Colares (Pará)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Município de Colares do Pará
"Cidade dos ETs"
Bandeira indisponível
Brasão de Colares  do Pará
Bandeira indisponível Brasão
Hino
Aniversário 29 de dezembro
Fundação 1961
Gentílico colarense
Prefeito(a) Diego de Carvalho Palheta [1] (PSD)
Localização
Localização de Colares  do Pará
Localização de Colares do Pará no Pará
Colares  do Pará está localizado em: Brasil
Colares do Pará
Localização de Colares do Pará no Brasil
00° 56' 13" S 48° 16' 55" O00° 56' 13" S 48° 16' 55" O
Unidade federativa Pará Pará
Mesorregião Nordeste Paraense IBGE/2008 [2]
Microrregião Salgado IBGE/2008 [2]
Municípios limítrofes Vigia (N e L) e Santo Antônio do Tauá (S)
Distância até a capital 96 km
Características geográficas
Área 609,776 km² [3]
População 11 721 hab. IBGE/2016[4]
Densidade 19,22 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,602 médio PNUD/2010[5]
PIB R$ 60 557,32 mil IBGE/2014[6]
PIB per capita R$ 5 202,07 IBGE/2014[6]

Colares do Pará é um município do estado do Pará, no litoral da baía de Marajó, na microrregião do Salgado, mesorregião do Nordeste Paraense. O município tem cerca de 11 mil habitantes e 613 km² e foi criado em 1961.

O município ficou internacionalmente conhecido através dos documentários exibidos na série Arquivos Extraterrestres veiculada pelo The History Channel, acerca dos frequentes ataques de supostas naves e seres extraterrestres que foram documentados pela Operação Prato, que foi registrada em vídeos por oficiais da aeronáutica em Colares e no município vizinho Vigia, nos anos de 1977 e 1978. Esses documentos foram parcialmente revelados pela Força Aérea Brasileira.[7]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Eleições 2012 - Colares / PA». eleicoes2012.info. Consultado em 1 de março de 2013. 
  2. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  3. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010. 
  4. «Estimativa Populacional 2016» (PDF). Estimativa Populacional 2016. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2016. Consultado em 11 de dezembro de 2016. 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 21 de setembro de 2013. 
  6. a b «PIBMunicipal2010-2014». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 28 de dezembro de 2016. 
  7. «Operação Prato: Defesa vai liberar documentos sobre óvnis». Portal Terra. 3 de maio de 2013. Consultado em 24 de março de 2016. 
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Pará é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.