Clube FM (Recife)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Clube FM
{{{alt}}}
Rádio Clube de Pernambuco S/A
País  Brasil
Frequência(s) FM 99,1 MHz
Sede Bandeira de Recife.svg Recife, PE
Slogan Tá na Clube, tá bom demais!
Fundação 5 de setembro de 1980 (41 anos)
Fundador João Calmon
Pertence a Grupo Diario de Pernambuco (78%)
Diários Associados (22%)
Proprietário(s) Carlos Frederico Vital
Antigo(s) proprietário(s) Cândido Pinheiro Júnior (2015)
Maurício Rands (2015-2019)
Sócio(s) Carlos Frederico Vital (78%)
Condomínio Acionário (22%)
Formato Comercial
Gênero Entretenimento e Informação
Faixa etária Todas as idades
Afiliações anteriores Rede Clube Brasil (2008-2012)
Idioma (em português brasileiro)
Prefixo ZYD 242
Nome(s) anterior(es) Caetés FM (1980-2005)
Emissoras irmãs Rádio Clube
Cobertura Grande Recife e áreas próximas
Coord. do transmissor 8° 3' 6.1" S 34° 52' 40.6" O
Dados técnicos Potência: 35 kW
Classe: A2
RDS: Sim
Agência reguladora ANATEL
Informação de licença
CDB
PDF
Webcast Ouça ao vivo
Página oficial clubepe.fm

Clube FM é uma emissora de rádio brasileira sediada no Recife, capital do estado de Pernambuco. Opera no dial FM, na frequência 99,1 MHz. Pertence ao Grupo Diario de Pernambuco, que controla a emissora junto com os Diários Associados, que atualmente tem participação minoritária.

História[editar | editar código-fonte]

Foi fundada em 5 de setembro de 1980, com o nome de Caetés FM. Em 2005, passou a se chamar Clube FM. Atualmente é uma das rádios mais ouvidas da capital pernambucana.[1]

Em 19 de janeiro de 2015, a Clube FM e outros meios de comunicação dos Diários Associados em Pernambuco tiveram 57,5% das suas ações vendidas ao Sistema Opinião de Comunicação, pertencente a Cândido Pinheiro, fundador do Grupo Hapvida, que agora passava a responder majoritariamente pela emissora e outros veículos de comunicação que pertenciam à empresa no Nordeste brasileiro.[2] Em 13 de outubro do mesmo ano, o Grupo R2, dos irmãos Maurício Rands e Alexandre Rands, adquiriu 78% das ações da emissora, da sua co-irmã Rádio Globo Recife e dos jornais Diario de Pernambuco e Aqui PE.[3]

Em 19 de outubro de 2019, após oito meses de negociações, o Grupo R2 vende a emissora, juntamente com a Rádio Clube e o Diario de Pernambuco para o advogado e empresário Carlos Frederico de Albuquerque Vital, conselheiro do Sport Club do Recife e vice-presidente jurídico da Associação dos Cronistas Desportivos de Pernambuco, além de proprietário de outros empreendimentos menores.[4]

Referências

  1. http://www.diariosassociados.com.br/home/veiculos.php?co_veiculo=44
  2. Fernandes, Teresa (19 de janeiro de 2015). «Hapvida controla holding no Nordeste». O Povo. Consultado em 12 de fevereiro de 2019 
  3. «Grupo Rands assume o comando do "Diário de Pernambuco"». Portal Imprensa. 13 de outubro de 2015. Consultado em 12 de fevereiro de 2019 
  4. Santos, Maria Carolina (20 de setembro de 2019). «As opiniões de Carlos Frederico Vital, o novo dono do Diario de Pernambuco». Marco Zero Conteúdo. Consultado em 16 de novembro de 2018 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Rádio é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.