidentes no Monumental o tribunal da AFA deu o jogo como ganhado pelo Belgrano por 1 - 0, como sanção ao Club de River.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Campanhas de destaque[editar | editar código-fonte]

Jogadores históricos[editar | editar código-fonte]

Técnicos destacados[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

  • Diego Maradona jogou uma vez com a camisa do Belgrano em um amistoso contra o Vélez Sarsfield, em 1986 trás Argentina ganhar a Copa do Mundo da FIFA em Mexico.

Torcida[editar | editar código-fonte]

O clube possui uma enorme torcida na região da cidade de Córdoba, onde fica a sede do clube, sendo considerada uma das fiéis e fanáticas torcidas do futebol argentino.

Rivalidades[editar | editar código-fonte]

Seu maior rival é o tradicional Talleres, com o qual protagoniza o Clássico da cidade. Também possui fortes rivalidades com o Instituto e Racing.

Estádio[editar | editar código-fonte]

O estádio próprio do Belgrano é Julio César Villagra, também conhecido como o «Gigante de Alberdi». Com capacidade para 28.000 espectadores e leva o nome de um dos maiores futebolistas da história do clube.

O estádio provincial Mario Alberto Kempes com capacidade para 57.000 é uma alternativa para quando jogam partidas importantes que atraem grandes públicos.

Elenco atual[editar | editar código-fonte]

  • Capitão Capitão
  • Lesionado Jogador contundido
Goleiros
Jogador
1 Argentina Juan Olave
13 Argentina Federico Bonansea
15 Argentina Lucas Acosta
17 Argentina Pablo Heredia
Defensores
Jogador Pos.
2 Argentina Pier Barrios Z
6 Argentina Cristian Lema Z
23 Argentina Claudio Peréz Z
26 Argentina Esteban Espíndola Z
4 Argentina Renzo Saravia LD
25 Argentina Gastón Turus LD
3 Argentina Federico Álvarez LE
12 Argentina Sergio Escudero LE
Meio-campistas
Jogador Pos.
5 Argentina Guillermo Farré Capitão V
7 Argentina Sebastian Prediger V
18 Argentina Nahuel Luján V
22 Argentina Lucas Parodi V
30 Argentina Mario Bolatti V
10 Argentina Lucas Zelarrayán M
11 Argentina César Mansanelli M
19 Argentina Jorge Velázquez M
21 Argentina Germán Cochis M
29 Argentina Gabriel Alanís M
Atacantes
Jogador
8 Argentina Iván Etevenaux
9 Argentina Fernando Márquez
16 Argentina Santiago Giordana
20 Argentina Mario Óbolo
28 Argentina Maxi Zárate
Comissão técnica
Nome Pos.
Argentina Ricardo Zielinsky T
Argentina Rubén Flotta AS
Argentina Julio Constantin AS
Uruguai Alfonso Meoni PF
Argentina Marcelo Misetich TG

Esportes praticados[editar | editar código-fonte]

As modalidades presentes no Belgrano são:

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de ArgentinaSoccer icon Este artigo sobre clubes de futebol argentinos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Club Atlético Belgrano