Clube de Paris

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Clube de Paris
Map of Paris Club.png

Países membros do Clube de Paris.
Fundação 1956
Sede Paris
 França
Membros 22 países
Línguas oficiais Inglês e francês
Presidente Odile Renaud Basso
Sítio oficial www.clubdeparis.org

O Clube de Paris é uma instituição informal constituída pelos 22 abaixo citados cuja missão é ajudar financeiramente países com dificuldades econômicas. O primeiro encontro aconteceu em 1956, quando a Argentina concordou em reunir-se com seus credores na cidade de Paris. Atualmente ocorrem cerca de 10 a 11 encontros por ano dos membros do clube.

O Brasil já realizou desde 1961 - ano em que ocorreu o primeiro contrato - seis acordos com o Clube. Estes acordos foram totalmente quitados em janeiro de 2006, quando o governo federal despendeu cerca de R$ 2,6 bilhões para pagar antecipadamente as duas últimas parcelas do compromisso firmado em 1992 e que venceriam em dezembro de 2006.[1]

Em 1992, no âmbito do Clube de Paris, o Brasil concordou, juntamente com outros credores da Polônia, entre eles a França e a Itália, em conceder aos poloneses um desconto do valor devido, de 50%, dos títulos da dívida pública que ficaram conhecidos como "polonetas".[2]

Membros[editar | editar código-fonte]

Os membros permanentes são:

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Projeções do Balanço de Pagamentos» (PDF). Banco Central do Brasil. Consultado em 23 de março de 2017 
  2. Polonetas já assustaram o Brasil. Senado Federal, 9 de outubro de 2001.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre economia é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.