Comando Rodoviário da Brigada Militar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Comando Rodoviário da Brigada Militar
Polícia Rodoviária Estadual em Santo Antônio da Patrulha.JPG
Posto do Grupo Rodoviário em Santo Antônio da Patrulha
País  Brasil
Estado  Rio Grande do Sul
Corporação Comando Rodoviário da Brigada Militar
Subordinação Brigada Militar do Rio Grande do Sul
Missão Policiamento ostensivo e fiscalização de trânsito nas rodovias gaúchas
Sigla CRBM
Criação 4 de dezembro de 2004 (14 anos)
Insígnias
Brasão da BMRS Brasão BMRS.PNG
Comando
Comandante Nelson Menuzzi[1]
Sede
Sede do Comando Porto Alegre
Bairro Partenon
Endereço Av. Aparício Borges, 2263
Internet www.crbm.bm.rs.gov.br
Mapa da área de atuação
Brazil State RioGrandedoSul.svg
Rio Grande do Sul

O Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM) é um órgão da Brigada Militar do Rio Grande do Sul (BMRS), especializado no policiamento ostensivo das rodovias estaduais. Sua sede fica localizada na capital do estado, Porto Alegre.

História[editar | editar código-fonte]

O sistema de policiamento ostensivo rodoviário no Rio Grande do Sul remonta a 24 de dezembro de 1953, quando foi criada a Guarda Rodoviária do Rio Grande do Sul, como um setor do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER), passando a ser comandada por oficiais da corporação. Atendendo as disposições do Decreto-Lei Federal nº 317, de 13 de março de 1967, que conferiu às polícias militares, entre outras competências, a de exercer o policiamento ostensivo fardado, o Governo do Estado, através do Decreto Estadual nº 18.508 de 4 de maio de 1967, incorporou a Polícia Rodoviária do DAER à Brigada Militar, dando origem, em 16 de novembro daquele ano a Companhia de Policiamento Rodoviário que, pela legislação e por convênio com o DAER, assumiu a competência de executar, com exclusividade, o policiamento rodoviário, com autoridade delegada executiva de trânsito com jurisdição sobre as rodovias estaduais, sendo responsável por cumprir e fazer cumprir a legislação de trânsito, impor e arrecadar multas decorrentes de infrações de trânsito e fazer estatísticas.

Esta denominação e modelo se mantiveram até 1981. Naquele ano, uma medida governamental considerou o crescimento da malha viária e transformou a estrutura em Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), inicialmente dividido em três companhias, Viamão, Passo Fundo e Santa Maria, sendo posteriormente criada a 4ª Companhia em Montenegro.

Em 4 de dezembro de 2004, visando dinamizar e ampliar a capacidade instalada, foi extinto o modelo anterior e criado o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM) que, para sua atividade, possui três Batalhões Rodoviários (BRBM), localizados em Passo Fundo, Cachoeira do Sul e Bento Gonçalves, com frações rodoviárias ao longo das rodovias estaduais.

Estrutura[editar | editar código-fonte]

1º Batalhão Rodoviário - 1º BRBM[editar | editar código-fonte]

Sede - Passo Fundo
Grupos Rodoviários

2º Batalhão Rodoviário - 2º BRBM[editar | editar código-fonte]

Sede - Cachoeira do Sul
  • GRV Bagé
    • Rua Melwin Jones, 320

3º Batalhão Rodoviário - 3º BRBM[editar | editar código-fonte]

Sede - Bento Gonçalves

Referências

  1. «ESPECIAL – ​Comandante-geral da BM recebe homenagem do Exército Brasileiro». Consultado em 22 de abril de 2017. Arquivado do original em 23 de abril de 2017  zero width space character character in |título= at position 12 (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]