Colírio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde março de 2011). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Colírios.
Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons

Colírio é um medicamento para ser aplicado nos olhos e pálpebras, ou seja, de uso tópico. É basicamente composto de água e outros componentes como cloridato de nafazolina e sulfato de zinco heptahidratado, para umedecer o globo ocular. O colírio também pode ser usado por oftalmologistas para a dilatação da pupila.

Interações medicamentosas[editar | editar código-fonte]

Principais efeitos colaterais da interação do uso de colírio com outras substâncias:[1]

  • Colírio beta-bloqueador com broncodilatador: falta de ar;
  • Colírio antiglaucomatoso com corticóide: risco de progressão do glaucoma;
  • Colírio anti-inflamatório com anticoagulante: hemorragia;
  • Colírio vasoconstritor com anti-hipertensivo: hipertensão;
  • Colírio antibiótico com contraceptivo: inibição do efeito da pílula;
  • Colírio vasoconstritor com amiodarona ou antiespasmódico: taquicardia.

Referências

  1. Interações perigosas. Jornal Gazeta do Povo, Suplemento Viver Bem - Saúde & Bem-estar, Curitiba, dezembro, 2013, p. 10.
Ícone de esboço Este artigo sobre Saúde é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.