Cneu Cornélio Cipião Híspalo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Cneu Cornélio Cipião.
Cneu Cornélio Cipião Híspalo
Cônsul da República Romana
Consulado 176 a.C.
Morte 176 a.C.
  Cumas

Cneu Cornélio Cipião Híspalo (m. 176 a.C.; em latim: Cnaeus Cornelius Scipio Hispallus) foi um político da gente Cláudia da República Romana eleito cônsul em 176 a.C. com Quinto Petílio Espurino. Era filho de Cneu Cornélio Cipião Calvo, irmão de Cipião Násica e primo de Cipião Africano. Seu filho, conhecido como Cneu Cornélio Cipião Hispano, foi pretor em 139 a.C. e ficou conhecido por expulsar os judeus de Roma.[1]

Híspalo morreu no cargo e foi substituído pelo cônsul sufecto Caio Valério Levino.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Híspalo foi pretor em 179 a.C. e foi eleito cônsul em 176 a.C. com Quinto Petílio Espurino. Durante seu mandato, foi acometido por uma paralisia e morreu em Cumas.[2][3]

Árvore genealógica[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Cônsul da República Romana
SPQR.svg
Precedido por:
'Caio Cláudio Pulcro

com Tibério Semprônio Graco

Cneu Cornélio Cipião Híspalo
176 a.C.

com Quinto Petílio Espurino
com Caio Valério Levino (suf.)

Sucedido por:
'Públio Múcio Cévola

com Marco Emílio Lépido


Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Fontes primárias[editar | editar código-fonte]

Fontes secundárias[editar | editar código-fonte]