Combat (jornal)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Combat foi um jornal francês. Sua fundação ocorre em meio a Segunda Guerra Mundial, sendo um diário clandestino editado pela Resistência Francesa e com a ajuda de Albert Camus[1] .

Em agosto de 1944, com o fim da ocupação nazista em Paris, o periódico passa a circular fora da clandestinidade e seus editorias, a partir deste momento, adotam uma postura anti-comunistas. Em 1947 Albert Camus deixa o periódico, juntamente com Pascal Pia. O Combat teve grande destaque na década de 1960, com os eventos da Guerra da Argélia e o movimento de Maio de 1968[2] .

Em agosto de 1974 o jornal deixou de circular, em virtude de problemas financeiros.

Referências

  1. Albert Camus UOL Educação
  2. Jornalismo francês e Albert Camus O Estrangeiro (Sobre Albert Camus)