Comando Militar do Planalto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Comandos Militares do Brasil
CMP
Comando Militar do Planalto
Região Militar 11ª RM
Ano de criação 1960
Comandante Gen Div Sérgio da Costa Negraes [1]
Localização Av. do Exército Setor Militar Urbano - SMU
Brasília
 Distrito Federal
Página oficial www.cmp.eb.mil.br
Abrangência Distrito Federal, Goiás, Tocantins e Triângulo Mineiro

O Comando Militar do Planalto (CMP) é um dos Comandos Militares de Área do Brasil. É situado em Brasília (DF), e é o Comando da 11ª Região Militar, que compreende o Distrito Federal e os estados de Goiás (exceto a área jurisdicionada pela 9ª Região Militar) e Tocantins (exceto a área jurisdicionada pela 8ª Região Militar) e a região do Triângulo Mineiro. Ao Comando Militar do Planalto compete o preparo, o planejamento e o emprego operacional da Força Terrestre, área de jurisdição supracitada[2].

Histórico[editar | editar código-fonte]

Um aquartelamento de madeira, próximo ao Palácio do Planalto, foi a sede da primeira Organização Militar do Exército Brasileiro presente na nova Capital Federal que começava a surgir no coração do Brasil, em 1958.

O histórico da Força Terrestre em Brasília registra que, em 25 de abril de 1960, foi criado o Comando Militar de Brasília e a 11ª Região Militar. Já em 21 de junho de 1967, fruto de uma reestruturação do Exército Brasileiro, houve a extinção do Comando Militar de Brasília e a incorporação da 11ª Região Militar ao então I Exército, sediado no Rio de Janeiro – RJ.

A atual denominação surgiu em 26 de fevereiro de 1969 com a criação do Comando Militar do Planalto e a 11ª Região Militar, frente a necessidade de enquadrar os efetivos militares que ocupavam o Planalto Central. Finalmente, em 23 de março de 1994, a Região foi desmembrada do Comando Militar de Área.

Missão[editar | editar código-fonte]

Área de atuação do Comando Militar do Planalto

O Comando Militar do Planalto tem sua responsabilidade operacional abrangida pelo espaço territorial que engloba o Distrito Federal, centro das decisões político-administrativas e sede das representações diplomáticas no Brasil, o Estado de Goiás, o Estado do Tocantins, além da área geográfica que compreende o Triângulo Mineiro.

Desde a sua criação, o Comando Militar do Planalto tem como missão planejar, supervisionar e coordenar o preparo e o emprego das Organizações Militares a ele subordinadas. Tem ainda o controle das atividades de guarda, segurança e cerimonial militar ligado à Presidência da República e ao Exército.

Organização[editar | editar código-fonte]

O Comando Militar do Planalto possui quatro Grandes Comandos: a 11ª Região Militar, Comando de Apoio Logístico sediado em Brasília – a 3ª Brigada de Infantaria Motorizada, Comando Operacional sediado em Cristalina-GO, o Comando de Operações Especiais sediado em Goiânia-GO, o Comando de Artilharia do Exército sediado em Formosa-GO, seis Organizações Militares Diretamente Subordinadas (OMDS) sediadas em Brasília-DF e uma em Araguari-MG.

Comando Militar do Planalto na cerimônia de posse presidencial (2019)

Composição do Comando Militar do Planalto[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. www.eb.mil.br http://www.eb.mil.br/documents/16768/8526667/INFORMEX%20N%C2%BA%20006. Consultado em 25 de junho de 2018  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  2. www.planalto.gov.br http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2004-2006/2006/Decreto/D5751.htm#art5. Consultado em 14 de maio de 2019  Em falta ou vazio |título= (ajuda)

BRASIL, Decreto nº 64.138, de 26 de fevereiro de 1969. Cria o Comando Militar do Planalto.

EXÉRCITO BRASILEIRO, portaria nº 137-EME, de 13 de agosto de 2018. Aprova a Diretriz para a Desativação da 7ª Circunscrição de Serviço Militar (EB20-D-03.020).

EXÉRCITO BRASILEIRO, portaria nº 037-EME, de 22 de fevereiro de 2019. Aprova a Diretriz que altera a sede do Comando de Artilharia do Exército, de Porto Alegre-RS para Formosa-GO (EB20-D-03.033).

EXÉRCITO BRASILEIRO, portaria nº 036-EME, de 22 de fevereiro de 2019. Aprova a Diretriz que altera a sede do 16º Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado de São Leopoldo-RS para Formosa-GO (EB20-D-03.034).

EXÉRCITO BRASILEIRO, portaria nº 038-EME, de 22 de fevereiro de 2019. Aprova a Diretriz que altera a sede da Bateria de Comando do Comando de Artilharia do Exército, de São Leopoldo-RS para Formosa-GO (EB20-D-03.035).