Cocker spaniel inglês

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo(a) raça de cães americana, veja Cocker spaniel americano.
Cocker spaniel inglês
exemplar preto
Nome original English Cocker Spaniel
Outros nomes Cocker spaniel inglês
País de origem  Reino Unido
Características
Peso 13 - 14,5 kg [1]
Altura macho 39 - 41 cm na cernelha [1]
Altura fêmea 38 - 39 cm na cernelha [1]
Pelo liso, franjado na parte inferior
Cor padrão sólido, particolor, tricolor e ruão. Variando de preto, laranja, vermelho, fígado e castanho.
Classificação e padrões
Federação Cinológica Internacional
Grupo 8 - Cães levantadores e cobradores de caça e cães de água
Seção 2 - Levantadores de caça
Estalão #5 - 23 de novembro de 2012

O cocker spaniel inglês[Nota] (em inglês: English Cocker Spaniel) é uma raça de cães britânica de porte médio, do tipo spaniel, utilizada originalmente para caça.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Apesar do nome, seu surgimento e dos spaniels deu-se provavelmente na Espanha, local onde auxiliava caçadores em florestas ou pântanos, servindo como cão de aponte para caça de aves selvagens. Chegados à Inglaterra e ao País de Gales, foram usados até 1800 para caçar galinholas. Ali, passaram a serem chamados de cocker spaniel.[2] Apesar de haver achados de pinturas representando animais de Filipe II da Macedónia parecidos com estes cães, acredita-se em três hipóteses: surgiram na Espanha; foram criados por John Dudley, Duque de Northumberland, para o Rei Henrique VIII; ou apareceram em 1570, no livro de John Caius, que descreveu 22 raças, colocando-os como usados na falcoaria. A partir do século XVII, o desenvolvimento destes cockers seguiu uma linha mais clara. Primeiramente pela palavra spaniel ter sido aceita, em particular na Inglaterra, onde foi considerado raça especificamente inglesa.[3]

Descrição[editar | editar código-fonte]

Cocker spaniel inglês

Conhecido por ser um dos favoritos cães de estimação no mundo, é geralmente escolhido devido a sua aparência - de cabeça arredondada, orelhas grandes, moles e caídas e os olhos redondos, que personificam companheirismo — e pelagem, farta e existente em mais trinta combinações de cores.[2]

Alguns ainda criados para o trabalho, são fisicamente diferentes — corpo mais curto, orelhas menos oscilantes e o desejo pelo trabalho —, como também comportamentalmente diferentes. Grande parte é direcionada para exposições de raças caninas. Modernamente, ser um cão para surdos é uma de suas principais funções enquanto trabalhador.

Cão ativo, tem seu adestramento classificado como fácil e possui grande predileção por nadar.

Saúde[editar | editar código-fonte]

Alguns exemplares da raça podem estar sujeitos a apresentar problemas cutâneos e oculares, hipertireodismo, câncer e cardiopatias, além dos comportamentais.[2] Além de todos os cuidados habituais que se deve ter com um animal de estimação — alimentação, higiene e saúde —, o cocker requer particular atenção com suas orelhas: grandes e com pelagem abundante, entram nas vasilhas d'água, o que gera otite e odor forte.[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d «Padrão oficial da raça» (PDF). Confederação Brasileira de Cinofilia. 23 de Novembro de 2012. Consultado em 29 de Novembro de 2018 
  2. a b c Fogle (2009), págs 150 e 151
  3. «EXPLANAÇÕES SOBRE A RAÇA». Web Animal. Consultado em 29 de outubro de 2010 
  4. Pittman, Addi. «Health Concerns Found in Purebred Dogs» (em inglês). English Cocker Spaniel Club of America Inc. Consultado em 29 de outubro de 2010 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Cocker spaniel inglês

Notas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre cães é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.