Cobertura (confeitaria)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Cobertura de chocolate sendo aplicada

Cobertura, em confeitaria, é uma preparação doce, por vezes cremosa, feita de açúcar com um líquido como leite ou água, que pode receber também ingredientes como manteiga, clara de ovo ou queijo cremoso, e é utilizada para cobrir ou decorar itens de confeitaria, como bolos e biscoitos.

A cobertura adquirir formato de flores e folhas, sendo extrudadas por um bico de confeitar. Bolos com coberturas e decorações variadas fazem parte da tradição de casamentos e aniversários. Corante pode ser adicionado aos diferentes tipos de cobertura, para que esta seja usada com chocolate granulado ou em raspas, coco ralado, fios de ovos e outros itens doces. Além disto, uma cobertura básica de glacê pode ser usada como base para uma figura impressa em papel de arroz.

A forma mais simples de cobertura é o glacê, que contém apenas açúcar, água e clara de ovo. Pode ser utilizado também, ao invés de água, suco de limão. Coberturas mais sofisticadas podem ser feitas derretendo açúcar e manteiga juntamente, usando glicerol, combinações de açúcar e cream cheese ou sour cream, ou usando amêndoas, na confecção do marzipã.

A cobertura pode ser aplicada com algum utensílio, tal como uma faca ou espátula, ou também esparramada sobre o bolo. O método de aplicação depende do tipo e da textura da cobertura usada. A cobertura pode também ser aplicada entre as camadas do bolo como forma de preenchimento, ou usada para cobrir total ou parcialmente a parte exterior do bolo ou qualquer outro produto assado.

História[editar | editar código-fonte]

Cobrir bolos com açúcar granulado ou outros materiais é uma prática que data do século XVII.[1] A cobertura era aplicado ao bolo e então endurecida no forno. Receitas de cobertura envolvendo manteiga, creme ou leite, e açúcar granulado começaram a surgir no início do século XX.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Lynne Olver. «The Food Timeline: cake history notes». foodtimeline.org