Coimbra Bueno

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Jerônymo Coimbra Bueno
Jerônymo Coimbra Bueno
Governador de Goiás
Período 22 de março de 1947
até 30 de junho de 1950
Antecessor(a) Joaquim Machado de Araújo
Sucessor(a) Hosanah de Campos Guimarães
Dados pessoais
Nascimento 19 de maio de 1910
Rio Verde
Morte 17 de setembro de 1996 (86 anos)
Partido UDN

Jerônymo Coimbra Bueno, mais conhecido como Coimbra Bueno, (Rio Verde, 21 de outubro de 19091 de fevereiro de 1996) foi um engenheiro, empresário e político brasileiro, que foi governador de Goiás e senador pelo mesmo estado.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de um fazendeiro e comerciante, era descendente de tradicionais famílias brasileiras. Formou-se na Escola de Engenharia do Rio de Janeiro em 1933, especializando-se em urbanismo.

Nomeado para a Superintendência Geral de Obras de Goiânia em 1934, criou com seu irmão a empresa Coimbra Bueno e Cia., que foi a responsável pelos trabalhos de construção da nova capital do estado de Goiás,[1] inaugurada em 1935. Em 1938, obteve a concessão de uma rodovia interestadual que interligava a economia do sul de Goiás a São Paulo pelo Triângulo Mineiro.[1]

Com o fim do Estado Novo, concorreu ao governo do estado em janeiro de 1947 pela UDN. Vitorioso, governou o estado de 1947 a 1950.

Elegeu-se senador em outubro de 1954 por Goiás, concorrendo pela coligação UDN-PSP. Muitos anos depois, em 1982, tentou uma vaga para a Câmara dos Deputados pelo PDS, obtendo apenas a suplência.

Notas

  1. a b Abreu, p. 870

Referências[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Joaquim Machado de Araújo
Governador de Goiás
19471950
Sucedido por
Hosanah de Campos Guimarães
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.