Club de Regatas Vasco da Gama (futebol feminino)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Vasco
Nome Club de Regatas Vasco da gama (futebol feminino)
Torcedor/Adepto Vascaíno
Cruzlmatino
Mascote Almirante
Bacalhau
Fundação 21 de agosto de 1898 (121 anos)
Estádio Estádio Vasco da Gama (São Januário)
Capacidade 21.8801 pessoas[1]
Localização Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Material (d)esportivo Diadora
Competição Brasileiro - Série A2
Carioca
Website vasco.com.br
Temporada atual

O Futebol Feminino do Club de Regatas Vasco da Gama teve início nos anos 90, quando em quatro oportunidades o clube sagrou-se campeão brasileiro – 1993, 1994, 1995 e 1998, tendo revelado inúmeras jogadoras para a Seleção Brasileira e para o mundo, tais como: Pretinha, Fanta, Cenira, Meg e Marta mas outras tantas jogadoras.

História[editar | editar código-fonte]

O Futebol Feminino do Club de Regatas Vasco da Gama teve início nos anos 90, quando em quatro oportunidades o clube sagrou-se campeão brasileiro – 1993, 1994, 1995 e 1998, tendo revelado inúmeras jogadoras para a Seleção Brasileira e para o mundo, tais como: Pretinha, Fanta, Cenira e Meg.

Em 2000, quando sagrou-se campeã estadual, o Vasco contava com 5 jogadoras na Seleção Brasileira Adulta que disputou os Jogos Olímpicos de Sidney. Após esta fase, surgiu a jovem Marta, que veio de Alagoas para iniciar sua trajetória de sucesso no clube cruzmaltino e ser revelada para o mundo.

Logo na sua primeira competição, Marta, hoje 5 vezes melhor do mundo, sagrou-se campeã brasileira Sub-19, tendo sua primeira convocação para a Seleção Brasileira. Inicialmente, o clube tinha sua estrutura voltada para a categoria adulta. Contudo, em 2 de janeiro de 2014 completou cinco anos de criação do Departamento de Futebol Feminino, que de forma pioneira no cenário nacional criou todas as categorias de base, trabalhando que vem desenvolvendo a cada ano.

Em 2009, quando reativou o departamento, o clube cruzmaltino lançou uma parceria com a Marinha do Brasil, cuja equipe adulta representa o Brasil em competições oficiais do calendário desportivo do Conselho Internacional do Desporto Militar – CISM. Esta equipe sagrou-se campeã mundial em 2009 (EUA), 2010 (França), e em 2011 (Rio de Janeiro, nos 5º Jogos Mundiais Militares).

Em 2012, o Gigante da Colina se tornou o primeiro time brasileiro a conquistar um campeonato mundial nas categorias de base. Em Portugal, o cruz-maltino derrotou o Atlético de Madrid-ESP por 1 a 0 e conquistou a Ibercup Sub-17. No mesmo ano, o clube foi a base da Seleção Brasileira que conquistou o Sul-Americano da categoria.

Uma temporada depois, em 2013, o time de São Januário voltou a fazer história. Também com seu grupo sub-17, o Vasco da Gama se sagrou campeão da primeira Copa do Brasil Escolar da categoria. Em 2014, com jovens da categoria sub-13, o Gigante se tornou o primeiro clube do país a participar de uma competição internacional masculina com um time feminino.

Hoje, o Vasco é um dos raros clubes no país, talvez o único, que possui um departamento dentro do seu espaço físico, com comissões técnicas constituídas e várias categorias – Adulta, Sub-20, Sub-17, Sub-15, Sub-13 e uma Academia de Futebol, voltada para o desenvolvimento de novas atletas para o futuro.[2]

Títulos[editar | editar código-fonte]

NACIONAIS
Competição Títulos Temporadas
Brasil Taça Brasil de Futebol Feminino 4 1993, 1994, 1995, 1998
ESTADUAIS
Competição Títulos Temporadas
Rio de Janeiro Campeonato Carioca 9 1995, 1996, 1997, 1998, 1999, 2000, 2010, 2012, 2013
Rio de Janeiro Taça Cidade Nova Iguaçu 5 2010, 2011, 2013, 2014, 2016
Rio de Janeiro Copa Lifferj 1 2017
  • Campeonato Mundial 2009, 2010, 2011
  • Brasil 01 Circuito Nacional de Futebol Social: 2013
  • 01 Brasileiro de Seleções (representado a Seleção do RJ) 1993
  • Rio de Janeiro 01 Copa Almirante Adalberto Nunes: 2010
  • Rio de Janeiro 01 Torneio Início do Centro de Educação Física Adalberto Nunes: 2010
  • Rio de Janeiro Cidade do Rio de Janeiro 02 Torneio Início do Rio de Janeiro: (1999 e 2000).
  • Rio de Janeiro 01 Brasileirão da Baixada: 2018
  • Amistoso
  •  Paraguai 01 Torneio Internacional de Futebol Feminino: 2000.
  • Bahia 01 Campeonato de Cotegipe de Futebol Feminino: 1932.

Categorias de base[editar | editar código-fonte]

Sub-21
  • Rio de Janeiro 01 Copa Almirante Vasco da Gama: 2010
Juniores/Sub-20
  • Brasil 01 Campeonato Brasileiro Sub-19: 2000
  • Rio de Janeiro 01 Campeonato Carioca: 2009
  • Rio de Janeiro 01 Copa Almirante: 2010
  • São Paulo 01 Taça Cidade de São José dos Campos: 2016
Sub-18
  • Rio de Janeiro 01 Campeonato Carioca: 2019
Juvenil/Sub-17

01 Mundialito IBERCUP: 2012

  • Rio de Janeiro 01 Copa do Brasil Escolar: 2013
  • Rio de Janeiro 05 Campeonato Carioca: (2011, 2012, 2013, 2014,2015)
  • Rio de Janeiro 04 Taça Cidade de Nova Iguaçu: (2011,2012,2013 e 2014)
  • Rio de Janeiro 01 Taça Nike: 1999
  • Minas Gerais 01 Taça Cidade de Laranjal: 2015
Infantil/Sub-15
  • Rio de Janeiro 01 Copa Almirante Vasco da Gama: 2010
  • Rio de Janeiro 01 Copa Coca-Cola/RJ: (2012 e 2013).
Mirim/Sub-13
  • Rio de Janeiro 01 Campeonato Carioca de Futsal: 2009

Elenco atual[editar | editar código-fonte]

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

  1. «Cadastro Nacional de Estádios de Futebol» (PDF). CBF. 18 de janeiro de 2016. Consultado em 19 de fevereiro de 2016 
  2. «Futebol Feminino - História». Consultado em 29 de setembro de 2019