Comas (distrito)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outras cidades com este nome, veja Comas.
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O Distrito peruano de Comas é o quarto distrito mais populoso do Peru e um dos 43 que compõem a Província de Lima, no Departamento de Lima.

Está localizado no norte da região metropolitana de Lima, cerca de 15 quilômetros do centro de Lima. Sua altitude varia de 150-811 metros por isso fica a uma altitude superior a outros distritos de Lima. Limita ao norte com o Distrito de Carabayllo, ao este com o Distrito de San Juan de Lurigancho, ao sul com o Distrito de Independência e ao oeste com o Distrito de Los Olivos e o Distrito de Puente Piedra, fazendo parte da cidade de Lima.

História Antiga

No vale de Carabayllo havia uma grande mansão chamado Culli, Colli ou Collec, chamada em espanhol de Collique. De acordo com Fray Domingo de Santo Tomas, o termo colliruna significa diligente, e para Diego Gonzales Holguin,  Kulliruna é de "muito entusiasmo e esforço para trabalhar de forma diligente e incansável".

Criação do distrito de Comas

Comas foi uma das primeiras invasões organizadas que começaram a povoar os arredores de Lima. Os primeiros povos jovens do distrito foram La Libertad, Senhor dos Milagres e El Carmen. O 12 de dezembro de 1961 sob a Lei Nº 13757 se cria o distrito de Comas com sua capital no bairro La Libertad.

Em 1989 ao separar-se o distrito de Los Olivos de San Martin de Porres, diversos bairros declinaram da ideia de pertencer ao distrito, por isso uma área no distrito de Comas é reivindicada por San Martin de Porres a pesar de estar longe de sua jurisdição.

Eventos Culturais

Comas é caracterizada pela realização de várias atividades artísticas e culturais que valorizem: Festival Internacional de Dança "Em Movimento", FITECA - Festival Internacional de Teatro em ruas abertas. P.J. A liberdade; FICCA – International Festival Cultural del Carmen e FIETPO - Viajando Festival e Encontro de Teatro Popular em julho, O FIAE Internacional Performing Arts Festival em setembro, 1 Festimuñecomas em outubro e Total de Comas Festival de Arte para o mundo em outubro.

Por ocasião da celebração da independência do Peru, no distrito de Comas um desfile de escola que acolhe todas as instituições de ensino no município é organizado todos os anos.

Comas também é conhecida como a capital cultural de Lima Norte.

Política

Organização Política

Comas funciona na arena política municipal através de um sistema de representação política, que se realiza através da eleição de um prefeito e vereadores, cujo mandato é de quatro anos.

À semelhança de outros distritos de Lima, a população comenha tem pouco envolvimento nos assuntos do município, isto devido à falta de mecanismos de democracia direta. Também digno de nota é que mais de meio milhão de habitantes em uma melhor organização Comas difíceis, principalmente porque tudo está centralizado no município da região metropolitana de Lima e do Governo Central e, secundariamente, no município de Comas.

Autoridade Municipal

O atual prefeito de Comas é Miguel Saldaña Reátegui, Solidariedade Nacional (período de mandato 2015-2018).

Sede da Prefeitura

A sede do Município de Comas está localizado na Av. Espanha (Plaza de Armas S/N Km 11).

Demografia

Atualmente, a população aumentou tornando-se por volta dos 522,760 habitantes por INEI (Ano 2014).

Festas

Março-Abril: Páscoa.

Outubro: Senhor dos Milagres de Comas Km 13 maior parte do distrito.

Dezembro: Aniversário do distrito.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre geografia do Peru é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.