Coligação Democrática (Hungria)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Coligação Democrática
Demokratikus Koalíció
Líder Ferenc Gyurcsány
Fundador Ferenc Gyurcsány
Sede Budapeste,  Hungria
Ideologia Social-democracia[1]
Social liberalismo[2]
Europeísmo
Federalismo europeu[3]
Espectro político Centro-esquerda
Antecessor Partido Socialista Húngaro (cisão)
Grupo no Parlamento Europeu Aliança Progressista dos Socialistas e Democratas
Parlamento Húngaro
8 / 199
Parlamento Europeu
4 / 21
Cores Azul

A Coligação Democrática (em húngaro: Demokratikus Koalíció, DK) é um partido político social-liberal da Hungria[4]. Liderado pelo antigo primeiro-ministro Ferenc Gyurcsány, o partido foi fundado em 2010 como uma fação interna do Partido Socialista Húngaro, mas em 2011 decidiu romper com os socialistas e tornar-se um partido independente[5]. Atualmente, tem 8 deputados no Parlamento Húngaro e 4 deputados no Parlamento Europeu.

Ideologia[editar | editar código-fonte]

O líder e fundador do partido Ferenc Gyurcsány é um firme apoiante da Terceira Via (popularizada por Clinton e Blair nos anos 90). Na campanha para as eleições europeias de 2019, a cabeça de lista da DK anunciou que um dos temas principais para o partido seria a defesa da ideia dos Estados Unidos da Europa, de facto tornando o partido defensor do Federalismo europeu[6]. No seu programa para as europeias, o partido incluiu vários temas clássicos de centro-esquerda, como maior ação para combater a pobreza infantil, uma pensão mínima europeia, uma taxa europeia a aplicar nas grandes multinacionais e o investimento de fundos europeus para habitações sociais, assim movendo o partido para linha mais social-democrata[7][8][9][10].

Após as eleições europeias, e apesar de rumores que o partido iria sentar-se no grupo liberal no Parlamento Europeu, o DK decidiu manter-se no grupo social-democrata[11].

Resultados Eleitorais[editar | editar código-fonte]

Eleições legislativas[editar | editar código-fonte]

Data Líder CI. Votos % +/- Deputados +/- Status
2014 Ferenc Gyurcsány Unidade
4 / 199
Oposição
2018 Ferenc Gyurcsány 5.º 308 161
5,4 / 100,0
9 / 199
Aumento5 Oposição

Eleições europeias[editar | editar código-fonte]

Data CI. Votos % +/- Deputados +/-
2014 4.º 226 086
9,8 / 100,0
2 / 21
2019 2.º 557 081
16,1 / 100,0
Aumento6,3
4 / 21
Aumento2

Referências

  1. https://hungarianfreepress.com/2019/05/27/ferenc-gyurcsanys-democratic-coalition-becomes-largest-opposition-party-in-hungary/
  2. Nordsieck, Wolfram (2018). «Hungary». Parties and Elections in Europe 
  3. Szabolcs, Dull (26 February 2019). «Dobrev Klára: Az Európai Egyesült Államokat fogjuk építeni». index.hu  Verifique data em: |data= (ajuda)
  4. «Parties and Elections in Europe». parties-and-elections.eu. Consultado em 12 de julho de 2019 
  5. Lansford, Tom (20 de março de 2014). Political Handbook of the World 2014 (em inglês). [S.l.]: SAGE Publications. ISBN 9781483333274 
  6. Szabolcs, Dull (26 de fevereiro de 2019). «Dobrev Klára: Az Európai Egyesült Államokat fogjuk építeni». index.hu (em húngaro). Consultado em 12 de julho de 2019 
  7. «A DK szerint az Európai Egyesült Államok programjának megvan a többsége». hirado.hu (em húngaro). Consultado em 12 de julho de 2019 
  8. «Dobrev: Álmunk az Európai Egyesült Államok álma | Mandiner». https://mandiner.hu/ (em húngaro). Consultado em 12 de julho de 2019 
  9. Eurológus, Peszto (20 de março de 2019). «Az Európai Egyesült Államokkal kampányol Dobrev Klára Brüsszelben». index.hu (em húngaro). Consultado em 12 de julho de 2019 
  10. «Rónai Sándor: Egy erősebb Európa képes lehet megvédeni tagállamait, még saját kormányukkal szemben is « Mérce». Mérce (em húngaro). 25 de maio de 2019. Consultado em 12 de julho de 2019 
  11. «Democratic Coalition to Stay with European Socialists and Democrats». Hungary Today (em inglês). 31 de maio de 2019. Consultado em 12 de julho de 2019