Club Villa Mitre

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Villa Mitre
Escudo Villa Mitre.svg
Nome Club Villa Mitre
Alcunhas Tricolor, Villero
Fundação 14 de agosto de 1924 (95 anos)
Estádio El Fortín
Capacidade 6.000 pessoas
Localização Bahía Blanca, Buenos Aires, Argentina
Presidente Argentina Daniel Rodríguez
Treinador Argentina Cristian Domizzi
Competição Torneo Argentino B
editar

Club Villa Mitre é um clube esportivo sediado na cidade de Bahía Blanca, na Província de Buenos Aires, Argentina. Entre os diversos esportes por ele praticados, o clube é mais conhecido pelo futebol, onde comumente participa do Torneo Argentino B, a quarta divisão regionalizada do futebol argentino. O clube é uma referência ao bairro de Villa Mitre, que por sua vez recebe esse nome em homenagem a Bartolomé Mitre, Presidente da Argentina entre 1862 e 1868.

Futebol[editar | editar código-fonte]

Em 1926, o time de futebol Villa Mitre começou a participar na Liga del Sur, torneio onde participaram equipes de Bahia Blanca e proximidades. Este campeonato tem o privilégio de ser o mais antigo do interior da Argentina. Em 1929, a equipe conquistou o título do Torneo Promocional (Segunda divisão da Liga), e foi promovida para a primeira divisão.

Seu primeiro campeonato veio no torneio local em 1940, e quatro anos depois, o segundo, no já extinto Torneo Provincia de Buenos Aires. Depois de alguns anos, incluindo um rebaixamento (1987), em 1991, voltou a ser coroado campeão da Liga e começou uma campanha que o levou a ser tetracampeão liguista (1991, 92, 93 e 94). Estas circunstâncias permitiram-lhe chegar às fases finais do Torneo del Interior. Alguns jogadores de destaque desse período foram o zagueiro Gustavo Coronel, o meio-campista Alejandro Hidalgo e os atacantes Luis Eduardo "Paco" Sanchez, Daniel Paz e Paul Gilardi.

O Villa Mitre terminou o século XX subindo para a Primera B Nacional: no sábado, 31 de julho de 1999, no Estádio Municipal de Tandil, superou por 3-1 o Club Atlético Douglas Haig de Pergamino, com gols de Martin Carrillo, Paz e Gilardi. Para a equipe fogonero(apelido do Douglas Haig) marcaram José Luis Pelanda, meio-campista que meses mais tarde iria jogar no Villa Mitre. Curiosamente, Douglas Haig tinha impedido o Villa Mitre de subir no ano anterior, quando foi derrotado por 4-2 no mesmo estádio, foi também a única equipe no interior do país que nunca tinha perdido no torneio desde 1986. O clube jogou três temporadas na Primera B Nacional, mas seu orçamento, bem como as mudanças em curso afetaram seu desempenho e resultaram no rebaixamento, ocorrido em 13 de abril de 2002, quando perdeu em casa para o Huracán de Tres Arroyos por 3-2.

Em 22 dezembro de 2005, La Villa venceu nos pênaltis a equipe de General Paz Juniors, sendo campeão da Apertura do Torneo Argentino A. Em 28 de maio de 2006 o Villa Mitre retornou à Primera B Nacional, desta vez derrotando por 4-3 o San Martín de Tucumán. O Villa Mitre retornou ao Torneo Argentino A em meados de 2007.

Uma empresa de gestão da capital federal, assumiu o clube de futebol com a aprovação do presidente Daniel Rodriguez. No entanto, os resultados nas temporadas seguintes foram bastante ruins, por isso a empresa voltou em meados de 2009 a gestão à comissão executiva, liderada por seu presidente com a empresa Gustavo Salazar e Martin Neuman. Em 22 de maio de 2011 foi despromovido do Torneo Argentino A e foi para o Torneo Argentino B, aonde joga atualmente, depois de péssimas campanhas.

Promoções[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Sergio Hernández, RSSSF (24 Sep 2009). «LIST OF ARGENTINIAN CLUBS AND DIVISIONAL MOVEMENTS (Professional Era 1931-2007/08)». Consultado em 14 de dezembro de 213  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
Bandeira de ArgentinaSoccer icon Este artigo sobre clubes de futebol argentinos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.