Comando Militar do Planalto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Comandos Militares do Brasil
CMP
Comando Militar do Planalto
Região Militar 11ª RM
Ano de criação 1960
Comandante Gen Div Luiz Carlos PEREIRA GOMES
Localização Quartel-General do Exército - SMU
Brasília
 Distrito Federal
Página oficial www.cmp.eb.mil.br
Abrangência Distrito Federal, Goiás, Tocantins e Triângulo Mineiro

O Comando Militar do Planalto (CMP) é um dos comandos militares de área do Brasil. É situado em Brasília (DF), e é o Comando da 11ª Região Militar, que compreende o Distrito Federal e os estados de Goiás (exceto a área jurisdicionada pela 9ª Região Militar) e Tocantins (exceto a área jurisdicionada pela 8ª Região Militar) e a região do Triângulo Mineiro.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Um aquartelamento de madeira, próximo ao Palácio do Planalto, foi a sede da primeira Organização Militar do Exército Brasileiro presente na nova Capital Federal que começava a surgir no coração do Brasil, em 1958.

O histórico da Força Terrestre em Brasília registra que, em 25 de abril de 1960, foi criado o Comando Militar de Brasília e a 11ª Região Militar. Já em 21 de junho de 1967, fruto de uma reestruturação do Exército Brasileiro, houve a extinção do Comando Militar de Brasília e a incorporação da 11ª Região Militar ao então I Exército, sediado no Rio de Janeiro – RJ.

A atual denominação surgiu em 26 de fevereiro de 1969 com a criação do Comando Militar do Planalto e a 11ª Região Militar, frente a necessidade de enquadrar os efetivos militares que ocupavam o Planalto Central. Finalmente, em 23 de março de 1994, a Região foi desmembrada do Comando Militar de Área.

Missão[editar | editar código-fonte]

O Comando Militar do Planalto tem sua responsabilidade operacional abrangida pelo espaço territorial que engloba o Distrito Federal, centro das decisões político-administrativas e sede das representações diplomáticas no Brasil, o Estado de Goiás, o Estado do Tocantins, além da área geográfica que compreende o Triângulo Mineiro.

Desde a sua criação, o Comando Militar do Planalto tem como missão planejar, supervisionar e coordenar o preparo e o emprego das Organizações Militares a ele subordinadas. Tem ainda o controle das atividades de guarda, segurança e cerimonial militar ligado à Presidência da República e ao Exército.

Organização[editar | editar código-fonte]

O Comando Militar do Planalto enquadra três Grandes Comandos: a 11ª Região Militar, Comando de Apoio Logístico sediado em Brasília – a 3ª Brigada de Infantaria Motorizada, Comando Operacional sediado em Cristalina-GO e o Comando de Operações Especiais sediado em Goiânia-GO, e nove Organizações Militares diretamente subordinadas: o Batalhão da Guarda Presidencial, o Batalhão de Polícia do Exército de Brasília, o 1º Regimento de Cavalaria de Guardas e a Base de Administração e Apoio do Comando Militar do Planalto, todos sediados em Brasília-DF; o 6º Grupo de Mísseis e Foguetes, a Base Administrativa e Campo de Instrução de Formosa, o Centro de Logística de Mísseis e Foguetes e o Centro de Instrução de Artilharia de Mísseis e Foguetes, todos sediados em Formosa-GO; e o 2º Batalhão Ferroviário, sediado em Araguari-MG.


Organizações Militares SubordinadasComando Militar do Planalto - Brasília - DF[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências