Colonização Coca-cola

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Colonização Coca-Cola é um termo utilizado para definir a erosão das culturas dos países e sua troca pela cultura de massa, globalizada, usualmente atribuída ao domínio norte-americano[1] . Grande exemplo disso é o Papai Noel usar roupa vermelha, efeito iniciado com propaganda da Coca-Cola.

Referências

  1. Melnick, Merrill J.; Steven J. Jackson (2002). "Globalization American-style and Reference Idol Selection". International Review for the Sociology of Sport [S.l.: s.n.] 37 (3–4): 429–448. ISSN 1012-6902. 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Cultura é um esboço relacionado ao Projeto Cultura. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.